Segundo jornal, senador Randolfe do PSol teria patrimônio de R$ 5 milhões em nome de laranjas

do Brasil 247

Levantamento de bens publicado pelo jornal Tribuna Amapaense aponta que o senador Randolfe Rodrigues (PSol-AP) teria patrimônio orçado em R$ 5 milhões, em nome de laranjas; nada disso teria sido declarado à  Justiça Eleitoral ou à  Receita Federal.

Levantamento de bens publicado pelo jornal Tribuna Amapaense aponta que o senador Randolfe Rodrigues (PSol-AP) teria patrimônio orçado em R$ 5 milhões, em nome de laranjas; nada disso teria sido declarado à  Justiça Eleitoral ou à  Receita Federal.

Acusado de receber mensalão enquanto era deputado no Amapá, agora o senador Randolfe Rodrigues (PSol-AP) é alvo de denúncia por supostamente ter mentido para o Tribunal Regional Eleitoral em sua declaração de renda. Levantamento de bens publicado pelo jornal Tribuna Amapaense revelaria que o senador socialista tem patrimônio orçado em R$ 5 milhões, em nome de laranjas. Leia a reportagem:

CINCO MILHà•ES

Depois de propina e convênio, Randolfe é suspeito de acumular patrimônio de forma duvidosa

Levantamento de bens revela que Randolfe Rodrigues tem patrimônio orçado em R$5 milhões, em nome de laranjas. Nada foi declarado à  Justiça Eleitoral ou à  Receita

José Marques Jardim

Depois das denúncias feitas ao Senado, Procuradoria Geral da República e Supremo Tribunal Federal que tratavam do recebimento de propina recebida na época em que era deputado estadual no Amapá pelo PT, o comportamento do hoje senador Randolfe Rodrigues mudou completamente. Os ataques ferozes que fazia em sua defesa deram lugar ao silêncio que reforça o jargão popular de que quem cala consente.

O nada a declarar do parlamentar, que mesmo sendo do PSOL apóia o governo de Dilma Rousseff, ao lado de seu ídolo da juventude, o também senador João Alberto Rodrigues Capiberibe, se intensificou ainda mais depois que o perito da Unicamp, Ricardo Molina, um dos mais renomados do País, concluiu o laudo e comprovou que as assinaturas nos recibos que atestavam o pagamento de R$20 mil vindos do governo de Capiberibe, entre 1999 e 2002 eram mesmo do então deputado Randolfe Rodrigues. Molina vai mais além e diz que não houve qualquer alteração ou transposição que atestasse fraude. A comprovação do perito colocou em xeque o posicionamento do Procurador Geral da República Roberto Gurgel, que ao ter conhecimento das denúncias tratou de arquivá-las sem ter para isso, qualquer embasamento ou comprovação de que seriam falsas. Gurgel simplesmente se apoiou em uma posição pessoal e estritamente particular e argumentou não acreditar que um parlamentar assinaria de próprio punho o recebimento de dinheiro que o pudesse incriminar.

O procurador foi alvo de ferrenhas críticas na imprensa nacional, principalmente de revistas como a Carta Capital, que colocou em dúvida sua conduta à  frente de um dos órgãos mais importantes na garantia da aplicabilidade da Justiça brasileira. Existiriam interesses no comportamento duvidoso de Roberto Gurgel em querer defender Randolfe Rodrigues e João Capiberibe, denunciados por propinagem? Os R$ 20 mil pagos a Randolfe Rodrigues durante os quatro anos de seu mandato, como atesta o laudo de Ricardo Molina engordaram o salário do parlamentar de simplórios pouco mais de R$ 4 mil, para quase R$ 25 mil ao mês. Por ano, o rendimento seria algo em torno de R$ 300 mil. Em quatro anos de mandato, o faturamento do político chegaria a algo em torno de R$ 1,2 milhão. Nos primeiros dias após a denúncia protocolada na Capital Federal, a estratégia de Rodrigues e Capiberibe foi o ataque. Deram as mãos e percorreram todas as emissoras de rádio pagas e controladas pelo governo.

A essa altura, o senador também já havia deixado de ser oposição ao PT, posicionamento do PSOL nacional, e se colocado embaixo das asas do PSB, que é da base de apoio a Dilma. Lá, ele estaria protegido das investidas de Fran Soares Júnior, autor das denúncias em Brasília e ex-presidente da Assembleia Legislativa do Amapá, quando Capiberibe era governador e Randolfe, deputado. Os dois senadores trataram de tentar desqualificar Fran, desconsiderando que o que estava sendo julgado não era quem ofertava a denúncia, e sim o que ela continha.

Para João Capiberibe e Randolfe Rodrigues, o ex-presidente não tinha condições morais para denunciá-los. Capiberibe só não lembrava em seu discurso moralista, de sua cassação por compra de votos, que colocou o Amapá na história política do País como o primeiro Estado a ter um senador da República expulso do mandato. Já Randolfe não esbraveja mais nos microfones dos programas sustentados pelo Estado governado pelo PSB, que ele, até pouco tempo criticava.

Mas a história de Randolfe Rodrigues não para por aí. Ela tem novos capítulos. O segundo episódio foi nova denúncia. Desta vez envolvendo o nome do senador em irregularidades praticadas na época em que ele era presidente do Centro de Juventude Chaguinha. Segundo o que chegou novamente à s mãos do STF, Senado e Procuradoria Geral da República, um convênio firmado entre o Centro e o governo, revelou crimes que vão da falsificação de assinaturas a peculato, envolvendo novamente o nome de João Capiberibe. Empresas teriam sido citadas para executar serviços, mesmo nunca tendo trabalhado com o segmento especificado. Tudo constatado por auditores do Tribunal de Contas do Estado. O relatório foi apresentado incriminando Randolfe e Capiberibe, mas curiosamente as contas foram aprovadas, o que resultou no afastamento de altos funcionários do TCE e até conselheiros.

