“Radical Chique” explica os protestos

Há um mês, Mirian Gonçalves assumiu a prefeitura de Curitiba devido viagem do prefeito Gustavo Fruet; dentre as personalidades que recebeu, em gabinete, estava a ministra Gleisi Hoffmann; a vice petista é mais radical que a moçada que protesta nas ruas, entretanto, é considerada chique (Foto: Jader Rocha).

Há um mês, Mirian Gonçalves assumiu a prefeitura de Curitiba devido viagem do prefeito Gustavo Fruet; dentre as personalidades que recebeu, em gabinete, estava a ministra Gleisi Hoffmann; a vice petista é mais radical que a moçada que protesta nas ruas, entretanto, é considerada chique (Foto: Jader Rocha).

A vice-prefeita de Curitiba, Mirian Gonçalves, do PT, a Radical Chique, em artigo postado no Facebook (sempre ele), questiona: “O que há de novo?”. A própria moça arrisca uma resposta: decisões centralizadas, solitárias, ao invés do compartilhamento. Será que a petista estaria mandando um recado para alguém especificamente?

Leia a integra da reflexa da vice “Radical Chique”:

O que há de novo?

De maneira espontânea, surgiram movimentos de rua em todo o país.

A princípio, parecia se tratar de reivindicação restrita à  redução dos valores das passagens de ônibus. Até era. Entretanto, ao imergirem em seus próprios descontentamentos, descobriram uma insatisfação bem maior. Conquistada a liberdade pós-ditadura, supridas as necessidades básicas de vida, com aumento expressivo de famílias agora consideradas de classe média!, burlado o aprisionamento da comunicação à  tradicional mídia (e houve quem não acreditasse no poder das redes sociais), agora se quer mais.

O interessante é que, mesmo os governos que possibilitaram a ascensão econômica, a isenção de impostos das tarifas de transporte, também foram alvo dos protestos.
Refletindo um pouco sobre isso, percebo que há um cansaço pela sociedade dos velhos métodos de governar.

Os políticos envelheceram, não de idade, o que não seria um problema se com ela viesse fortalecido o sentido de bem comum. Decaíram de mãos dadas com a política tradicional. Não se atentaram para o fato de que os antigos princípios são mais que atuais: Democracia do povo para o povo; o bem coletivo prevalecendo acima do individual; o diálogo entre cidadãos e instituições como entre sujeitos iguais; não mais decisões solitárias, mas compartilhadas, traduzidas.

à‰ preciso mudar as práticas. O sinal está dado.

39 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. Essa radical chique é mais uma palhacada desse blog… a moçoila nunca andou de onibus na vida, vai explicar protesto com base em o que? ja participou de algum?

  2. AFHHHH….ela com tantas curvas e eu sem freios.

  3. Messias, o mão de vaca do G.S. Ta te gozando rsrsr mas voto em vc para dep. Estadual.

  4. O Messias Obama tá se preparando para ser candidato a deputado estadual em dobradinha com o Andre Vargas. Quem viver, verá!

  5. Bem feito pro Frueta. Ele não quis o Messias Obama na PMC e agora tá pagando por não ter gente competente.

  6. Explica, analisa, mas nao faz nada….nem o PT ela chama para um debate serio sobre o assunto para pressionar o governo conservador de fruet…conversa mole….agir que é bom, NADA PQ AI TERA QUE TRABALHAR DURO E ISSO custa muito a beleza da loira…por isso é bem melhor ficar na analise pseudo sociológica..

  7. Que belas pernas… A Sharon Stone que se cuide..

  8. Que venha a público exigir a planilha do transporte público, transparência sobre o ICI, etc……
    Discurso bonito, na hora do aperto, todos fazem. O que quero é ver a real intenção da vice-prefeita.

  9. Não manda na prefeitura, só figura decorativa…

  10. Ainda bem que no Brasil muitas questões estão num ponto de equilíbrio, ou seja, os protestos não assumiram, “pelo menos até o momento”, uma forma política, com o objetivo de derrubar o governo, como ocorreu nas revoluções nos países árabes.

