Carnificina no PCdoB do Paraná

O arquiteto Nereu Ceni, de Pato Branco, em carta, desce a borduna nos interventores Joel Benin e Ricardo Gomyde; dupla dinâmica foi nomeada na direção do PCdoB do Paraná sob o tacão do Comitê Central do partido; "o PCdoB é muito maior que essa meia dúzia de oportunista", diz um trecho da missiva vazada pelo jornalista Luiz Manfredini.

O arquiteto Nereu Ceni, de Pato Branco, em carta, desce a borduna nos interventores Joel Benin e Ricardo Gomyde; dupla dinâmica foi nomeada na direção do PCdoB do Paraná sob o tacão do Comitê Central do partido; “o PCdoB é muito maior que essa meia dúzia de oportunista”, diz um trecho da missiva vazada pelo jornalista Luiz Manfredini.

O jornalista Luiz Manfredini, um dos defenestrados pela intervenção no PCdoB do Paraná, publicou no Facebook do partido carta de renúncia do arquiteto Nereu Ceni, coordenador da macrorregional Sudoeste, em que atira na cabeça dos interventores Ricardo Gomyde e Joel Benin. “O PCdoB é muito maior que essa meia dúzia de oportunista”, diz um trecho da missiva. Leia a íntegra:

Prezados camaradas

Nesta semana o Comite Estadual do PCdoB eleito democraticamente na última conferencia Estadual já não exerce suas funções, pois foi realizada uma intervenção e todo o comite estadual está deposto. Portanto não respondo mais pela coordenação da macro regional do sudoeste, e nem por mais nada. qualquer dúvida e encaminhamento política/organizacional referente ao PCdoB se reportem aos interventores.

Na minha opinião, apesar do documento do Comite Central dizer ao contrário, ou dizer muito pouco, essa intervenção serve para premiar aqueles que se ausentaram do partido nos último 2 anos, Gomyde e Benin, que escondidos atrás de boatos e sabe-se lá o que mais convenceram o CC a entrar nessa aventura, o tempo dirá, aguardemos.

Nem vou fazer referencia a quebra da institucionalidade, ao meu ver explicita. Acho que o CC poderia até fazer a tal intervenção, mas deveria ouvir o partido antes, por exemplo, mandar um emissário para as cidades onde o partido está organizado e perguntar aos presidente, vereadores, lideranças etc o que acham, enfim , ouvir o partido para depois tomarem uma posição, não fizeram isso e infelizmente o partido vai padecer , pois a prática desses que ganharam a direção partidária é de gabinete. (vejam seu passado e tirem suas conclusões).

Deixo claro que nosso presidente (de fato) Nilton Bobato fez todos os esforços possíveis para compor com o Gomyde , oferecendo inclusive a participação dele na direção estadual, mas este sempre se negou a participar, agora estranhamente é nomeado presidente do Partido.

Eu pretendia fazer uma reunião para tratar com os camaradas esses assuntos, mas me sinto tão desmotivado que vou economizar uma grana e fazer as devidas informações por e-mail mesmo.

Quanto à s pré candidatos a dep estadual que estávamos debatendo, Banake (Palmas) eu ou o Raffa (Pato Branco) Vieira ou Clésio (Beltrão) Bruno (Dois Vizinhos) fica tudo sem efeito, pois não sei como será a tática eleitoral do partido para 2014.
Enviarei outro e-mail com a opinião do Bobato para o conhecimento de voces.

Como não tenho mais o poder de orientação e organização do partido, sugiro que cada um de nós cuide do PCdoB em seu município, o PCdoB é muito maior que essa meia duzia de oportunista, e o tempo dirá quem tem razão.

Não abandonem a luta política revolucionária , em todos os seus campos de atuação, nem tampouco abandonem nossas fileiras, o lugar de comunista é em seu partido, mesmo que nossa indignação, as vezes nos façam querer ” chutar o pau da barraca”
grande abraço a todos (as) agradeço o apoio que sempre tive, e as vitórias em todos os municípios do sudoeste, que não foram poucas.

