STF agora tem mais um anti-Barbosa

A política e a mídia que transformaram Barbosa em "herói", o Batman, agora dão sinais que podem isolá-lo, abandoná-lo ferido na estrada; o novo ministro do STF, Luís Roberto Barroso, progressista, acha que quem quer fazer política precisa de voto; Breda, da OAB-PR, põe o dedo direto na ferida: o ministro Joaquim Barbosa é uma pessoa com qual nenhum diálogo inteligente pode ser travado!.

A política e a mídia que transformaram Barbosa em “herói”, o Batman, agora dão sinais que podem isolá-lo, abandoná-lo ferido na estrada; o novo ministro do STF, Luís Roberto Barroso, progressista, acha que quem quer fazer política precisa de voto; Breda, da OAB-PR, põe o dedo direto na ferida: o ministro Joaquim Barbosa é uma pessoa com qual nenhum diálogo inteligente pode ser travado!.

A ascensão do ministro Joaquim Barbosa à  presidência do Supremo Tribunal Federal (STF), com suas características fascistoides, elevaram o status daquela corte a de um partido político. Poderia até mudar a sigla para PSTF (Partido do Supremo Tribunal Federal).
Nem todos os ministros concordam com o ministro Barbosa. O fizeram no caso do mensalão porque seriam demonizados e achincalhados pela velha mídia chantagista. Vide o caso do revisor Ricardo Lewandowski.

Faltou mais coragem aos demais magistrados que também discordavam de Barbosa, é verdade, mas o tempo perdido ainda pode ser recuperado.

O julgamento do mensalão (AP 470) durou inacreditáveis 53 sessões !“ ou mais de quatro meses !“ em plenas eleições municipais de 2012. Os barões da mídia queriam interferir nos resultados das urnas, mas não lograram êxito. Os casos mais emblemáticos são em Curitiba e São Paulo, onde petistas e aliados venceram as disputas.

No reinado de Barbosa, o STF deixou de zelar pela Constituição Federal e se esmerou na arte de fazer política como se um partido fosse !“ embora o titular daquela corte espinafre os legalmente constituídos. Uma lástima para a democracia e um retrocesso para o Direito.

Quem melhor definiu o presidente do STF foi o presidente da OAB-PR, Juliano Breda, segundo qual o ministro Joaquim Barbosa é uma pessoa com qual nenhum diálogo inteligente pode ser travado! (ouça o áudio com o antológico discurso do advogado curitibano).

Entretanto, a nomeação do advogado fluminense Luís Roberto Barroso, sabidamente progressista, disse ontem (24), em Salvador, 13!º Congresso Brasileiro de Direito do Estado, que decisões políticas! devem ser tomadas por quem tem voto!.

Concordo plenamente com a fala do novo ministro, indicado pela presidenta Dilma Rousseff para vaga deixada pelo ex-ministro Ayres Brito. Se os ministros querem fazer política, ora, podem fazê-la, mas que se alistem em uma agremiação como qualquer mortal comum.

Para fechar, mais uma previsão do presidente da OAB-PR, Juliano Breda: a grande mídia no país vem poupando Joaquim Barbosa, pois terminado o julgamento do mensalão será absolutamente destruído pela imprensa brasileira, e com muita razão!.

8 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. I just want to say I am all new to blogs and really enjoyed this web-site. Likely I’m likely to bookmark your blog post . You surely have great writings. Thanks a lot for revealing your blog site.

  2. JB – UM ANJO QUE CAIU DO CÉU.

    Anjos tem que ser bem tratado, anjos caga em banheiro de R$ 180.000 construido com o dinheiro do contribuinte.

    http://www.brasil247.com/pt/247/brasil/102419/Mordomias-a%C3%A9reas-abalam-a-imagem-do-STF.htm

    http://videos.r7.com/ricardo-kotscho-comenta-declaracoes-do-ministro-joaquim-barbosa/idmedia/519c10b70cf25d1672f9908c.html

    BANDO DE OTÁRIO.

  3. Não adianta tentar envenenar a população Brasileira contra ocorajoso JB. Nem todos os brasileiros são politicamente acefalos… Ninguem vai nos convencer que Toffoli não é um vendido, que Lewandovski não é desonesto e que o mensalão não aconteceu.
    Morte ao Chavismo PTista!

  4. O Esmael é sem noção. O novo ministro é quem defendeu as empresas de saúde privada os seus pleitos por aumentos, segundo a imprensa.
    É mais um..
    Dá-lhe Joaquim Barbosa. Você é nossa voz contra estes espertalhões, vadios e gigolôs.
    A imprensa ao tentar diminuir as palavras de Joaquim Barbosa se coloca no mesmo nível dos políticos de partidos de mentirinha e coagidos pelo executivo.

  5. Certo ou errado, ambos, Barbosa ou Barroso, o importante é manter a cultura brasileira de não julgar nenhum político, de qualquer partido, sob qualquer governo ou em qualquer época. O tempo passará, o povo esquecerá e alguns abrirão mão de suas inteligências para, inclusive, protege-los; e assim nós vamos, como sempre foi.

  6. Existe um limite claro entre fazer política e cometer crimes.
    Alguns atos podem até ser imorais, como por exemplo, distribuir dinheiro do governo para pessoas carentes ao invés de investir pesadamente em educação, saúde e segurança que são os pilares dos serviços que devem ser universalizados pelo estado. O populismo é conveniente, eficiente e muitas vezes não é ilegal.
    As vezes é conveniente e eficiente utilizar-se de uma situação política para atingir réus que em outra situação seriam invencíveis. Se ele utilizou a mídia, fez muito bem e tem meu apoio. Na realidade, se inocentes fossem, os réus não teriam sido declarados culpados. Sabemos que haviam provas contra eles, ou no mínimo indícios contundentes que deixavam claras as participações dos mesmos.
    Quanto a novo ministro – escolhido pelo executivo e aprovado pelos parlamentares – não quero acusar ninguém, mas depois de levar uma porrada dessas que eles levaram do supremo, duvido que escolheriam ou aprovariam alguém que tivessem a mínima suspeita de seguir a mesma linha do Joaquim Barbosa.
    O ministro Joaquim Barbosa, aliás, está prestando um grande serviço ao pais.

    Nota: sobre Curitiba e São Paulo até eu estava apoiando a “oposição” dessas cidades. Na verdade o PT não ganhou em Curitiba, aconteceu é que o Beto Richa quis dar uma de “Serra” (e reeleger o vice que deixou prefeito da capital) e acabou dançando. O candidato, que queria (e pelo jeito tinha mais condições) ser prefeito de curitiba se bandeou para o partido da base aliada do PT e a fome se aliou a vontade de comer.
    Tenho tanto horror ao PSDB quanto do PT. São dois partidos que se dizem uma coisa ou outra, mas que na verdade, na média, são formados por oportunistas.

    Nota 2: Quanto ao Kassab nem vou comentar para não cansar a minha beleza.

  7. Esse Breda, no fundo no fundo MORRE de inveja até onde o JB chegou, coisa que certamente esse advogadozinho jamais conseguirá alcançar, ou é Racista e não admite. Essa OAB do PR, é uma escória que adora flashes, e midia, quando é pra por a mão na massa…… sequer abrem a porta dos gabinetes. E é claro que é mais um contra o Barbosa, afinal a D. Dilma escolheu, e quer gente absolva os CorruPTos de Ladrões de seu Partido. Nada a Estranhar, E agora temos um Gay no STF