Por Esmael Morais

Expulsa do PT, vereadora do autosequestro ingressa no PSC de Ratinho Junior

Publicado em 11/06/2013

Depois de ter sido expulsa do Partido dos Trabalhadores no último sábado, o destino da vereadora Ana Maria de Holleben deve ser o Partido Social Cristão (PSC). Conversas nesse sentido já vinham ocorrendo há algum tempo, e ela estudava entre o PSC e o recém-criado Mobilização Democrática (MD), que surgiu da fusão entre PPS e PMN, mas que ainda não foi referendado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), e por isso as filiações e a janela de transferência de políticos com mandato ainda não começou.

Entretanto, Ana Maria teria optado pelo PSC por ser um partido emergente em Ponta Grossa e no Paraná, e principalmente porque não encontrou restrição por parte do presidente do Diretório Municipal do partido, o empresário Marcos Zampieri.

Agora há pouco, aliás, o PSC emitiu uma nota assinada pelo presidente da legenda em que coloca o partido de portas abertas para receber Ana Maria. Confira abaixo a íntegra da nota:

O PSC !“ Partido Social Cristão, através de seu Presidente do Diretório Municipal de Ponta Grossa, Marcos Zampiéri, vem informar aos órgãos de imprensa que o Partido tem interesse na filiação da Vereadora professora Ana Maria e está de portas abertas para receber o ingresso da mesma se assim ela decidir, pois o partido sabe dos serviços relevantes prestados pela Vereadora em 20 anos de fidelidade ao PT. Tanto é verdade que várias agremiações já demonstraram o interesse da filiação da Vereadora!, conta na nota assinada por Zampieri.