Propaganda da prefeitura de Curitiba pode virar caso de Procon

A propaganda de Fruet segue as mesmas pegadas da de Richa, pouco educativa e muito proselitista; leitores perguntam ao blog, "câde meu médico da família"; publicidade enganosa pode parar no Procon e fritar o secretário petista Adriano Massuda.

A propaganda de Fruet segue as mesmas pegadas da de Richa, pouco educativa e muito proselitista; leitores perguntam ao blog, “câde meu médico da família”; publicidade enganosa pode parar no Procon e fritar o secretário petista Adriano Massuda.

A propaganda do prefeito de Curitiba, Gustavo Fruet (PDT), segue as mesmas pegadas da do governador Beto Richa (PSDB) que promove farra publicitária de R$ 240 milhões em doze meses. Pouco educativa e bastante proselitista. A promessa na campanha e no início da gestão era focar na primeira alternativa. Venceu a segunda, o proselitismo malfeito.

Neste domingo 30, em anúncio de página inteira no jornal Gazeta do Povo, talvez esteja um verdadeiro caso para o Procon — o órgão de defesa do consumidor. Sem-cerimônia, diz a propaganda do pedetista:

Com médicos da família, cada cidadão sabe quem é o seu médico e cada médico conhece melhor seus pacientes!, diz um trecho da propaganda, que se refere à  ampliação para 229 equipes do programa Saúde da Família e prometendo chegar a 500.

O diabo é que muitos leitores entraram em contato para informar que ainda não sabem o nome de “seu médico” como faz crer a propaganda do município. Outros que por ventura ainda não sabem quem são seus médicos, por favor, também informe deixando um comentário neste blog.

O médico Adriano Massuda é um dos mais eficientes e preparados secretários da administração Fruet, entretanto, esse erro crasso na propaganda pode-lhe comprometer o futuro. O que parece ser uma ajuda (publicidade) também pode ser uma fritura básica, se estiver divorciada da realidade.

A gestão Fruet utiliza as mesmas agências de publicidade que atendem ao governo estadual do PSDB. O partido da vice-prefeita Mirian Gonçalves, o PT, pressiona para que a administração abra nova concorrência pública e cancele os aditivos de R$ 27 milhões.

Protesto no Sambaqui, bairro Sítio Cercado, reuniu ontem (29) cerca de 2 mil pessoas que pediam calçadas e ruas. Foto: G1Sul - Portal de Notícias.

Protesto no Sambaqui, bairro Sítio Cercado, reuniu ontem (29) cerca de 2 mil pessoas que pediam calçadas e ruas. Foto: G1Sul – Portal de Notícias.

O dinheiro gasto em propaganda enganosa daria, por exemplo, para resolver o problema dos moradores do Sambaqui, região do Sítio Cercado. Lá, localidade esquecida pela prefeitura e por Deus, a luta é contra a lama. Por bem menos, uma fração dessa farra publicitária da prefeitura e do governo do Paraná, se resolveria a falta de calçadas e de ruas asfaltadas. Coisas que a velha mídia não mostra.

20 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. Hummmm.
    Esmaell
    Confirma para mim.
    Verdade que a prefeitura já gastou R$ 14 milhões em publicidade?
    Inté

  2. Só um comentário para todos, vão até a Unidade de Saúde da Família mais próxima e perguntem o nome do seu digníssimo medico: Pronto!
    Cada um saberá o nome do seu medico. Se vai precisar, se vai consultar dai é outra historia! Dito!
    O trabalho do Fruet mal começou e já estão malhando o coitado??? Lembre-se, o Fruet e sua gestão herdaram da antiga administração restos a pagar gigantescos, que foram honrados e pagos. Acredito que isto não faz a diferença né? Coloquem na balança o que ele fez e o que deixou de fazer. Se tiver alguma reclamação tem a ouvidoria municipal e o próprio Prefeito esta de abraços abertos a receber, claro com agendamento prévio, todo munícipe.

    FRUET GOVERNADOR!!!!

  3. Vamos refrescar a mimoria.vamos falar o que de fato é verdade! O que o fret tem aver com o marmore do batel? se o marmore é projeto da gestão pasada.o povo tem memoria de pombo .ora a midia chegou babar de tanto dizer sobre esse marmore ,em 2012.culpar o fruet sobre o marmore é falta de cidadania!eu critico o freit ,mas quando não é verdade ,a politicage tem que se calar!largamde mentira .o fruet tentou mudar esse projeto e não conseguiu. foi o mesmo que o pedagio ,ninguem consegue quebrar esses contratos ,que não custe multas altissimas..

