6 de junho de 2013
por Esmael Morais
42 Comentários

Indústria da multa continua em Curitiba e busca aumento de arrecadação na gestão Fruet

Em janeiro de 2013, o discurso de Joel Krà¼ger, secretário do Trânsito, era de que a gestão de Gustavo Fruet iria acabar com a indústria da multa na capital paranaense: Só mesmo em casos extremos!, prometia; entretanto, a máfia do radar parece que terá vida longa em Curitiba e a prefeitura busca mecanismos aprimorar e ampliar a arrecadação; por que não se cria o serviço de monitoramento estatal, por quê?

Em janeiro de 2013, o discurso de Joel Krà¼ger, secretário do Trânsito, era de que a gestão de Gustavo Fruet iria acabar com a indústria da multa na capital paranaense: Só mesmo em casos extremos!, prometia; entretanto, a máfia do radar parece que terá vida longa em Curitiba e a prefeitura busca mecanismos aprimorar e ampliar a arrecadação; por que não se cria o serviço de monitoramento estatal, por quê?

No início de 2013, o secretário de Municipal de Trânsito, Joel krà¼ger, que também é presidente do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (Crea), prometeu (reveja o vídeo), segundo ele, por determinação do prefeito Gustavo Fruet (PDT), acabar com a indústria da multa em Curitiba.  ... 

Leia mais

6 de junho de 2013
por Esmael Morais
33 Comentários

Requião pede intervenção nacional na intervenção de Pessuti

A guerra intestinal no PMDB Paraná ganhou contornos nacionais nesta quinta-feira (6). O senador Roberto Requião, presidente municipal do partido em Curitiba, cujo diretório foi dissolvido na última segunda-feira (3) juntamente com outros 81, recorreu ao diretório nacional.

Apoiado pela bancada federal do legenda — André Zacarow, Hermes Frangão! Parcianello, Marcelo Almeida e João Arruda –, Requião pediu ao senador Waldir Raupp, presidente em exercício do Diretório Nacional do PMDB, intervenção no diretório paranaense do partido.

Requião e os deputados fundamentam o pedido no ato arbitrário! da direção estadual que decidiu intervir em 82 diretórios municipais do PMDB.

O pedido mostra que a inusitada decisão provocou instabilidade e insegurança jurídica no PMDB, desrespeitou o direito de ampla defesa dos diretórios dissolvidos e causou forte repercussão negativa na opinião pública, afetando a imagem do mais antigo partido paranaense.

A solicitação mostra também que a intervenção nos diretórios municipais revela-se ainda mais absurda quando se sabe que as eleições para renová-los estão marcadas para daqui um mês.

O senador Requião e os deputados pedem a Raupp que intervenha e impeça a perpetração da dissolução dos diretórios municipais.

Leia mais

6 de junho de 2013
por Esmael Morais
9 Comentários

Demissão de Danuza Leão pela Folha é emblema da crise estrutural da velha mídia

do Brasil 247As torres de papel da mídia tradicional estão caindo. Uma a uma. A informação livre em circulação pela internet, mídia que todos os números e pesquisas apontam como a de maior e mais rápida ascensão entre o público brasileiro, fustiga os alicerces nada sólidos daquela que já foi chamada “grande imprensa”. Os custos de operação, as dificuldades logísticas e a falta de visão de presente e futuro dos líderes de negócios dos jornais e revistas !“ obnubilada na fixação pelo passado — formam o conjunto responsável pela debacle. Um processo acelerado pela miopia ideológica da famílias detentoras aplicada à s linhas editoriais de cada veículo, todas elas convergentes a um conservadorismo pulverizado em praticamente todas as seções jornalísticas !“ Política, Economia, Cidades, Esportes etc. Um atraso que quebra a sincronia das rotativas com a visão de mundo mais ampla e plural do leitor atual. Um fracasso contratado.

A demissão da colunista de elite Danuza Leão, da Folha, revelada nesta quinta-feira 6, é emblemática da situação de crise estrutural da mídia de papel. Em seus livros, Danuza sempre se apresentou como uma socialite cheia de bons conselhos a dar, mas, pouco a pouco, em seu espaço no diário da família Frias, foi empunhando a pá ideológica que cavuca o fosso sempre profundo que separa ricos de pobres, emergentes de quatrocentões. Foi perdendo, a cada golpe, atratividade de leitura, acumulando adversários entre os leitores, diminuindo, assim, pelas opiniões isoladas do resto do mundo, sua razão de estar ali, tratada a pão-de-ló por 12 anos. Não precisava, neste sentido, a colunista ter troçado dos leitores, reclamando da democratização das viagens pelo exterior, de modo a lamentavelmente ser possível encontrar o porteiro de seu próprio prédio em lazer em Paris (aqui)!

DESCOLAMENTO DO PÚBLICO – Danuza, no entanto, não é a única a padecer neste momento. Entre jornalistas, comenta-se que ela apenas entrou no corte de cerca de 40 profissionais promovido pela Folha ao longo desta semana. Um “passaralho”, como se diz na categoria profissional, que vai sendo baixando aos poucos, já há alguns meses, na redação do concorrente Estadão. Ali, um famoso colunista que rodou foi o crítico musical Nelson Motta. O mesmo fenômeno de descolamento em relação ao público ocorreu com ele.