Quanndo vierem a Pato Branco, estarei sempre a disposição,

Nereu Ceni

22 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. I simply want to mention I am all new to weblog and honestly loved you’re page. Very likely I’m want to bookmark your website . You certainly come with fabulous stories. Cheers for revealing your web page.

  2. Não vejo falar muito deste Ceni aqui em Beltrão, mas é fato que comentam que ele só aparece no publico em epoca de eleição. Saiu candidato a prefeito da cidade umas tres ou quatro vezes e não conseguiu se eleger nunca, perdeu todas e pelo que amigos meus comentam la de Pato Branco ele tinha tudo para vencer o Zuchi agora mas amarelou e não saiu candidato. Pra mim é só mais um politico sem expressão revoltadinho com o Gomyde que por sinal é um lindoooooooooo. Acho que agora vou me filiar no Pcdob.

  3. O prefeito Gustavo Fruet que se prepare… Vai ter protesto nas ruas e invasão dos ônibus… Quem está organizando é o jornalista Valdir Cruz, aquele que fez o protesto contra os postos de combustíveis e está sendo processado pelo Fregonese.
    Ele quer começar o protesto na segunda-feira cedo.

  4. “Comunistas” famintos por dinheiro!!! Interesses eleitorais do PC do B e de Ricardo Gomyde.
    O PC do B do Paraná rejeita o nome de Ricardo Gomyde (ele estaria envolvido com os recursos do Programa Segundo Tempo) numa lista de degola pós-escândalo. Ex-dirigente da UNE, Gomyde é assessor especial (ganhou o cargo por saber de mais sobre verbas do Ministério e para onde elas escorregam) do gabinete do ministro do Esporte e vice-presidente regional do partido.
    Gomyde chegou ao ministério após brigar com o ex-governador do Paraná e hoje senador, Roberto Requião (PMDB), que o demitiu da Secretaria de Esportes. É ex-deputado federal e pré-candidato a prefeito em 2012.
    Quer mais?
    http://caiohostilio.com/2011/10/30/%E2%80%9Ccomunistas%E2%80%9D-famintos-por-dinheiro-interesses-eleitorais-do-pc-do-b-sao-obstaculo-para-faxina-no-esporte/

  5. PARA RECORDAR UMA CARTA PROFÈTICA DIVULGA DO NO BLOG DO ESMAEL EM AGOSTO DE 2011. LEIAM

    Guerra intestina no PCdoB do Paraná

    23 de agosto de 2011 – 10:01 –

    O PCdoB do Paraná está em guerra interna. O partido no estado é presidido pelo vice-prefeito de Foz do Iguaçu, Chico Brasileiro, mas a tropa que perdeu o comando da legenda há três meses quer retomá-lo.

    Ricardo Gomyde, Milton Alves e Joel Benin encabeçam um movimento pela “recomposição” da direção estadual do PCdoB.

    Nesta semana, o trio encaminhou uma carta subscrita por vários diretórios municiais ao presidente nacional da sigla, Renato Rabelo, na qual critica a gestão de Brasileiro e pedem a “recomposição do tecido partidário, eliminando as pressões excludentes e a “˜lobotomia”™ política de quadros, militantes e da estrutura partidária”.

    Leia a íntegra da carta:

    Carta ao presidente nacional do PCdoB

    Camarada Renato Rabelo

    Há pouco mais de três meses realizamos uma conferência extraordinária, proposta pela então direção partidária. A conferência visava realizar um amplo e profundo exame da situação do partido no Paraná e elaborar um novo projeto partidário, renovando a direção e abrindo as fileiras partidárias para a adesão de novas lideranças.

    A conferência foi realizada com a participação de apenas um terço dos comitês partidários e do contingente de militantes mobilizados participaram pouco mais de 800. Em comparação com a última conferência estatutária( 2009) a participação miliante foi reduzida. A conferêrncia de 2009 mobilizou 3500 militantes e filiados.

