1 de junho de 2013
por esmael
41 Comentários

Dilma pode romper contrato com pedágio; no Paraná, Richa passa a mão na cabeça das concessionárias

Tarso Genro, no Rio Grande do Sul, extinguiu praça de pedágio e estatizou o serviço; Dilma estuda romper contrato com concessionárias que não investiram na melhoria das rodovias; por que Beto Richa, no Paraná, é tão leniente à s pedagiadoras? Por quê? Edson Campagnolo, presidente da poderosa Fiep, avisa que vai implantar mecanismos de controle social! através de pedagiômetros! online, que todos poderão acompanhar quanto arrecadam as empresas em tempo real.

Tarso Genro, no Rio Grande do Sul, extinguiu praça de pedágio e estatizou o serviço; Dilma estuda romper contrato com concessionárias que não investiram na melhoria das rodovias; por que Beto Richa, no Paraná, é tão leniente à s pedagiadoras? Por quê? Edson Campagnolo, presidente da poderosa Fiep, avisa que vai implantar mecanismos de controle social! através de pedagiômetros! online, que todos poderão acompanhar quanto arrecadam as empresas em tempo real.

Os usuários de rodovias gaúchos foram brindados com a notícia da extinção de uma praça de pedágio em Farroupilha, na região metropolitana de Caxias do Sul, a 110 km de Porto Alegre. Lá, houve o cumprimento de promessa de campanha do governador Tarso Genro (PT) de liquidar os postos de cobranças desnecessários e de estatizar o serviço (clique aqui para saber mais). Leia mais