    Esmael e demais, os protestos no Brasil demonstram um sentimento real, justificado, de que o nível de vida é por enquanto muito baixo.
    Não sei por que? Mas o sentimento que se constituiu, estranhamente, no topo do poder foi o de um mundo de riquezas (sic). A pobreza, que ainda permanece imensa, é sacrificada em benefício do espetáculo devido aos gastos ‘gigantescos’ com as obras da Copa do Mundo e Jogos Olímpicos, que são uns dos principais motivos dos protestos “no país do futebol”.
    O caso brasileiro é um pouco diferente. As reivindicações econômicas e sociais são, pelo menos aparentemente, mais importantes do que os protestos ou ataques puramente políticos a situação ou oposição.
    No caso do Brasil, os protestos não representem uma ameaça política contra o governo atual mas é possível que a situação evolua.

  11. Por que a chique em questão não deu uma de radical e diminuiu o preço da passagem quando assumiu a prefeitura? Teve oportunidade e não fez, agora vem com essa análise superficial que não diz nada. Mas o pior de tudo isso foi ver a reação do partido dele diante dos acontecimentos, num primeiro momento se posicionaram contra as manifestações e só mudaram depois que perceberam que a coisa era muito maior que R$ 0,20.

  12. A vice prefeita tem um par de belas pernas com todo o respeito…Elegante tambem a nossa vice…

  13. Prezado Esmael, o povo de Curitiba com sua forma de percepção de tudo é objeto de estudo não só na Academia daqui ,mas em todo o Mundo por ter um grau apurado de aceitar ou não produtos e serviços, e por isto chama-se cidade laboratório : O que se aceita aqui podem enviar ao mundo todo que dá certo.
    O Fruet com o PT entrou na PMC pela vontade popular daquele momento, mas até hoje os eleitores não viram pra que eles vieram, é tudo continuidade dos antigos e o pior virou uma bagunça a cidade e seus serviços fazem o que querem os grandes.
    Cito aqui 3 casos evidentes de ineficiencia continua dos serviços municipais:
    1) Iguaçu com Angelo Sampaio – sem placa de engenheiro colocaram areias pedras nas calçadas de qualquer jeito o povo passa por cima ta uma sujeira só e obra ocupando todo espaço das calçadas – o povo passa reclama ninguem faz nada e vai manifestar nas ruas;
    2 ) Iguaçu entre republica e saint hilaire – uma “grande construtora ” colocou na calçada que é publica , pasmem os senhores, simplesmente um container para seus corretores venderem os apartamentos – observe “na calçada ” que é publica – tudo com aval do urbanismo do fruet . tem ligação de agua luz e tudo . o povo passa reclama ninguem faz nada e vai manifestar nas ruas;
    3) Rua Alexadre gutierrez quase esq iguaçu – uma construção sem placa simplesmente encheu a ciclovia de areia tijolo pedras etc uma sujeira total com risco as crianças do tistu de desabar aquilo. o povo passa reclama ninguem faz nada e vai a rua protestar.
    Isto num raio de umas 5 quadras imaginem os bairros distantes o que estão vivendo , estes politicos que não trabalham e seus comandados que tem eles como exemplo ,tem que sair dos gabinetes de ar condicionado e ver o que acontece nas ruas senão amanhã eles podem sim serem destituidos por um grande movimento nacional, que saem as ruas por não aceitar mais a hipocrisia de uns que fingem que governam e outros que fingem que são governados. E uns vem com papinho elaborado por “estudiosos politicos ” – o povo não cai mais nesssa não!Basta !

    • É muito engraçado quando alguém afirma que Curitiba é laboratório, eu não sei de que! vá viajar o Brasil por diversos estados e perguntar paras pessoas que aqui já estiveram, o que eles acharam de Curitiba, não faltaram comentários, como, povo preconceituoso, povo sem cortesia no transito, povo briguento, eu já sofri isso na carne quando morava em São Paulo e vinha visitar minha família em Curitiba, andando pela Rua com carro com placa de outros estados você chega a essa constatação, é claro que nem todo mundo e assim, mais notadamente se destaca pelas marcas que eu citei, ouvi isso de pessoas bem distante de nossa cidade e fiquei com vergonha, não somos laboratório de nada! é claro que sobre a cidade em si os comentários sempre são os melhores possíveis.