Ao longo de sua história de quase 50 anos em torno da música e do entretenimento, Nelsinho, como é chamado, construiu uma imagem de simpatia. Bastou, porém, ter seu próprio espaço emoldurado num jornal conservador, para se deixar contaminar pelo entorno. Ao comentar os posts de leitores de 247, onde a Leia mais

6 de junho de 2013
por Esmael Morais
29 Comentários

Líder tucano aconselha Dilma Rousseff adotar agenda neoliberal

O deputado estadual Ademar Traiano (PSDB), líder do governado Beto Richa (PSDB) na Assembleia Legislativa do Paraná, a pedido do chefe, desembestou a emitir opiniões acerca do governo de Dilma Rousseff. Além de opinar, o que é justo e fundamental no processo dialético, o tucano aconselha a presidenta a adotar uma agenda neoliberal, abandonar o intervencionismo, bem como deixar de lado ideologias defuntas da era soviética. Entretanto, Traiano não dá nem um pio sobre a quebradeira promovida pelo governo do PSDB no Paraná. A seguir, leia a íntegra do artigo do líder tucano:

País sem rumo

por Ademar Traiano*

O governo Dilma Rousseff navega sem rumo. A imagem da grande gerente criada para eleger a presidente em 2010 é uma lembrança esmaecida que só se pode recordar com ironia. Uma imagem que os marqueteiros do governo tratam, prudentemente, de esquecer. Dois anos e meio de crescimento medíocre e trapalhadas administrativas não autorizam ninguém a louvar a eficácia da atual gestão – e seus auxiliares trapalhões – sob o risco de se cair no ridículo.

Sinais de incompetência abundam. Sob o comando do PT, suposto defensor das estatais, a Petrobras encolheu. à‰ a menos valorizada, a menos rentável e a mais endividada entre as 10 maiores companhias de petróleo do mundo. Depois de chegar a segunda maior petroleira do planeta, atrás apenas da americana Exxon Mobil, ocupa hoje a sétima posição. Não é nem a maior da América Latina.

Os projetos estratégicos – os PACs – são lançados em ritmo frenético, mas sempre com resulta Leia mais

6 de junho de 2013
por Esmael Morais
3 Comentários

Congresso Nacional promulga à s 9h desta quinta a criação dos TRFs

Depois de muita pressão de políticos e lideranças paranaenses, que estiveram na linha de frente, o Congresso Nacional finalmente vai promulgar Emenda Constitucional que cria quatro novos tribunais federais; A sessão conjunta entre Câmara e Senado, na quinta, será presidida pelo deputado paranaense André Vargas (PT); Senador Sérgio Souza, coordenador da Frente Parlamentar pelos TRFs, comemora antecipadamente: Venceremos, pois se trata de uma bandeira histórica do Paraná!; presidente da OAB-PR, Juliano Breda, se diz preparado para novo embate com o presidente do STF: Nenhum diálogo inteligente é possível com Joaquim Barbosa!.

Depois de muita pressão de políticos e lideranças paranaenses, que estiveram na linha de frente, o Congresso Nacional finalmente vai promulgar Emenda Constitucional que cria quatro novos tribunais federais; A sessão conjunta entre Câmara e Senado, na quinta, será presidida pelo deputado paranaense André Vargas (PT); Senador Sérgio Souza, coordenador da Frente Parlamentar pelos TRFs, comemora antecipadamente: Venceremos, pois se trata de uma bandeira histórica do Paraná!; presidente da OAB-PR, Juliano Breda, se diz preparado para novo embate com o presidente do STF: Nenhum diálogo inteligente é possível com Joaquim Barbosa!.

O vice-presidente da Câmara dos Deputados, André Vargas (PT-PR), convocou sessão do Congresso Nacional para esta quinta-feira (6), à s 9h. A intenção é promulgar a Proposta de Emenda à  Constituição (PEC) 544/2002, que cria tribunais regionais federais nos estados de Minas Gerais, Bahia, Amazonas e Paraná.  ... 

Leia mais

6 de junho de 2013
por Esmael Morais
16 Comentários

Ministro Barroso pronto para colocar freio de burro no STF

"Silêncio no estúdio"; novo ministro Barroso surge como contraponto a falta de inteligência de Barbosa, segundo o presidente da OAB-PR, Juliano Breda; STF pode voltar a zelar pela Constituição e deixar de funcionar como tribunal de exceção nazista.

“Silêncio no estúdio”; novo ministro Barroso surge como contraponto a falta de inteligência de Barbosa, segundo o presidente da OAB-PR, Juliano Breda; STF pode voltar a zelar pela Constituição e deixar de funcionar como tribunal de exceção nazista.

A velha mídia ficou perplexa com a sabatina, ontem, do novo ministro Luís Roberto Barroso que foi aprovado por 59 dos votos dos senadores para a vaga de Ayres Brito no Supremo Tribunal Federal (STF). ... 

Leia mais