4 de junho de 2013
por esmael
31 Comentários

Prefeito de Araucária demite 20% de cargos de confiança; Richa aumentou folha em 283% com comissionados

O prefeito Olizandro Ferreira (PMDB), de Araucária, na região metropolitana de Curitiba, cumpriu mais uma promessa na busca pelo equilíbrio da folha de pagamento e demitiu 60 cargos de confiança (chamados CCs!) do quadro da Prefeitura nesta semana.

Após verificar que o índice com a folha de pagamento havia ultrapassado o limite da Lei de Responsabilidade Fiscal, atingindo 52,83% da arrecadação, o prefeito foi obrigado a tomar medidas emergenciais para conter o índice. Foram cortadas horas extras, funções gratificadas e 20% dos cargos em comissão.

A administração araucariense espera diminuir em torno de R$ 1 milhão por mês a folha de pagamento para chegar ao limite esperado e cumprir a lei. Além disso, a Secretaria Municipal de Finanças (SMFI) vem trabalhando forte para melhorar a receita líquida do município. Entre as ações estão a recuperação fiscal (verificando o processo de execução), realizar conciliação sobre dívidas, implantar a nota fiscal eletrônica e o cadastro de empresas de fora do município.

A ação do prefeito peemedebista vai na contramão, por exemplo, do governador Beto Richa (PSDB). O tucano emprega, sem concurso, 4.418 servidores. No governo federal há 4.445 servidores sem concurso em cargos de confiança na chamada administração direta. Em dois anos, entre 2010 e 2012, Richa aumentou a folha de pagamento dos comissionados em 283%.

Que tal o município de Araucária emprestar o secretário de Fazenda para o governo do Paraná?

Orçamento

A forte queda no orçamento do município de Araucária, em 2013, é motivo de preocupação da atual administração para equilibrar as contas municipais sem comprometer os investimentos necessários à  população. Dados apresentados recentemente pela Secretaria Municipal de Finanças mostram que a arrecadação de ISS nos primeiros quatro meses de 2013 teve queda de 65,32% em relação ao mesmo período do ano passado. Dos R$ 32.529906,52 em 2012 Araucária passou a receber R$ 11.281.945,58. O ICMS e o Fundo de Participação dos Municípios apresentaram leve alta, mas isso graças ao crescimento geral da economia do Estado.

4 de junho de 2013
por esmael
23 Comentários

Projeto de vereador quer proibir surgimento de novos Lulas no Brasil

Projeto de lei de iniciativa do vereador Valdemir Soares (PRB), de Curitiba, torna obrigatória a realização do Teste da Linguinha! em crianças recém-nascidas antes da alta hospitalar.

Segundo a justificativa do projeto, o problema conhecido como língua presa! é uma alteração comum, que poderia ser corrigida se diagnosticada no pós-parto (ocorre quando uma pequena porção de tecido que deveria desaparecer permanece na parte inferior da língua, impedindo seus movimentos).

O vereador, que é pastor da igreja Universal do Reino de Deus, segundo seus colegas na Câmara Municipal, quer evitar que novos Luiz Inácio Lula da Silva surjam país afora. Além de o ex-presidente da República, outros ilustres petistas, como o ex-ministro Antônio Paloffi também têm a língua presa.

“O teste da linguinha é uma técnica para o diagnóstico da língua presa em bebês e foi desenvolvido no Brasil pela fonoaudióloga Roberta Martinelli!, esclareceu Valdemir Soares.

Em setembro do ano passado, a Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia, a Associação Brasileira de Motricidade Orofacial, o Conselho Federal de Fonoaudiologia e a prefeitura de Brotas lançaram uma campanha nacional em prol do teste da linguinha, com o objetivo de esclarecer a população sobre o problema e a importância do diagnóstico precoce.

Para o vereador Valdemir, o objetivo é diagnosticar e tratar precocemente as limitações de movimentos da língua causadas pela língua presa, limitações que podem comprometer as funções exercidas pelo órgão, como sugar, mastigar, engolir e falar! Ainda para o vereador, estas distorções podem prejudicar a comunicação, o relacionamento social e o desenvolvimento profissional do indivíduo!. O projeto tramita nas comissões permanentes da Câmara Municipal.