      • Pior que é verdade Maurício, você sai por aí e descobre que as novas ideias de Curitiba já existem há bastante tempo em alguns lugares.. E no trânsito o povo mais grosso do Brasil…

    • Nossa quanto papo furado…Se for assim entao so curitibanos aceitam a robalheira no estado do PARANÁ?? Acham o dero$$o um santinho? Acham ótimo um pedagio mais caro do mundo??MEUS DEUS QUANTO PRECONCEITO…

  14. Esmael e demais a IDÉIA DE REPRESENTAÇÃO POLÍTICA NO BRASIL NÃO SERÁ MAIS A MESMA!

    Estes protestos deixaram fora de rumo e vai transtornar o pensamento atual da representação política, que até agora se mostrou inconciliável com o regime democrático e o bem estar social que os manifestantes defendem. Deu e dá para entender que ás várias formas de governos no país estão fundados em algo volátil chamada vontade dos governantes. Não importa se boa ou má! Daqui para frente muitos manifestantes irão se posicionar contra a decadente e má conduzida representação política, por uma série de desmandos e atos de corrupção mostrarem não ser a vontade humana das massas infelizmente na época atual passível de representação. Os cidadãos brasileiros de agora em diante irão “conceber a noção e a concepção de governo” a partir dos conceitos mais desenvolvidos de igualdade, liberdade e fraternidade, de maneira que esses conceitos terão que mover realmente a nossa atual e fraca visão de representação política juntamente com a vontade daqueles que querem ser livres e iguais nas periferias do Brasil e das cidades, o que permitirá pensar a democracia representativa como um regime de governo instituído e exercido por representantes aos quais cabe o dever verdadeiramente de serem a voz da vontade de seus eleitores. Caso contrário, o Brasil presidencialista cairá no mesmo erro que outros regimes, como a monarquia e a aristocracia, ou seja, “o erro de legislar em causa própria como se estivesse legislando em nome do interesse geral”. Por que a atual democracia brasileira está sujeita e governada por grupos sectários que instituiriam ao longo dos anos um regime de interesses “elitistas neoliberais sinistros”, ou seja, interesses egoístas de classes ricas desprezadoras de classes mais humildes nela presentes. E para evitar esse sectarismo, deveria haver o método de escolha proporcional que, propiciaria a presença da maioria e da minoria no parlamento e, da discussão entre um lado e outro, seria construído o consenso. No Brasil está havendo e vai aumentar a crise do sistema representativo! E uma das propostas para compensar as falhas da representação tem sido o apelo por maior participação da população no poder. Assim desde já, deve-se questionar a viabilidade da representação no sentido de ser “corrigida” por meio de uma maior presença dos cidadãos na gestão pública de fato e não na teoria.

    https://www.facebook.com/photo.php?fbid=264793863659140&set=a.215949045210289.48454.215917518546775&type=1&theater

  15. Eu acho que a “Radical Chic” mandou bem! A verdade é que todo mundo foi pego de surpresa com o MPL (Movimento Passe Livre): ela fez um rescaldo do que acontece e é por aí mesmo! Quem pensou que podia tirar proveito se ferrou! À Rede Globo, ao Jabor, ao Reinaldo Azevedo e a outros ícones da reação foi dado um chega pra lá. Aos partidos de esquerda que tentavam capitalizar, também foi dado um chega prá lá. Ninguém é dono do movimento, ele tem vida própria, mas os corruptos, os entreguistas da Nação, os caciques da usura que se cuidem, por ai passa o MPL.

    • Vc disse que aos partidos de esquerda foi dado um chega pra lá, que a manifestação é apartidária, mas será que nenhum integrante ou o grupo do passe livre vai aproveitar a oportunidade para entrar para a politica governamental, partidária? Eu duvido .

  16. O texto da Mirian é interessante, demonstra boas intenções. Porém se tratando de políticos é impossível saber se esse é realmente seu pensamento, ou está apenas sendo demagoga seguindo as “dicas” de algum publicitário.

  17. O problema é que o Estado brasileiro é autocrata, apesar de uma democracia.

    Se houvesse tido um plebiscito, por exemplo, 99% dos brasileiros seriam contra o aumento salarial dos parlamentares. Porém tal medida foi aprovado por unaminidade pelos nobres representantes do povo. Isso é representativismo?

