Na guerra pelo Tribunal de Contas, base governista racha na Assembleia Legislativa do Paraná

Pessuti é lembrado pelo PT para disputar vaga no Tribunal de Contas; base governista se dividiu entre Fábio Camargo e Plauto Miró; governador Beto Richa tende a declarar apoio ao filho do presidente do TJ; esse imbróglio está longe de ser resolvido.

Pessuti é lembrado pelo PT para disputar vaga no Tribunal de Contas; base governista se dividiu entre Fábio Camargo e Plauto Miró; governador Beto Richa tende a declarar apoio ao filho do presidente do TJ; esse imbróglio está longe de ser resolvido.

Dois deputados estaduais governistas disputam uma cadeira vaga no Tribunal de Contas do Estado (TCE), que era ocupada pelo ex-conselheiro Hermas Brandão. A data da eleição ainda nem foi definida, mas a guerra já é uma das mais renhidas na história da Assembleia Legislativa do Paraná.

Problemas para o governador Beto Richa (PSDB), que terá de descer do muro. Os ventos tucanos assopram rumo ao deputado Fábio Camargo (PTB), filho do desembargador Clayton Camargo, presidente do Tribunal de Justiça do Paraná.

O primeiro-secretário da Assembleia, Plauto Miró Guimarães (DEM), tende a ficar chupando dedo nessa empreitada. Ele já recebeu o aviso do presidente da Casa e do PSDB, Valdir Rossoni, da preferência do governador por Camargo.

Richa quer agradar o clã Camargo porque está de olho em R$ 2,1 bilhões dos depósitos judiciais que estão sob a guarda do TJ. Por isso ele poderá deixar o companheiro Plauto “ferido da estrada”, afinal de contas são R$ 2,1 bilhões — dinheiro que poderia irrigar as pequenas prefeituras do interior e ajudá-lo na cambaleante luta pela reeleição de 2014.

Para meter a mão na grana, Richa ainda tem que aprovar na Assembleia o Caixa Único, ou “CU”, como prefere chamar o senador Roberto Requião (PMDB). E é aí que porca torce o rabo, pois Plauto avisa que o “CU” é inconstitucional. Ele votou contra a proposta e se movimenta para inviabilizá-la na Justiça.

Além de muito magoado com Beto Richa, o primeiro-secretário da Assembleia também anda soltando os cachorros no presidente Rossoni. Um deputado governista disse a este blogueiro que caldo vai ferver mais ainda quando for definida a data da eleição ao TCE.

Plauto Miró, mesmo se não tiver apoio do governador, jura que se manterá na disputa. Ou seja, a base governista está rachada na Assembleia.

Sobre esse imbróglio governista, o PT ainda não se pronunciou. Este blogueiro ouviu de um parlamentar petista que, nesse quadro, “agora é a hora do ex-governador Orlando Pessuti (PMDB) também se apresentar para a disputa do Tribunal”.

à‰ bom lembrar que Pessuti resolveu esta semana o problema com sua aposentadoria. O TJ devolveu-lhe o benefício mensal de R$ 25 mil que o governador tucano havia pedido para cancelar.

Agora a pergunta que não quer calar: Será que o ex-governador aproveitará dessa divisão da base governista e vai encarar essa? Eu tentei perguntar isso hoje, mas ele não atendeu ao celular. Vou tentar amanhã novamente. à‰ isso.

18 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. Este e do Fabinho Camargo,o mais preparado,o mais honesto,ficha limpa,ele e o cara,vai em frente Fabinho Camargo

  2. O Plauto está fazendo teatro. Sabe que a vaga é do outro. Depois tem bônus para ele.

  3. Já está decidido. Camargo. Crédito do pai dele.

  4. O garrote apertou o gado parlamentar. O Fabio Camargo é o Rei do Gado. Acabou a eleição. Plauto parece o pluto, o cão do Pateta.

  5. Se o TJ liberou a aposentadoria do momo Pessuti, é um cala boca nele. Acha aue vai se mexer com 25 pila por mês no bolso e encarar a eleição.

