Pessuti explica por que defenestrou Requião: Eu cumpri uma resolução do partido!

Pessuti e Requião romperam politicamente em abril de 2010; intervenção no diretório de Curitiba, presidido pelo senador, pode enterrar de um vez por todas possibilidade de reatação entre ambos.

Pessuti e Requião romperam politicamente em abril de 2010; intervenção no diretório de Curitiba, presidido pelo senador, pode enterrar de um vez por todas possibilidade de reatação entre ambos.

O ex-governador Orlando Pessuti, secretário-geral do PMDB do Paraná, enviou mensagem ao blog informando os motivos que levaram à  decisão, ontem à  noite, pela dissolução do diretório municipal de Curitiba, presidido pelo senador Roberto Requião, e de outros 70. Leia a íntegra da mensagem:

Existe uma resolução do diretório estadual do PMDB, de abril de 2012, de n!º 01/2012, que estabelece que nos municípios onde o partido não eleger pelo menos 10% dos vereadores, o diretório municipal estará sujeito a dissolução ou intervenção. Este tema vem sendo discutido nas reuniões do partido desde o mês de março deste ano. No dia de ontem, por unanimidade dos presentes, a decisão foi de intervenção dos nos diretórios municipais onde o PMDB não elegeu pelo menos 10% dos vereadores, e não tenha eleito o vice-prefeito ou o prefeito municipal.!

A decisão da executiva estadual mereceu reprovação da maioria da bancada estadual do partido, que não esteve presente na reunião de ontem.

Comentários encerrados.