4 de junho de 2013
por esmael
19 Comentários

Deputados Caito e Gilberto Martin se manifestam a favor de Requião

Os deputados Caito Quintana e Gilberto Martin também reprovam decisão da executiva do PMDB; Pessuti e Requião travam guerra particular desde 2010.

Os deputados Caito Quintana e Gilberto Martin também reprovam decisão da executiva do PMDB; Pessuti e Requião travam guerra particular desde 2010.

Mais dois deputados estaduais se manifestaram, na tarde desta terça-feira (4), contra dissolução de 80 diretórios municipais do PMDB, dentre os quais o de Curitiba, presidido pelo senador Roberto Requião. Leia mais

4 de junho de 2013
por esmael
6 Comentários

Waldyr Pugliesi também diz ser contra cassação de Requião no PMDB

Deputado Waldyr Pugliesi se solidariza a Requião: "Sou contra a cassação do mandato no partido".

Deputado Waldyr Pugliesi se solidariza a Requião: “Sou contra a cassação do mandato no partido”.

O ex-presidente estadual do PMDB do Paraná, deputado Waldyr Pugliesi, se somou à s críticas desferidas pela bancada contra a decisão da executiva estadual, tomada ontem à  noite, de cassar o mandato do senador Roberto Requião à  frente da agremiação na capital paranaense. Leia mais

4 de junho de 2013
por esmael
20 Comentários

Pessuti explica por que defenestrou Requião: Eu cumpri uma resolução do partido!

Pessuti e Requião romperam politicamente em abril de 2010; intervenção no diretório de Curitiba, presidido pelo senador, pode enterrar de um vez por todas possibilidade de reatação entre ambos.

Pessuti e Requião romperam politicamente em abril de 2010; intervenção no diretório de Curitiba, presidido pelo senador, pode enterrar de um vez por todas possibilidade de reatação entre ambos.

O ex-governador Orlando Pessuti, secretário-geral do PMDB do Paraná, enviou mensagem ao blog informando os motivos que levaram à  decisão, ontem à  noite, pela dissolução do diretório municipal de Curitiba, presidido pelo senador Roberto Requião, e de outros 70. Leia a íntegra da mensagem: Leia mais

4 de junho de 2013
por esmael
8 Comentários

“PMDB só repete a bancada com candidatura própria”, diz Enio Verri

Enio Verri acredita que candidatura de Requião ao Palácio Iguaçu, além de ajudar na estratégia de Gleisi, vai preservar a bancada estadual do PMDB.

Enio Verri acredita que candidatura de Requião ao Palácio Iguaçu, além de ajudar na estratégia de Gleisi, vai preservar a bancada estadual do PMDB.

O presidente estadual do PT, deputado Enio Verri, concorda com a análise republicada por este blog, no último domingo (2), segunda qual o senador Roberto Requião (PMDB) pode ser a grande “novidade” nas eleições de 2014 . Leia mais

4 de junho de 2013
por esmael
6 Comentários

Caixa diz que Veja mente

Fac-símile da "reportagem" de Veja desmentida pela Caixa.

Fac-símile da “reportagem” de Veja desmentida pela Caixa.

A Caixa Econômica Federal, em nota, rebate reportagem da revista Veja que fez várias acusações ao militante virtual André Guimarães. Leia a íntegra: Leia mais

4 de junho de 2013
por esmael
28 Comentários

“Eu reprovo a destituição de Requião”, diz Alexandre Curi

Curi considera destituição de Requião "golpe" dentro do PMDB; deputados rejeitam intervenção no partido da capital.

Curi considera destituição de Requião “golpe” dentro do PMDB; deputados rejeitam intervenção no partido da capital.

