Prefeito de Pinhais denuncia “farsa” na segurança pública do Paraná

Polícia Militar vai retirar 10 policiais de Pinhais para montar UPS em São José dos Pinhais

Tenente Coronel, Hartmann comandante do 17!º Batalhão da Polícia Militar reuniu-se com o prefeito Luizão, o delegado Fábio Amaro, Tenente Marcos da PM de Pinhais, secretário de Governo, Lukala Nobrega e o diretor do Departamento de Segurança de Pinhais, Coronel Osiris.

Tenente Coronel, Hartmann comandante do 17!º Batalhão da Polícia Militar reuniu-se com o prefeito Luizão, o delegado Fábio Amaro, Tenente Marcos da PM de Pinhais, secretário de Governo, Lukala Nobrega e o diretor do Departamento de Segurança de Pinhais, Coronel Osiris.

Se já está difícil para garantir a segurança da população em Pinhais, a situação deve piorar. A previsão é do prefeito do município, Luizão Goulart (PT).

Em visita à  Prefeitura de Pinhais, na tarde de ontem (20), o Tenente-Coronel Hartmann, comandante do 17!º Batalhão da Polícia Militar, reconheceu que Pinhais tem número reduzido de policiais militares para o tamanho da população, mas afirmou que precisa retirar 10 policiais para montar uma UPS !“ Unidade Paraná Seguro em São José dos Pinhais.

De acordo com o prefeito petista, a UPS “descobre um santo para cobrir outro, uma grande farsa e uma grande pirotecnia do governo estadual”.

O coronel também afirmou que a PM não tem como resolver só tecnicamente a instalação definitiva da Companhia em Pinhais e o aumento de efetivo. Ele ainda sugeriu que o município deva procurar um deputado para intervir politicamente nessa questão.

Segundo o prefeito Luizão, o município tem feito um esforço grande para melhorar a segurança em Pinhais. Com a implantação da Guarda Municipal que conta com 80 integrantes e está instalando as câmeras de monitoramento que serão inauguradas neste mês. Luizão espera que esta questão seja resolvida tecnicamente, pois não é possível garantir a tranquilidade da população (120 mil habitantes) com um número tão reduzido de policiais militares.

Vale lembrar que na semana passada, uma rebelião na Delegacia Pinhais ganhou destaque nos principais meios de comunicação, com a fuga de 15 presos e 3 policiais baleados. O local que tem capacidade para 16 presos estava com 104 detentos

Comentários encerrados.