    Nos anos 50 o Collor pai, senador na época, matou a tiros um senador em pleno senado (matou o cara errado ainda e que estava em seu último dia como parlamentar) e sequer foi cassado, preso, ou coisa que valha.
    Como já diria o de Gaulle “O Brasil não é um país sério.”

  18. kakakak… frase construída não salva a administraçao dela e do Fruet… #baixafruet … pq não baixa se a prefeitura tem sobras de caixa???

  19. O negócio é abrir a caixa preta da URBS. Cuidado, o povão vai responder nas urnas……

  20. È muitos petistas passaram a ganhar altos salários e mordomias: ITAIPU, Petrobrás, correios, BB, CEF, … e esqueceram dos companheiros e das vibrações e energias das ruas !

    Tá aí a resposta das ruas …acordem !

  21. mirian vem pra rua vc também o seu lugar é junto do povo não no gabinete.

  22. Que adianta essa Senhora vir com frases de efeito??? Tem que ter Atitudes que causem efeitos positivos. Ela faz o jogo do PT ( NÃO SEI DE NADA ), Sou vice, quem manda é o FRUTA, que é mandado pela URBS. Essa Senhora devia ter vergonha na cara, e lutar pelo Bem da Populaçao e nao se esconder de tomar iniciativas atrás de frases de efeito. Chega de Frases decoradas.

  23. Legal essa frase:

    o bem coletivo prevalecendo acima do individual…. Escutem isso políticos:
    o bem coletivo prevalecendo acima do individual….
    o bem coletivo prevalecendo acima do individual….
    o bem coletivo prevalecendo acima do individual….
    o bem coletivo prevalecendo acima do individual….
    o bem coletivo prevalecendo acima do individual o bem coletivo prevalecendo acima do individual o bem coletivo prevalecendo acima do individual o bem coletivo prevalecendo acima do individual o bem coletivo prevalecendo acima do individual o bem coletivo prevalecendo acima do individual o bem coletivo prevalecendo acima do individual o bem coletivo prevalecendo acima do individual o bem coletivo prevalecendo acima do individual o bem coletivo prevalecendo acima do individual o bem coletivo prevalecendo acima do individual

    • Quem falava isso era o Spock

    • Tenho a impressão que seria melhor ter permanecido silente.

      Discurso dos que envelhecem na política me fazem lembrar dos últimos 10 anos que os destinos do Brasil não mudam de mão… Que tal uma terceira via? Chega de azuis e vermelhos!

      Pautar a necessidade de diálogo com o povo e receber pré-candidata ao governo do Estado para discutir o que de interesse imediato de nosso população?

      Por favor, porque não aproveitou o momento da interinidade e não determinou a redução da tarifa, a abertura da caixa preta da URBS, entre outras reclamações deste POVO que em nome dele seu governo deve ser exercido?

      • Mas vice traíra não serve…Lembra do Beto Richa, que baixou a passagem quando o Tanigushi foi viajar? Olha no que deu…

        Já pensou se você vai viajar e quando volta descobre que sua esposa vendeu o carro da família…Tem que haver respeito para haver harmonia..

        • Respeito e harmonia contra os anseios populares?

          Que visão distorcida da Vice-PrefeiTa do que é a democracia!

          Kkkkkkkkk…

    • Análise interessante e pertinente. Porém, como ficam os políticos jovens que mantêm práticas retrógradas? que prometem na eleição e decepcionam o povo em menos de 6 meses mantendo tudo como era antes da eleição? que, ao invés de reduzir a tarifa convergindo com a medida da Presidente até então aliada, preferem agir como os adversários e prejudicam os usuários? se o povo não pode confiar nos políticos jovens, imagine nos veteranos?

      • Se tirar o Fruet, sobra a Mirian…

        O que será de nós?

        Chega de azuis e vermelhos, queremos uma terceira via!!!

      • Os políticos jovens nossos são descendentes dos políticos velhos…São os Fruets, os Richas, os Khurys, os Buenos, os Massas, etc…Como eles teriam ideias novas se foram educados em um ambiente retrógrado? Foram educados para serem como seus pais eram…Então desse time não se pode esperar nada de novo…
        Para mudar, precisamos buscar sangue novo, là no seio do povo…
        Temos que aposentar nosso sistema monárquico aqui no nosso estado…
        Chega das mesmas famílias sempre no poder…