    O que era para ser um processo crítico e autocritíco, com base no debate franco e profundo, foi focado de imediato pela busca de “˜bodes expiatórios”™ e em tentativas de “˜fuzilamento moral”™ de camaradas, eclipsando o debate sobre a derrota do projeto eleitoral do partido em 2010, suas causas e consequencias ““ e, principalmente, sobre o novo quadro político formado no estado, com a derrota do nosso campo político e o início de uma hegemonia conservadora no estado. Questão essencial para situar o partido diante da nova situação e projetar a nossa operação política a médio e longo prazo.

    A conferência acabou por concentrar o debate em torno da “crise de direção” , “condução partidária”, resvalando para considerações subjetivistas e na exclusão de inúmeros camaradas do comitê dirigente do partido. Enfim, não saimos melhores e mais unidos do processo, não obtivemos mais coesão e compromisso coletivo. Ao contrário, ao longo desses meses os piores temores se confirmaram: a apartação de vário s camaradas da vida do partido, o surgimento de atitudes sectárias em nosso meio e, essencialmente, o esvaziamento da condução política do partido numa fase crucial de preparação do projeto político-eleitoral de 2012. Nos preocupa, sobretudo, a situação do partido em Curitiba, que se encontra disperso, fatiado e sem ação política.

    Diante da gravidade da situação nos dirigimos à presidência do partido e ao Comitê Central no esforço de encontrarmos os caminhos para a recomposição do tecido partidário, eliminando as pressões excludentes e a “˜lobotomia”™ política de quadros, militantes e da estrutura partidária.

    Esta carta expressa a voz, o sentimento e as preocupações de centenas de dirigentes e militantes dos comitês municipais, das diversas frentes de atuação, de camaradas da frente institucional e parlamentar, de todas as regiões do estado.

    Curitiba, 19 de agosto de 2011

    Seguem assinaturas:

    Milton Alves ““ Comitê Central ex-presidente do PCdoB ““ PR
    Ricardo Gomyde ex-deputado federal e ex-vice-presidente do PCdoB-PR
    Joel Benin ex-secretário de organização do PCdoB ““ PR
    Diretórios municipais
    Vice-prefeito de Fco Alves
    Vereadores do PCdoB ““ PR
    Secretários municipais
    Lideranças”¦

  6. Meninos calma! A roupa suja tá demais. Projeto para 2014 esqueçe. O Ceni tem uma única razão, a destituição foi mal feita, sem consulta ao partido e a escolha dos interventores foi de matar. Vai continuar a casa da mãe joana. Dormide, Da Bezerra, Zecagá, o PCdoB, o que restou dele, ninguém merece.

  7. Milton , foi grande Presidente do partido, sempre recebendo todos com bastante humildade, havia um clima de amizades e respeito no partido, isso é importante para reunir um grupo unido, boa sorte ao Gomyde que vai precisar nessa empreitada, mais pode falar o que for, mais realmente quem he do esporte sente muita saudade do Gomyde, o esporte amador tinha muito apoio, hj nem se houve falar em Paraná Esporte.
    Responder

  8. Rodinei Barone lave a sua boca com sabão antes de falar do PCdoB, nao há na história do Brasil nenhuma organização que se sacrificou tanto para que o nosso pais avançasse, carregamos com orgulho a mesma bandeira dos rebeldesde 35 dos que tombaram na guerrilha do Araguaia e os que tombaram na Lapa.
    Portanto antes de falar alguma coisa conheça a História deste grande partido, um partido patriótico e disposto a dar a vida dos seus para defender o Brasil

    • EU sei da história. E por isso mesmo Maurício Grabois, Diogenes Arruda, Pedro Pomar e João Amazonas devem estar se remexendo nos seus caixões. O PCdoB jogou sua linda história no lixo. O partido é uma desonra para o marxismo-leninismo. E é um absurdo militantes defenderem as políticas sujas e as práticas eleitoreiras espúrias que este partido faz. O PCdoB não faz sombra ao que era ideologicamente. Ficaram tão unidos ao PT que perderam a dignidade. Poderiam muito bem sacudir o Brasil com os quadros estudantis que possuem. Mas fazem ao contrário, ficam se roendo por cargos e não vão a luta. Ou seja, que tipo de comunistas são?

