“Nenhum diálogo inteligente é possível com Joaquim Barbosa”, diz presidente da OAB; ouça o áudio

Ato em político pela criação dos TRFs, em Curitiba, nesta segunda (20), abre guerra contra Joaquim Barbosa: "Nenhum diálogo inteligente é possível", fuzila o presidente da OAB, Joaquim Barbosa; presidente da Câmara em exercício, André Vargas (PT-PR), e o senador Sérgio Souza (PMDB-PR), coordenador da Frente Parlamentar, também elevaram o tom das críticas ao ministro do STF.

Ato em político pela criação dos TRFs, em Curitiba, nesta segunda (20), abre guerra contra Joaquim Barbosa: “Nenhum diálogo inteligente é possível”, fuzila o presidente da OAB, Joaquim Barbosa; presidente da Câmara em exercício, André Vargas (PT-PR), e o senador Sérgio Souza (PMDB-PR), coordenador da Frente Parlamentar, também elevaram o tom das críticas ao ministro do STF.

O presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), seccional Paraná, Juliano Breda, disse nesta segunda-feira (20), em ato político pela criação dos Tribunais Regionais Federais (TRFs), em Curitiba, que é impossível travar diálogo inteligente com o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Joaquim Barbosa.

“O ministro Joaquim Barbosa é uma pessoa com qual nenhum diálogo inteligente pode ser travado”, afirmou Breda para o auditório lotado de lideranças políticas e empresariais.

O presidente da OAB-PR foi ovacionado pelos presentes quando assegurou que o presidente do STF não entende nada de Direito.

“Nós todos sabíamos que o ministro Joaquim Barbosa não sabia nada de Direito. Hoje nós descobrimos que ele não sabe nada de organização judiciária no país”, discursou.

Juliano Breda afirmou ainda que a grande mídia no país vem poupando Joaquim Barbosa, pois terminado o julgamento do mensalão será absolutamente destruído pela imprensa brasileira, e com muita razão.

Ouça o discurso de Juliano Breda, presidente da OAB-PR:

Comentários encerrados.