Vereador suspeita de superfaturamento na compra de notebooks pela Câmara de Curitiba

Vereador Chicarelli vai pedir ao presidente da Câmara, Paulo Salamuni (PV), a suspensão da compra dos 38 notebooks devido a suspeita de superfaturamento.

Vereador Chicarelli vai pedir ao presidente da Câmara, Paulo Salamuni (PV), a suspensão da compra dos 38 notebooks devido a suspeita de superfaturamento.

O vereador José Carlos Chicarelli (PSDC) lançou, nesta segunda-feira (10), suspeita sobre o processo de licitação para a compra de 38 novos notebooks, da marca Lenovo E430, que serão distribuídos a cada um de seus colegas na Câmara Municipal de Curitiba.

Segundo o parlamentar, cada um vai custar aos cofres municipais R$3.263,00, num total de R$ 123.994,00. Porém, denuncia ele, numa rápida pesquisa no Google, o mesmo notebook Lenovo E430 pode ser encontrado aos montes por menos de R$ 2 mil reais a unidade e até ser parcelado em 10 vezes sem juros.

Chicarelli disse que vai hoje pedir informações do por que da licitação ter colocado o preço limite de quase R$ 4 mil para um produto que não é muito difícil encontrar pela metade do valor na internet.

“Tenho a certeza que muitas vezes a falta de fornecedores, que tenham interesse em participar de uma concorrência pública, acaba por elevar os preços de produtos e serviços, porém isto não pode fazer com que aceitemos esses descasos com o dinheiro público”, se indigna o vereador do PSDC.

32 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. Deve ser este edital (clique para acessá-lo):
    http://www.cmc.pr.gov.br/portal/arq_pdf_licitacao.php?c=51
    (tem toda a especificação exigida).
    Se for este eles, pagavam até 3.972,33, por 38 notebooks com windows 7 tel 14″ memória de 4 GB, disco rígido de 500 GB, pediam 3 anos de garantia. Teoricamente conseguiram reduzir em cima do valor avaliado.
    Agora hoje com toda a tecnologia que temos, podia-se ter feito um pregão eletrônico ao invés de processo presencial, iriam participar empresas do país todo e com certeza o preço conseguido seria bem melhor… É duro viver nessa cidade com câmara municipal vivendo ainda na idade da pedra.

    • Olha ai o Notebook galera….e olha que nem pesquisei direito.

      • Recomendo um exercício para evitar a atrofia que está atingindo o seu cérebro. Vá até o site da câmara, baixe o edital, leia e veja se esse notebook que vc linkou atende as configurações pedidas do edital. Depois veja se a documentação da empresa que você indicou atende o exigido pela lei para poder participar de uma licitação. Pessoas que não conhecem o mínimo da lei querendo dar opinião…

  2. Em resposta a um comentário, dado o modelo e marca o equipamento é o mesmo, ou seja a mesma configuração da qual foi oferecida a câmara, não existe o mesmo modelo com configuração diferente a marca sim mas modelo não.

    • Você compraria um carro da marca Volkswagen e modelo Gol, sem se preocupar com motorização e acessórios?
      Este Lenovo e430 possui diversas configurações de processador, HD, memória, etc. A pesquisa indicada pelo bloggeiro não é simplista assim.

      • Entao me passe qual modelo E 430 que custe praticamente R$ 4.000,00, conforme o primeiro orçamento citado, se existe mudança de process e outros com certeza seria E430 alguma coisa,,, como por exemplo T430 E T430S que realmente são acima de RS 4.000,00 mas estamos falando do E430

  3. Simplismente ridiculo essa historia de notebook para vereador, esses caras ganham muito para nao fazer nada, vao ficar jogando paciencia, pega um vereador semi alfabetizado tipo aquele mestre pop que parece tiririca da nossa camara, um cara nao sabe nem falar direito, vai dar o lap top para filha dele ficar brincando

  4. Prezado Esmael, temos que aplaudir a CMC pela transparencia aonde tudo passa claramente e pode ser cobredo desta forma , através do povo e vereadores.
    Mas existe uma prefeitura de 4 barras que até hoje não cumpre a lei da transparencia, não divulgam nomes nem salarios e dizem que tem secretario municipal ganhando mais que ministro do stf . sera que ninguem viu isto ainda? ou este pessoal é cumpadre dos mandados do gurgel? viagens com aqueles cursos em cidade paradisiacas, diarias a vontade, é com um dos pibs maiores do PR , arrecadação astronomica, e ta tudo quietinho e escondido, assim caminha a humanidade ..#@ficaadica

  5. Prezado Esmael, isto ái é fichinha perto do que acontece numa cidadezinha da rmc muito rica por causa das industrias e não é sj pinhais não. esta camara lá o proprio procurador do municipio da cursos aos proprios funcionarios da camara e da prefeitura em cidades paradisiacas e ninguem faz nada, esta gasto ai é de lanche pra eles com um dos maiores pibs do estado, a gastança supera todos os tetos e tetas imaginaveis nosa contra-cheq, e tão tudo quietinho, sera que lá os promotores e juizes são amigos..

