Novo lacre e punição a grevistas do Detran na pauta da Assembleia Legislativa do Paraná

Publicado em 28 maio, 2013
Compartilhe agora!

Deputado Tadeu Veneri deverá questionar desconto de greve nos salários dos funcionários da Detran, além de criticar a criação de novo lacre para placas de veículos; segundo despachantes, novidade! tem único objetivo de arrecadar mais.
Deputado Tadeu Veneri deverá questionar desconto de greve nos salários dos funcionários da Detran, além de criticar a criação de novo lacre para placas de veículos; segundo despachantes, novidade! tem único objetivo de arrecadar mais.
O diretor-geral do Detran-PR, Marcos Traad, vai à  Assembleia Legislativa, na tarde desta terça-feira (28), explicar mais uma nova tungada que o órgão pretende dar no bolso dos motoristas paranaenses.

Sempre no afã de arrecadar mais, um novo lacre para as placas de veículos está sendo planejada ao “módico” preço de R$ 133,00.

O pretexto de Traad, que é primo do governador Beto Richa (PSDB), seria evitar a clonagem de veículos (apenas 2 clones no ano passado). Para isso, o proprietário teria que realizar a biométrica a cada pedido de placas.

Pois bem, não é só isso que o chefe do Detran terá que explicar hoje. Funcionários das Ciretrans denunciaram ao blog que estão sendo perseguidos pelo “brimo” em virtude da greve de 13 dias no mês de abril (clique aqui para relembrar).

Uma servidora com três filhas para criar vai receber apenas R$ 78 de salário; tem outros que enxergaram apenas R$ 5 no contracheque de maio; mas há quem não receberá nada (sic, zero!) pelos dias trabalhados.

Nesta terça o presidente da Comissão de Direitos Humanos da Assembleia Legislativa, deputado Tadeu Veneri (PT), irá pedir ao diretor do Detran, Marcos Traad, que reveja a decisão de descontar dos salários dos servidores do órgão os dias em que estiveram participando da greve de treze dias da categoria.

Compartilhe agora!

Comments are closed.