Secretário de Governo e prefeito de Guarapuava estão prontos para “pular a cerca” rumo ao PSD

Família Silvestri se prepara para desembarcar da canoa de Richa -- leia-se PPS, futuro MD -- e embarcar na fragata de Gleisi Hoffmann, via PSD.

Família Silvestri se prepara para desembarcar da canoa de Richa — leia-se PPS, futuro MD — e embarcar na fragata de Gleisi Hoffmann, via PSD.

à‰ questão de pouco tempo. O secretário de Governo do Paraná, Cezar Silvestri, hoje no PPS, somente aguarda a formalização da fusão entre seu partido e o PMN — e a consequente criação do Movimento Democrático (MD) — para se agasalhar em outra agremiação.

O secretário e seu rebento, César Silvestri Filho, prefeito do município de Guarapuava, também do PPS, já estão em avançado entendimento com o PSD de Gilberto Kassab.

O PSD nacional é Dilma Rousseff desde criança, depois que conseguiu emplacar Guilherme Afif Domingos no ministério da Pequena Empresa.

O PSD do Paraná, de Eduardo Sciarra, antevendo o tombo do governador Beto Richa (PSDB) nas eleições de 2014, abriu forte interlocução com o PT de Gleisi Hoffmann — candidata ao Palácio Iguaçu.

O PPS só não virou MD ainda porque calcula que a fila de saída é maior do que a de entrada de políticos com mandato. Ao se fundir, o partido abre uma janela para entrada, mas também escancara a porteira para a saída. Eis o dilema da agremiação de Roberto Freire.

Resumo da ópera: A família Silvestri pode deixar Rubens Bueno e Rubico Camargo, a dupla dirigente do PPS (futuro MD), falando sozinhos; e o tucano Beto Richa pode ficar ferido na estrada. à‰ a política como ela é… sem Photoshop.

15 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. Ai Cesar, grande escolha, o Cesar devia ir para o PSDB, vou sugerir isso a ele agora mesmo, o Cesar é o nosso Prefeito, a trupe do Carli ainda não se conformam de que perderam a teta que tiveram por oito anos, só em seis meses Cesar trouxe duas empresas para Guarapuava, a Irmol e a Araupel.

  2. Guarapúava esta tornando-se terra dos escandalos:
    – Escandalo aumento de salários do Prefeito e Secretários;
    – Escandalo da morte da criança no Jardium Botânico;
    – Escandalo da morte da criança por falta de atendimento em unidade de saúde;
    – Escandalo da queda de concreto de prédio onde o responsável era o Secretário de Obras;
    – Escandalo do Cafézinho a mais de 60 mil na Educação;
    – Escandalo do Lixo Hospitalar pelas ruas da cidade;
    – Escandalo do suposto fim das ciclovias da cidade;
    – Escandalo do corte do salários das merendeiras;
    – Escandalo da briga pelo estacionamento entre o Secretário de Administração e Vereadores;
    – Escandalo …..
    Ficaria aqui por dias falando, que vergonha Guarapuava.

  3. Os Silvestres são uns vendidos, sempre tentando levar vantagem. O que o Carli levou 22 anos para se desgastar esses em menos de seis meses ja conseguiram, logo vão ser expulsos de Guarapuava!!!

  4. normal… previsível! em 2002, quando Beto era o SAPO, Silvestri era limpinho, junto com Bueno no primeiro turno e Requião no segundo. nem vou falar em 2006, em 2010 quando Beto, virou PRÍNCIPE, os Silvestris, se quedaram encantados com os atributos do varão. Agora, que a canoa começa a fazer água, e o C.U está a prêmio, vão pular fora, junto com os ratos (ops), mas isso só pertinho da eleição, por enquanto a desculpa é o autoritarismo do Roberto Freire, que sempre foi um arauto da democracia mãs… como diria Brizola, nos últimos meses VIROU autoritário e não dá mais para aguentar o homê, “temos que sair daqui”. Como dizia o velho e sábio Castor de Andrade, “Eu não mudo de lado, sou sempre governo, mas que culpa eu tenho se de vez em quando o governo muda de lado”

  5. … mas é coerente, uma vez que a bonitinha mas ordinária ministra aderiu aos latifundiários.

  6. JUVENAL, mesmo com essa postura ética louvável desses políticos, a questão do reflexo direto ao governo e de laços futuros ocorrerão, e como fica companheiro é companheiro…

  7. A saída da familia Silvestre do PPS não tem nada haver com o governo do estado, pelo contrário, eles fazem parte de um grupo grande de descontentes com a forma autoritária e mediocre que foi feita a fusão do PPS com o PMN da Jaqueline Roriz, os limpinhos conforme você coloca Esmael, borraram a cueca, mergulharam na lama e quem sabe lancem a chapa Freire Roriz para Presidência da República, quem sabe?e com o apoio do tucano Serra. O que os Silvestres estão fazendo é deixar uma barca que parece o titanic com data e hora para afundar, até porque quem pilota o barco é o coveiro mor de partidos, o miniatura de ditador Roberto Freire, um vendido, que fez do PPS um partido hospedeiro, para abrigar os Roriz e toda turma do campos em seu novo MD…uma M….Desastrosa. Parabéns aos Silvestres que tiveram esta boa visão da política. OBS: Tem muito mais gente deixando a barca do MD, uma fusão que vai levar esta futura legenda de cacique a ser esvaziada…só vai ficar os donos da boquinha de cargos comissionados pagos pelo povo…

  8. Por falar nisso o”fala sério” não foi trabalhar ontem, ou estava com vergonha de defender esse fiasco de governo do psdbosta.

  9. Desse jeito só vai ficar o Fala Sério com esperança que o Beto se reeleja, kkkkkkkkkkkkk.

  10. Todo mundo de dentro do governo do PSDB deve ter pesquisa interna em todas as regiões do Paraná, com certeza deve ter constatado que é quase nula a chance de reeleição do governador, se fosse um governo que tivesse chance de reeleição ninguém iria querer cair fora assim de uma hora pra outra. Esse Silvestre é um dos que ganhou uma secretaria de bandeja do governador Richa.

  11. Pelo menos Guarapuava não ficará como sempre prefeito desalinhado com governo do Estado… política é assim, são interesses momentâneos nada pessoal, cada qual cuida do seu…

  12. Quem não deixar esse barco furado agora, vai afundar junto!