  6. Se o quadro de ministros do STJ fosse composto atrás de concurso, o caso do Mensalão já teria sido concluido sem tanta encheção de saco.

    O preenchimento das vagas em todos os tribunais e cortes – de contas, eleitorais, de justiça por indicação de presidentes, governadores, assembléias, parece ação entre amigos. É preciso acabar com essa sem-vergonhice. É uma afronta, um insulto.

  7. mas o beto não vai mais participar das elições ,eu acho ,isso ninguem tome como um boato .eu quero dizer que o parana ja ta estragado,então mais estrago e perca de tempo!então o beto vai deixar o requião gastar mais 8 anos para connsertar o estado.quando o estado tiver en alta como em 2010 o psdb vai investir com furia de novo.o psdb so sabe destruir ,construir e dificil pra quem é incapaz,como o requião e capaz ,o requião vai fazer. espero que o povo não votem mais em preiboi.esse preiboi não é play boy,porque os play boys são dinamicos e criativos..

  8. EU GOSTEI .
    ESSE PLAUTO TBEM É UM TRAIDOR.
    AQUI SE FAZ QUI SE PAGA.
    KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK.

    • Concordo com vc Emerson,o Plauto abandonou os companheiros e agora vai ter o troco e a situação dele é preocupante,pois se não emplacar a vaga no TC vai ter que reconstruir a sua base que abandonou pensando que o TC já estava garantido.

  9. o beto já fechou com o fábio camargo a um custo alto, se o beto não indicar o fabio para o tc
    a fatura virá em dobro com juros e correção monetária e será o fim político do beto.

  10. Esmael e demais que a implosão desta construção politica maligna demo tucana se encaminhe o mais rapido possível! O povo do Paraná agradece e se sentirá aliviada!

    • Esmael e demais a coisa esta feia mesmo para os lados dos “tucanalhas!” Apelaram definitivamente! Vejam esta:

      O MAÇOM BETO RICHA E O PASTOR WALDOMIRO!?
      Esta é “para acabar” Beto Richa participou da inauguração da Cidade Mundial que é o novo templo da Igreja Mundial do Poder de Deus, no bairro Atuba, em Curitiba, que segundo ele “realiza um importante papel de fortalecimento da sociedade, evangelizando a Palavra do Senhor. Todas as manifestações que buscam aproximar pessoas, com solidariedade e amor ao próximo, merecem o nosso apoio.” (Leia-se busca desesperada de apoio político para tentativa de reeleição em 2014, só falta a Universal do Reino de Deus e o Bispo Edir Macedo).
      http://goo.gl/lSBcR

      https://www.facebook.com/photo.php?fbid=10151490668283800&set=a.10150940810308800.420879.272809098799&type=1&theater

      • Que maçom o quê!!! Larga mão de falar merda, Celso. De onde vc tirou isso? Não sabe, não fala…

  11. A nomeação para esse cargo ou deveria ser feito via eleição (voto do povo) ou via concurso público. Quem garante que essas pessoas tem capacidade para exercer esse cargo?

    Como esses políticos brigam para amarrar o seu burro na sombra…

  12. Tá tudo errado!
    Enquanto políticos julgarem as contas de políticos o TC deveria ficar sob suspeição.
    Por que não se faz concursos para Desembargador do TC, como ocorre na carreira dos juízes????

    • Que cargo é esse tal “desembargador do TC”? Se informe melhor antes de dar pitado para não passar vergonha.

  13. Amizade é amizade, negócios a parte senhores… o jogo do poder e do interesse predomina infelizmente, a escolha é simples, quem me dará mais lucro? então… qual a novidade nisso… legítima defesa ESTADO DE NECESSIDADE…. hehehehehehe

    • Quando vejo as nomeações no TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO, me leva a lembrar de um programa antigo da GLOBO, ( pequenas empresas, GRANDES NEGÓCIOS ) que no caso em coisa publica, se traduz em grandes negociatas envolvendo interesses comum dedos três poderes. e assim vem caminhando o Paraná.