Blog do Esmael

A política como ela é em tempo real.

Em menos de 24 horas, três partidos sofrem intervenção no Paraná

Gleisi Hoffman vira "bicho papão" e assusta os aliados do governador Beto Richa; partidos sofrem intervenção tendo como lógica a polarização entre o tucano e a petista em 2014.

Gleisi Hoffman vira “bicho papão” e assusta os aliados do governador Beto Richa; partidos sofrem intervenção tendo como lógica a polarização entre o tucano e a petista em 2014.

A bruxa anda solta no mundo político paranaense, pois em menos de 24 horas nada mais nada menos que três partidos — PMDB, PCdoB e PTC — sofreram intervenção em suas direções estaduais e municipais.

O PMDB dissolveu 80 diretórios municipais, inclusive o de Curitiba que era presidido pelo senador Roberto Requião. Para seu lugar, a executiva estadual escalou o deputado estadual Stephanes Jr.

O PCdoB nacional deu cartão vermelho para o vereador Nilton Bobato, de Foz o Iguaçu, que presidia a legenda da foice e do martelo. O esportista Ricardo Gomyde assumiu o destino do comunismo no Paraná.

Agora à  noite chegou a informação a este blogueiro que a direção estadual do PTC também dançou. Segundo o militante partidário Geonísio Marinho, em seu blog, Ulisses Sabino perdeu o mando da sigla porque ousou flertar com a ministra Gleisi Hoffmann (PT) na corrida pelo governo o Paraná.

No lugar de Sabino, ainda de acordo com Geonísio, assumiu Túlio Marcelo Denig Bandeira, homem que seria ligado ao governador Beto Richa (PSDB). Portanto, o PTC continuará sob as asas tucanas em 2014.

Comentários desativados.