O deputado estadual Alexandre Curi disse ao blog, nesta terça-feira (4), que não aprova a decisão da executiva estadual do PMDB que destituiu ontem à  noite 70 comissões provisórias e diretórios municipais, dentre as quais o de Curitiba que é presidida pelo senador Roberto Requião. Leia mais

4 de junho de 2013
por esmael
16 Comentários

Vai dar pra quem?

Petistas querem inviabilizar o Caixa Único (CU) do governador Beto Richa; presidente do TJ, Clayton Camargo, teria se comprometido com o tucano de disponibilizar os bilionários depósitos judiciais; petistas juram que o desembargador não vai aderir ao "CU"; filho do magistrado, deputado Fábio Camargo, depende tanto dos votos governistas quanto oposicionistas para chegar ao Tribunal de Contas; está em jogo 2014, onde a ministra Gleisi Hoffmann se prepara para entrar em campo.

Petistas querem inviabilizar o Caixa Único (CU) do governador Beto Richa; presidente do TJ, Clayton Camargo, teria se comprometido com o tucano de disponibilizar os bilionários depósitos judiciais; petistas juram que o desembargador não vai aderir ao “CU”; filho do magistrado, deputado Fábio Camargo, depende tanto dos votos governistas quanto oposicionistas para chegar ao Tribunal de Contas; está em jogo 2014, onde a ministra Gleisi Hoffmann se prepara para entrar em campo.

Deputados petistas juram de pés juntos que o presidente do Tribunal de Justiça do Paraná (TJ), Clayton Camargo, se comprometeu em mandar pelos ares a criação do Caixa Único (CU) do governo de Beto Richa (PSDB). Leia mais

4 de junho de 2013
por esmael
7 Comentários

Pessuti diz que permanece de “luto político” até 30 de junho

O ex-governador Orlando Pessuti, secretário-geral do PMDB do Paraná, disse a este blogueiro que permanecerá em silêncio até o próximo dia 30 de junho porque está de “luto político”.

Segundo o peemedebista, no final deste mês completará três anos que lhe arrancaram a candidatura para a disputa do Palácio Iguaçu.

“Permanecerei de luto até o dia 30 de junho, quando completará três anos que me arrancaram a candidatura ao governo do estado. Só volto falar de política no dia 1!º de julho”, prometeu Pessuti.

Em 2010, mesmo tento maioria na convenção estadual do PMDB, o então governador Orlando Pessuti deixou a ata em aberto delegando poderes aos deputados estaduais para celebrassem acordos partidários.

Os parlamentares do PMDB, preocupados com sua própria reeleição, optaram por rifar a candidatura de Pessuti e coligar-se com Osmar Dias, na majoritária, e com PDT e PT na proporcional.

Instigado por este escriba se estaria propenso a vestir uma “cueca de seda”, Pessuti negou peremptoriamente: “Nos meus 47 anos de militância política, mesmo judiado pelos companheiros do velho MDB, não vesti e não vou vestir ‘cuecão de seda’ nenhum”, jurou o ex-governador, que não esconde uma “quedinha” pela ministra-chefe da Casa Civil, Gleisi Hoffmann, candidata do PT ao governo do Paraná.

Cuecas de seda! é um neologismo criado nas eleições de 2012 pelo apresentador Carlos Massa ao referir-se aos partidários de Richa e do ex-prefeito Luciano Ducci (PSB) que tentaram, via Justiça, censurá-lo no palanque de seu filho Ratinho Junior (PSC) na disputa pela prefeitura de Curitiba (clique aqui para relembrar).

4 de junho de 2013
por esmael
6 Comentários

Assembleia do PR terá canal digital da TV Senado

TV SENADOA Assembleia Legislativa do Paraná poderá fazer parte da Rede Senado de TV Digital, emissora em canal aberto digital que atinge todo o território nacional. As negociações foram iniciadas nesta segunda-feira (3) entre o deputado Valdir Rossoni (PSDB), presidente da Assembleia Legislativa, o senador Sergio Souza (PMDB-PR) e Virgínia Galvez, diretora-adjunta da Secretaria de Comunicação Social do Senado e coordenadora de Expansão da Rede Senado.