Presidente nacional do PCdoB quer Fruet na defesa do Plebiscito

Renato Rabelo, do PCdoB, vem a Curitiba, nesta segunda 1!º de julho, tentar convencer o prefeito Gustavo Fruet, do PDT, a entrar no esforço nacional em defesa da democracia e do plebiscito para reforma política; dirigente nacional comunista vai à  prefeitura pedetista acompanhado de Ricardo Gomyde, André Bezerra e José Ferreira Lopes, o Dr. Zequinha, interventores da legenda vermelha na capital paranaense.

Renato Rabelo, do PCdoB, vem a Curitiba, nesta segunda 1!º de julho, tentar convencer o prefeito Gustavo Fruet, do PDT, a entrar no esforço nacional em defesa da democracia e do plebiscito para reforma política; dirigente nacional comunista vai à  prefeitura pedetista acompanhado de Ricardo Gomyde, André Bezerra e José Ferreira Lopes, o Dr. Zequinha, interventores da legenda vermelha na capital paranaense.

O presidente nacional do PCdoB, Renato Rabelo, desembarca nesta segunda-feira 1!º de julho, em Curitiba, com o objetivo de reforçar o Fórum Nacional em Defesa da Democracia e do Plebiscito. Essa proposta foi discutida na última sexta-feira 28, em São Paulo, entre os dirigentes do PCdoB, PT, PSB e PDT — partidos que compõem a base da presidenta Dilma Rousseff.

Rabelo deverá falar à  imprensa à s 14h15, no Hotel Slaviero (Rua Dr. Pedrosa, 208), bairro Batel.

à€s 16 horas, no Palácio 29 de Março, o presidente nacional do PCdoB tem agenda com o prefeito de Curitiba, Gustavo Fruet (PDT), neoaliado do campo político de Dilma e do PT.

O dirigente comunista quer convencer o prefeito pedetista a aderir à  campanha nacional pelo plebiscito para a reforma política. De acordo com pesquisa Datafolha, divulgada ontem 29, 68% dos brasileiros apoiam a realização da consulta popular.

Dentre as propostas apresentadas no último final de semana, entre os quatro partidos da base governista, estão o financiamento exclusivamente público das campanhas e chapa proporcional com listas fechadas pelas legendas.

Entendemos a consulta pública como um espaço para que o povo possa se pronunciar sobre algumas questões balizadoras, para usar um termo da presidenta Dilma. Destacando que o plebiscito não é para entrar nos detalhes, mas sim para dar consistência ao processo!, disse Rabelo ao portal Vermelho.

7 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. Essa é uma estratégia bolivariana, plebiscito não resolve nada, pagamos uma grana alta para estes caras trabalharem. Sou frontalmente contra a dar um cheque em branco aos bolivarianos nacionais. Chega de enganar a população com este papo antigo de esquerdistas classe média. O povo quer solução e não discussão sobre o sexo dos anjos.

  2. Fruet Governador…..

  3. PATROCINADA
    Pelo jeito esta materia postada é patrocinada pelo Play Gomyde. O que tem a ver o PC do B vir a Curitriba, conversar com o Prefeito que é do PDT, quando o PC do B apoiou o Camunodngo, querer dar direção política no Fruet?

    Evidente que o objetivo principal é mesmo acertar a aliança, o meia culpa e negociar os cargos e espaços. Claro que o Renato (que respeito) vai jogar toda a culta pelo oportunismo do apoio ao Pequeno Rato, na Direção deposta do PC do B. E, honrado que é o Renato Rabelo, vai avisar antes a direção deposta de que predisa fazer isto, pra salvar a reputação… e obviamente que o Bobato. Ceni, Zenir, Manfredine e cia vão concordar, tudo em nome do partico e do centralismo democrático que adotam (exceto a nova direção, claro … esta o centro são os próprios.

    RESUMINDO: É risível (o bloqueiro, o patrocinador e a pretenção do PC do B em querer influenciar o Fruet numa questão importante, delicada.

  4. Boa pergunta! O Fruet vai defender o plebiscito? Se o Fruet for PSDB enrustido, assim na primeira oportunidade volta ao PSDB como fez o vice-governador Flávio Arns, com certeza NÃO vai defender o plebiscito!

  5. Vocês esqueceram que as manifestações das ruas são do povo e não de vocês seus politicos nojentos, idiotas, ladrões, vagabundos, canalhas. Nós estamos nas ruas para acabar com a roubalheira de vocês. Agora vem com conversa mole que os políticos vão participar também??? Sumam de nossas vidas seus vampiros de merda. Acabou a putaria. Vocês vão comer na nossa mão daqui pra frentes, seus golpistas. Não se tocaram ainda que o povo tá na bosta por causa de vocês, seus lixos??? Nós queremos ver toda essa cambada de patifes na cadeia. E se nao gostou do que leu, vá pros quintos dos inferno, seus carniças.

  6. Sereno 30.06.2013 às 21:17
    8 perguntas para Alvaro Dias: Tem cheque do Cachoeira na venda das casas?… Oito perguntas para o senador Alvaro Dias (PSDB-PR) sobre o aparecimento de sua fortuna de mais de R$ 16 milhões: 1) Tem cheque da organização de Cachoeira nos R$ 16 milhões da venda das casas, assim como aconteceu com o colega tucano Marconi Perillo? Afinal, por que Álvaro Dias votou contra o indiciamento de Cachoeira na CPI? 2) A grilagem de terrenos públicos em Brasília para especulação imobiliária sempre foi caso de polícia no Distrito Federal, principalmente nos governos de Joaquim Roriz, mas também há indícios durante o governo de José Roberto Arruda (o do mensalão do DEM). O senador tucano poderia divulgar a escritura pública de aquisição dos terrenos e a certidão no Registro de Imóveis? Ou o jornalismo investigativo terá que fazer busca nos cartórios? 3) Qual foi a empreiteira que construiu as casas? E por qual valor por metro quadrado? 4) Há lobistas ou corruptores atuantes no Senado entre os compradores das casas? O senador tucano poderia divulgar as escrituras públicas de venda das casas? Ou o jornalismo investigativo terá que fazer busca nos cartórios? 5) O senador tucano oferece seus sigilos bancários e fiscais para averiguação da origem da fortuna superior à R$ 16 milhões? 6) O senador tucano vai pedir para Comissão de Ética e Decoro parlamentar abrir uma investigação sobre si, já que votou no passado pela cassação do senador Renan Calheiros (PMDB-AL), por um problema de pensão semelhante, porém envolvendo valores muito mais baixos. 7) O senador tucano vai pedir para o Instituto de Criminalística da Polícia Federal fazer uma investigação sobre sua evolução patrimonial, semelhante à que foi solicitada no caso do senador Renan Calheiros? 8) O senador tucano vai pedir para o Procurador Geral da República abrir um inquérito sobre a origem dos R$ 16 milhões, da mesma forma que exigiu no caso do ex-ministro Palocci?

    • SURRARAM O ROGÉRIO
      Parece que os brasileiros (nossa seleção) surrou os espanhois e atingiram o cérebro deste que assina como “Rogério .. de Madrid”.
      O que tem a ver seu texto sobre o Alvaro Dias e a postagem plantada (patrocinada) pelo Gomyde o Blog? Pirou o ôme.