Valeu a pressão. Governo recua de parcelar “aumentão” de 6,49% para servidores

Servidores acamparam em frente ao Palácio Iguaçu (foto de Antonio More/GP); pressão fez governo tucano recuar, avalia líder do PT, Luciana Rafagnin; Traino, líder de Richa, diz que reajuste pode ser pago em parcela única.

Servidores acamparam em frente ao Palácio Iguaçu (foto de Antonio More/GP); pressão fez governo tucano recuar, avalia líder do PT, Luciana Rafagnin; Traino, líder de Richa, diz que reajuste pode ser pago em parcela única.

O líder do governo Beto Richa (PSDB), na Assembleia Legislativa do Paraná, Ademar Traiano (PSDB), informou que a votação da mensagem autorizando reajuste salarial de 6,49% para 291.874 servidores ativos, inativos e pensionistas.

Segundo a líder do PT, deputada Luciana Rafagnin, com medo de perder na votação, o líder do governo convocou uma reunião de emergência par acalmar a base de sustentação e tentar adiar a votação.

“O governo teve de recuar e terá de pagar o reajuste em uma única parcela!, prevê a petista.

O projeto deve voltar a ser discutido no plenário na próxima semana.

Traiano explicou o recuo: Telefonei para o governador e decidimos respeitar a vontade da maioria dos deputados. Vamos avaliar a reivindicação do funcionalismo de receber o reajuste em parcela única!.

A reviravolta sobre o parcelamento do “aumentão” de 6,49, a la crediário Casas Bahias, foi possível graças ao acampamento dos servidores em frente ao Palácio Iguaçu — a sede do governo estadual.

17 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. prezado esmael,no site do deputado mauro moraes ja consta noticia de que o aumento de 6,49% sera pago em uma so vez,na folha de maio ou em folha complementar no inicio de junho mas com referencia ao mes de maio, sera que seria possivel voce colocar aqui a noticia do site do deputado para que todos que acessam seu blog tenham conhecimento do que esta acontecendo, obrigado

  2. Vai acabar pagando em junho em parcela única.

  3. Quando aperta no bolso dos outros é muito fácil colocar o salário regional la na altura mais quando chega no bolso e um reajuste menor possível e ainda quer parcelar.
    que feio governado querendo tirar proveito com o chapéu alheio faz com o seu próprio e veja como dói.

  4. Não podemos esperar nada deste governo, o patrão dele(Jaime Lerner) continua no poder, pois a gangue é mesma, e todos sabemos o que passamos no governo lerner. Temos é que fazer pressão mesmo. As eleições de 2014 estão chegando.

  5. Mais uma vez o movimento sindical teve papel fundamental nesse processo de organização e pressão junto ao poder executivo e legislativo sobre uma decisão que parecia imutável. Graças aos companheiros e companheiras que fizeram o enfrentamento, chegando inclusive a pernoitar em barracas é que teve um novo horizonte. Viva o movimento sindical e obrigado aos que tem coragem e disciplina de fazer o embate junto ao governo.

  6. Desgovernozinho sem vergonha, para os comissionados-amigos ele deu 140 %, para os funcionários efetivos quer dar 6,49 % parcelado em duas vezes. Esse desgovernador chora de ruim !

  7. É bom mesmo esse “governo de molengas” se espertar!
    Ou seja, além dos professores outras classes do funcionalismo público já estavam e estão mobilizados, inclusive os policiais militares!
    Isso que é um governo de frouxos “é só apertar que peida!”
    Se não pode por que quer encararar?

  8. o desgovernador tá mais perdido que minhoca em macarronada, se ele desse esse aumento de uma vez só não se queimaria mais do que já tá. que desgoverno absoluto

    • Marcelo Santana, leia esta que é boa também, ou seja, “mais perdido que barata em galinheiro!”
      Ou esta, “mais desesperado e perdido do que anão no caminho de um estouro de boiada!”

  9. É esse desgoverno Richa infelizmente venceu, propôs 6,49 parcelado para que o funcionalismo fique brigando para receber em parcela única.
    Assim esquece do aumento do desconto da paranaprevidência,e também não peça um índice maior que a infração, ou até o índice piso salarial paraná, que seria mais justo.
    2014 os Tucanos no paraná já era, já foi, o povo tá vendo tudo Beto.

  10. Legal, mas temos de tomar cuidado para não serem novas palavras ao ventos… O site da APP noticia o fato assim: “…Com a mudança no cenário, o líder do governo, o deputado estadual Ademar Traiano, tentou tirar o projeto da pauta, mas não conseguiu. Com a galeria lotada de servidores, que gritavam palavras de ordem exigindo o pagamento da data-base de uma única vez e em maio, os líderes das bancadas se reuniram e se comprometeram, após retirar o PL da pauta, em votar a proposta na próxima terça-feira, dia 28. Neste ínterim, os deputados vão negociar diretamente com o governador – que retorna de viagem na sexta-feira (24) – para que o pagamento seja feito em uma única parcela, em uma folha complementar no início de junho.” Esse papo de folha complementar a ser analisada, já foi muito utilizado.

    http://www.appsindicato.org.br/Include/Paginas/noticia.aspx?id=8667

  11. Tem que fazer pressão mesmo nesse governinho ridículo, se tem dinheiro pra aumento de comissionado, tem que ter dinheiro também para dar aumento para os servidores, eles merecem respeito.

  12. Com esse cara é só botando pressão mesmo…

  13. Saudades do REquião

    • … e suas farras das diárias … TV laranjas …e documentos sumidos de São José dos Pinhais …

      mas concordo … é menos pior do q o atual …