20 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. ESPERO QUE DEPOIS DA DEFESA DO GOVERNO DA BOLÍVIA, FEITA POR ESTE SENADOR, ORIUNDO DO PT, AS ATUAIS DENUNCIAS CONTRA ELE SEJAM VERDADEIRAS DE FORMA A DESMORALIZAR ESTE CAMARADA.

  2. O que posso dizer é que a reportagem não me convenceu. Gostaria que a mesma indicasse o nome dos laranjas e os bens que supostamente seriam do “acusado”. Nem sei se este blog publica todos os comentários, vamos ver! Sem esses dados que citei em nada muda minha opinião sobre o mesmo, por vezes errado mas bem intencionado. Penso que é muito fácil sujar o nome de alguém e nem sempre é possível limpá-lo. Até agora não vi nada que me levasse a crer que estes fatos sejam mesmo verdade. É necessário mais informações!

  3. O duro é aguentar esse senador com aquela voz esganiçada com toda pose de ético com aspas.

  4. Gostaria que nosso MP investigasse os políticos Paranaenses para vermos a fundo quanto cada um tem em nome de laranjas… Sinceramente esse 5 milhões desse deputado seria o café dos nossos.

    Acho que é o momento de se levantar da onde veio esse dinheiro e cobrar do cara os impostos não declarados as multas e a cassação do mesmo quando for provado que ele deve um exemplo para todos nos. Doa a quem doer se errou tem que pagar!

  5. A rede globo q se cuide! É só ajustiça meter a mão no cachoeira…

  6. E a CPI do ECAD que esse senador criou, cadê os resultados? Será que nesses 5 milhões não tem dinheiro dos nossos “minguados” direitos autorais?

  7. Não há políticos bons, ou ruins……. quando se entra na Camara, Assembleia, Senado….. todos viram farinha do mesmo saco……… ou dança conforme a música, ou Rede Globo te ferra.

  8. Este Randolfe é realmente um sujeito estranho! Deslumbrado! Não passa de mais um corrupto à la Demostenes. Aliás estes adjetivos, também servem, como uma luva, para o tal de Pedro Tasques (outro sujeitinho estranho) e, não por mera coincidência, também é procurador. Igualzinho ao Demóstenes!

  9. Falso Moralismo tem data de vencimento, hora outra o cidadão acaba caindo.

  10. É o caminho de todo o moralista, a desmoralização. Vide Demóstenes.

  11. E você acredita no que a “velha mídia” publica? Interessante: os jornais são úteis quando publicam notícias que lhe interessam, mas não prestam e são “demodê” quando fazem o contrário. Decida-se, Esmael.

  12. kkkk paladino da moral

  13. Ter um patrimonio de 5.ooo,ooo,oo ganho honestamente, e, em seu nome, não representa nada, mas em nome de laranjas e ganhando mesada, cadeia nele. E atente que guando ganhava os vintão era do PARTIDO MAIS HONESTO DO BRASIL pt

    • Partido MAIS HONESTO do Brasil??? Você ta de Gozação!!!!!! Comeu Cogumelos do Mato ou cheirou cola de sapateiro. Aposto que é daquelas que se deixam Manipular até pela Globo. Acorda!!!!

      • Não deu para entender a IRONIA não……..

        • Não ligue!!!
          O FALA SÉRIO sofre de Transtorno delirante persistente, é um distúrbio caracterizado por crenças mal fundamentadas fortemente enraizadas na sua vida e causam prejuízo significativo para si mesmo e para outros.

  14. É bem provável que outros políticos também tenham patrimônio em nome de laranjas. É impossível um candidato gastar milhões em campanhas políticas para receber em troca só o salário mensal. Eles devem achar que nós eleitores somos otários. É só acompanhar a sessão do congresso nacional quando tem votação de uma matéria importante. Se é para favorecer o governo estão lá em peso, na maioria das vezes com promessas de liberação de verbas, agora quando é para defender os trabalhadores (por exemplo fim do fator previdenciário) apenas uns raríssimos aparecem. Quando estão em campanha prometem de tudo, mas quando eleitos não dão a mínima para o eleitor.

  15. É o que digo faz tempo, muda o nome do partido, muda a orientação política, mas não muda a essência dos políticos: ladrões por natureza em sua esmagadora maioria.

  16. Esse rodolfo é um zero a esquerda mesmo.alem disso aparece acusações contra ele ,que ele prevaricou tambem,mas é os santos imaculados desses partidos de aluguel. Cujo o pmdb paranaense ta caindo para a classe , so falta um anuncio , aluga se um partido,qualidade pucha saco. qualificação ,votar com o relator do psdb. desempenho ,desconhecido. profissão politicos….

    • sou amapaense, não votei e nunca votaria nesse senador, pois aqui em macapá,o partido desse sujeito não está fazendo nada, a cidade está completamente abandonada,os postos de saude está um caos,acredito sim nessa denuncia pois ele faz parte da cúpula desse outro senador capiberibe e do filho dele o então governador camilo capiberibe,que tem rejeição acima de 68%, e não é pra menos, esse falso moralismo que ele usa só s engana quem não conhece,não fez nada pelo amapá e vive dando uma de estrela só para se aparecer e viver mamando na teta do Estado,fala sério, e ainda chama os outros políticos de corruptos,mas dqui a 4 anos ele terá o que ele merece…mentiroso, e enganador, farinha do mesmo saco, sai fora!!! fora O PSB E PSOL DO AMAPÁ!!!!