  9. Outra coisa, Esmael. Você fala que houve “renuncia”. Isso não aconteceu. Ceni, como a própria carta dele diz, foi DEMITIDO.

  10. Esse Ceni não tem espaço aqui em Pato Branco. Vivia de atacar os outros. Percebo que no partido dele faz isso tambem. Por isso nunca foi prefeito aqui. Só perdeu eleição. Tentou ser deputado estadual. PERDEU. Tentou ser deputado federal. PERDEU. Tentou ser prefeito. Arrumaram todos os partidos pra ele. Botou governador no palanque e tudo. Mas… PERDEU de novo. Não ganha nunca.

    • Esse arquiteto comunista é tão ruim de voto que quando foi suplente da Gleisi para o senado perderam pro Alvaro Dias. depois que a “Calcinha de seda” escolheu outro suplente conseguiu se eleger. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

      TEMOS VÁRIOS CANDIDATO A DEPUTADO ESTADUAL…….. KKKKKKKKKK

      Fala de um tal de “Raffa” de Pato Branco, olhando o potencial de voto do tal “Raffa”, vejo que o camarada se elegeu em oitavo lugar de onze vereadores. Baita candidato. kkkkkkkkkkk

      O arquiteto também se coloca candidato a estadual, mas até hoje foi o que na ordem do dia? Vereador? Nas tentativas a prefeito perdeu todas e segundo o que me falam os patos, o camarada é daquele tipo de político que aparece apenas no ano da eleição, ninguém mais o vê nos outros anos, tem medo de se misturar com o povo.

  11. O Ceni deve ter feito esta junto com o Dodoido num boteco. Manfra da FIEP, Ceni quarta fronteira e Dodoido. Dá-lhe sectarismo turma! O pau agora canta contra a direção nacional. Epa, nem mesmo a direção nacional do partido deles presta? Então troca, uai…

  12. É a turma do Ratinho/Beto estribuchando…

  13. Isso dá mostras que o PCdoB está rachado. Infelizmente o PCdoB já era. Nacionalmente eles “puxam o saco” do PT e fazem políticas absurdas e muitas vezes anticomunista, é um partido totalmente contraditório, que tem na UNE e demais organizações estudantis o alicerce para disputas eleitorais, sendo que os mesmos estudantes nem comunistas são. É o “Pseudo Comunista do Brasil” (PCdoB). Para chegar ao socialismo fazer a tal união e conciliação de classes é burrice, os próprios marxistas do PCdoB sabem disso.

  14. Esmael e demais “briga de comunista é gostosa de ver e ouvir” os debates junto aos questionamentos são de alto nível intelectual!
    E acrescentam para quem quer aprender a fazer política e melhoram o processo político na sociedade!
    Briguem meninos! Briguem…!

  15. Muito erro de português…

    • NOssa ………
      Nossa, que análise crítica do tal “Romualdo”. Bem parecido com o caso do cidadão que por engano, deficiencia da sinalização, entrou numa favela (lá é comunicade) do Rio de Janeiro e sofreu tentativa de assalto/asassinato, levando tiro de moradores da “comunidade”. Hoje discutia-se na mídia a questão das placas de sinalização. OU seja, o problema não é cidadão não morador entrar numa área e ser baleado, o problema é não ter sinalização adequada. Da mesma forma, a questão não é o conteúdo da carta, mas os erros de portugues que nela tem. Romo, pq não fica em silêncio?

  16. Esse oportunista,Gomyde,não passa de um TUCANINHO enrrustido,tá doidinho pra sentar no colo do Betão…