  6. Duvido que o Sr. Vereador Chicarelli tenha pelo menos conhecimento do Termo de Referência de um Edital de Pregão.

    Veremos se este Sr. Vereador Chicarelli que está criticando a compra de notebooks irá devolver o equipamento e não utilizá-lo quando o mesmo chegar a seu gabinete, será que terá tamanha coragem.

    Pensamos:
    Se o Sr teve o prazo todo do edital do pregão para impugnar o certame, porque só fez agora? Interessa ao Sr? Interessa à mídia ou alguém que é próximo do Sr. Vereador… aguardasse resposta…

  7. HAHAHAHA! Pobre os que acharam que com a saida do Derosso tudo estava resolvido na improdutiva camara municipal…
    Salamuni, com sua fala mansa e discurso verde, já esta dando sequencia as picaretagens da casa de vereadores…

  8. A título de curiosidade no edital diz que a empresa vencedora tem até 10 dias úteis para entregar os notebooks e irá receber em 20 dias o pagamento. Como o prazo de faturamento a vista no mercado gira em torno de 28 dias.. A empresa vencedora irá comprar os notebooks e antes de pagar a conta já irá ter recebido da Câmara de Vereadores, ou seja: lucraram muito com o nosso dinheiro, ganharam a licitação e vão pagar não com o dinheiro deles e sim com o nosso!!!!!! Vergonha permitirem isto!

  9. Professor Galdino genérico! KKK

  10. Trabalhei muito com licitação e sei que, na hora da orçamentação (que não basta apenas uma pesquisa na internet), as empresas, quando sabem que é para o poder público, aumentam descaradamente o preço, elevando a média da licitação. Claro que se você for no Paraguai vai comprar por 1/5 do preço, mas em processos de licitação, devido à burocracia, demora no pagamento, e a sacanagem do mercado, é assim que acontece. Absurdo colocar na notícia a foto do Presidente da Câmara como se fosse o responsável por um “suposto” superfaturamento. O mercado de licitações é assim e precisa urgente de uma nova lei para evitar coisas do gênero.

  11. Será uma quadrilha esta gestão da Câmara?

  12. Excelente iniciativa Vereador. Independente se os gastos foram super faturados ou não, o modelo especificado no Google aparece com bem menos valor que o vendido. Eu trabalho numa revenda de produtos para informática e este modelo com garantia de 3 anos da fábrica e de acordo com o edital especificado no site da Câmara consigo fazer na quantidade de 38 unidades por R$1.750,00.
    Relamente o valor de compra está acima, e como o senhor disse a falta de empresas que queiram participar de licitação faz com que os preços subam, porém não por isto temos que ver estes abusos e ficar calados.
    Não há divulgação ampla, por mais que seja público e por isto sempre as mesmas empresas estão concorrendo em diversos lugares.

    • Nossa!!! que maquina moderna esta, dizem que tem politico no Brasil que são semi-anarfa, e ai em Curitiba eles dominando o Notebook, que pelo preço deve ser top de linha…eita city de 1º mundo.

    • Porque não participou da licitação? Você conhece da lei? Será que está em dia para não poder vender à órgãos públicos?

    • Ricardo Batista, porque a sua revenda não participou desta licitação se era aberta a todos? Pelo que vi, existem diferenças das oferecidas no google a R$2.000… esta pedia Windows Professional e não Home Basic, 3 anos de garantia, 3 anos de antivírus, maleta, processador 2.6GHz…

  13. tem que ser apurado o fato e se for verdade o superfaturamento punição exemplar aos culpados.

    • Marcelo, concordo que “tem que ser apurado o fato”.
      Qualquer fato que se traduza em malversação de recursos tem que ser apurado. Porém, a apuração deve se dar ANTES de se fazer uma denúncia, de forma irresponsável, com o intuito de criar um fato e para aparecer na mídia.

  14. É muito fácil pra quem não entende nada de Adm Pública criticar sem saber. Nobre vereador, o sr está falando a mesma bobagem que o Valdir Rossoni falou das famosas TVs Laranjas, que estão até hoje em sala de aula em pleno funcionamento (sei pq meus filhos estudam em escolas públicas).
    Quando se trata de equipamentos para órgãos públicos, meu caro, normalmente se pede GARANTIA TÉCNICA INTEGRAL MÍNIMA “ON SITE” DE 36 MESES. Isto quer dizer que o problema tem que ser resolvido no máximo em 72 horas, ou substuído o equipamento. Além disto, tem os requisitos técnicos de fabricação que provavelmente não são os mesmos.
    Então meu nobre, antes de falar em superfaturamento tem que se informar um pouco mais.

  15. Boa iniciativa, só espero que este cidadão não seja mais um galdino pocotó, querendo aparecer pra mídia.

  16. Beleza Chiareli, isso é fiscalizar!
    Perguntar não ofende e prestar a informação é obrigação.
    Aos demais que sigam o exemplo, chega de dar nome às ruas….