Ratinho Júnior governador do Paraná

A superexposição de Ratinho Júnior, na SEDU, deixa governador Beto Richa enciumado; assessores dizem que o fato de o político do PSC levantar muito cedo ajuda atender todos os prefeitos que o procuram; Ratinho, que não pretende encerrar carreira na pasta, atravessou o samba do tucano, esta semana, ao anunciar subsídio milionário ao transporte coletivo da região metropolitana de Curitiba; como marido traído, o último a ficar sabendo, Richa o repreendeu em público; não está descartado um rompimento precoce entre o pequeno camundongo e o tucano; questão de tempo.

A superexposição de Ratinho Júnior, na SEDU, deixa governador Beto Richa enciumado; assessores dizem que o fato de o político do PSC levantar muito cedo ajuda atender todos os prefeitos que o procuram; Ratinho, que não pretende encerrar carreira na pasta, atravessou o samba do tucano, esta semana, ao anunciar subsídio milionário ao transporte coletivo da região metropolitana de Curitiba; como marido traído, o último a ficar sabendo, Richa o repreendeu em público; não está descartado um rompimento precoce entre o pequeno camundongo e o tucano; questão de tempo.

Os jornais trouxeram na edição desta sexta-feira (10) que “Richa anuncia R$ 40 milhões de subsídio ao transporte”. Não é bem assim. Ontem o meu blog registrou (clique aqui para relembrar) que o governador deu uma sapecada em público no secretário Ratinho Júnior, do Desenvolvimento Urbano, que antecipou o subsídio milionário para a manutenção da tarifa única na região metropolitana de Curitiba.

A informação dos jornais da velha mídia ficaria mais correta se estivesse cravada assim: “Ratinho Júnior anuncia R$ 40 milhões de subsídio ao transporte”.

O desconforto entre Ratinho e o governador ficou evidente ontem (9). Em entrevista mostrada pela RPCTV/Globo, Richa fulminou o pequeno camundongo: Eu fui pego de surpresa com o anúncio dele. O anúncio quem vai fazer sou eu e até sábado!, sapecou.

As contradições entre o ex-candidato a prefeito da capital pelo PSC e o tucano, portanto, tendem a evoluir para uma guerra.

No âmbito da SEDU, a nova secretaria de Ratinho Junior, fala-se que o novo titular da pasta, em apenas dois meses de trabalho, atendeu cerca de 60% dos prefeitos do Paraná. O governador Beto Richa em dois anos de mandato, comparam, teria recebido apenas 10% dos 399 prefeitos.

Frise-se que essa comparação não é deste blogueiro, mas da própria tropa de choque de Ratinho.

Também é do time do político do PSC a informação de desistência de uma composição na vice de Richa, pois as sucessivas quedas na avaliação do governo tucano deixariam Ratinho Júnior mais próximo de disputar uma cadeira na Assembleia Legislativa do Paraná. O blog também havia registrado essa possiblidade em 30 de abril último (clique aqui para relembrar).

Neste final de semana, Beto Richa vai embarcar para a Europa. Visitará Rússia, Croácia e França. Quem você acha que assumirá de facto! o governo? O vice Flávio Arns? Bobagem. Pela lógica política, o governador no período será Ratinho Júnior.

Comentários encerrados.