  4. Fruet Governador!!!!!

  5. Ainda não conheço o meu médico……

  6. 2000? Duvido…

  7. Não entendi, só do lado de lá pode dizer abaixei isso, fiz aquilo,vou fazer aquiloe blá.blá,blá, e o de ká tem que se cala, se liga na fita MANO.

  8. Impressionante o Dom que o prefeito Fruet tem de onerar os serviços municipais que ainda possuiam qualidade, o que ele e este secretário está fazendo com a saúde de Curitiba é brincadeira, uma saúde que apesar de ter passado um período complicado no ano anterior, sempre teve consitência e amadurecimento para tratar as questões sociaias que a permeavam, mas esta gestão está acabando com a reputação da saúde curitibana, transformaram unidades básicas em psf, caps normal em unidades caps 24hrs sem aumentar o efetivo, que serviço de qualidade a equipe pode prestar ? É uma verdadeira vergonha, este processo de regressão que a saúde de Curitiba está voltando a ter, oque esta gestão está propondo a cidade já tinha superado a tempos. A verdade é que a atual gestão está perdida. Fica uma dica meu amigo Esmael, estão dizendo que as unidades de saúde não tem nem esparadrapo para trabalhar”¦ existe supervisores em comissão que ainda estão em estágio probatório. Isso pode ? #ficaadica

  9. E também esta apagada. Isso não acontecia na época do Ducci.

  10. a cidade está um verdeiro terreno lunar de tantos buracos fora os problemas nos postos de saúde , armazéns da família dentre outros e o gustavo fruet fica gastando nosso suado dinheiro em propagandas desnecessárias a melhor propaganda é ter serviços de qualidade . esse caô caô de propaganda não cola mais fruet queremos que aplique NOSSO dinheiro onde realmente precisa não nos bolsos da grpcom

  11. SOMENTE PARA INFORMAR E MAIS NADA.

    Caro amigo Esmael o programa medico da família já existe a muito tempo, hoje o único cidadão que não sabe qual que é o seu medico, é aquele que tem plano de saúde ou que felizmente nunca precisou de ir no posto de saúde, mais este serviço esta disponível para qualquer cidadão, basta dirigir a um posto de saúde mais próximo de sua casa e cadastrar, o que eu tenho reclamado aqui constantemente a sobrecarga de trabalho dos médicos e de todos os demais auxiliares que tem muita gente para atender, é muita falta de materiais básicos como papel para imprimir receituários, medicamentos, utensílios para coletas de exames, sei disso porque quanto vou ao posto encho os funcionários de pergunta, são duas consulta a minha e a deles. estou falando do Posto Trindade no Bairro do Cajuru que na minha opinião esta de parabéns pelo atendimento e o carinho com nossa comunidade.
    ABRAÇOS.

  12. No posto do São Brás tem que madrugar para ser atendido no mesmo dia!

  13. Parem de exagero, está informando que você vai conhecer o seu médico.

    Pra isso você tem que ir até o posto de saúde, ou acha que vai “intuir” o nome do médico do nada ou vi ter uma lista nas propagandas e você vai lá e escolhe qual médico vai te atender. Cada uma viu…

    Tanto é que me ligaram em casa informando que agora terei disponível um médico e para isso tenho que ir até o posto do bairro que atende minha região para isso. Se não sei ainda o nome do MEU medico é porque EU, e somente EU não tive tempo ainda de ir no posto.

    Galera só quer apedrejar também, deixa o cara começar o trabalho dele…

  14. O TITULO DEVERIA SER: A curitiba que beto e fruet não mostra na tv.

  15. Parabéns pela grande reportagem onde esta mostrando a realidade escondida dos bairros de Curitiba,vejo uma maneira de resolver estes problemas aqui na região quem sabe construindo um estádio aqui na região para mandar alguns jogos da copa do mundo.

    ATT.ALICATE DA BOSCH.

  16. Poxa, Esmael, fiquei chateado. Eu não tinha explicado pra você o significado desta faixa ainda ontem? É má fé ou você não lê nada do que as pessoas comentam aqui? Para quem não sabe, sobre esta mesma faixa eu disse ontem: obviamente alguém produziu esta faixa e colocou nas mãos das pessoas. No mundo real, o pessoal do Sítio Cercado não está nem aí com as calçadas do Batel (para eles é apenas mais um bairro comercial, muito movimentado, perto do centro da cidade – mas, para quem ainda está com a cabeça na Curitiba de antigamente é um bairro “chique”, burguês, e coisas do gênero.

  17. Aquele anão xarope errou feio em falar que o Gustavo estava pronto!

    Os prefeitos são ligeiros quando se trata de multar os munícipes!

  18. Que lixo !!!
    Mas de novo ese secreOtario de comunicação só da errado!!!
    Troca de secretario abre nova licitação.