“80% dos investimentos da Sanepar vieram do governo Dilma”, revela Tadeu Veneri

Deputado Tadeu Veneri diz que governador Beto Richa fica com "choradeira" enquanto o governo federal investe pesado no Paraná; segundo o parlamentar petista, 80% dos investimentos feitos pela Sanepar, coisa de R$ 2 bilhões, na verdade, são recursos da União.

Deputado Tadeu Veneri diz que governador Beto Richa fica com “choradeira” enquanto o governo federal investe pesado no Paraná; segundo o parlamentar petista, 80% dos investimentos feitos pela Sanepar, coisa de R$ 2 bilhões, na verdade, são recursos da União.

O deputado estadual Tadeu Veneri (PT), líder da oposição na Assembleia, revelou nesta quarta-feira (12) que 80% dos recursos investidos pela Sanepar (Companhia de Saneamento do Paraná) — cerca de R$ 2 bilhões — são oriundos do governo Dilma Rousseff. Na prática, o petista diz que o governo federal governa o estado que aparenta “acefalia”. Leia a íntegra da informação do site do PT:

União banca maior parte dos investimentos em saneamento no Paraná

De um total de R$ 2 bilhões de investimentos em obras e serviços programados pela Sanepar no Paraná, mais de 80% são de recursos federais. Levantamento feito pelo líder da bancada de Oposição, deputado Tadeu Veneri (PT), mostra que R$ 1,6 bilhão da planilha de investimentos em ampliação e implantação de sistemas é financiado por órgãos federais.

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) entra com R$ 920, 8 milhões. A Sanepar prevê R$ 555, 6 milhões da Caixa Econômica Federal (CEF). A empresa programou ainda repasses de R$ 134, 6 milhões da Fundação Nacional de Saúde (Funasa), órgão executivo do Ministério da Saúde, responsável pela promoção da inclusão social por meio de ações de saneamento para prevenção e controle de doenças. Outros R$ 680 mil vêm da Agência Brasileira de Inovação (Finep). Recursos do Ministério das Cidades, incluído no orçamento do PAC, correspondem a R$ 34,1 milhões.

A propaganda do governo diz que a Sanepar fará o maior investimento da história do Paraná. à‰ verdade. Mas o que o governo não diz é que são recursos federais que irão financiar estas obras. O que é normal. Mas então, o governador Beto Richa pare com a choradeira de dizer que está sendo perseguido pelo governo federal. Os números mostram que não há discriminação!, afirmou Veneri.

O líder da bancada de Oposição comentou ainda as declarações do governador Beto Richa (PSDB), que pediu mais agilidade aos secretários de Estado justificando que em momento pré-eleitoral as críticas dos adversários ao governo se acentuam. As preocupações que levantamos em relação ao governo fazem parte da nossa obrigação como parlamentares de oposição. Mas o governador, pelo jeito não quer críticas, quer apenas loas!, disse Veneri.

Comentários encerrados.