Londrinenses cobram redução da tarifa do ônibus para R$ 2,30

Zé Otávio se lembra das promessas de campanha do prefeito Kireeff, cobra a redução da tarifa do ônibus e passe escolar universal em Londrina. Jornalista também compara a administração local com a de Ponta Grossa, onde o prefeito Marcelo Rangel (PPS) reduziu o preço da passagem.

Zé Otávio se lembra das promessas de campanha do prefeito Kireeff, cobra a redução da tarifa do ônibus e passe escolar universal em Londrina. Jornalista também compara a administração local com a de Ponta Grossa, onde o prefeito Marcelo Rangel (PPS) reduziu o preço da passagem.

O jornalista Zé Otávio conta em seu blog, nesta terça-feira (28), que o prefeito Alexandre Kireeff (PSD), durante a campanha eleitoral, prometeu passe escolar para todos os estudantes londrinense. No entanto, segundo o blogueiro, o benefício foi anunciado somente para cerca de 900 alunos da rede municipal.

Além disso, registra Zé Otávio os usuários do transporte coletivo da cidade aguardam o anúncio de Kireeff reduzindo a tarifa de R$ 2,45 para R$ 2,30.

De acordo com o blog de Zé Otávio, com as recentes desonerações promovidas pelos governos estadual e federal.

“Há cerca de 30 dias, o governador do Paraná Beto Richa sancionou a lei que isenta a cobrança de ICMS do óleo diesel que move o transporte público. Na semana passada, a presidente Dilma Rousseff anunciou a isenção do Programa de Integração Social (PIS) e da Contribuição para Financiamento da Seguridade Social (Cofins)”, afirma o blogueiro.

“Ou seja, as duas leis juntas, representam R$ 0,15, e por isso a defesa da redução de R$ 2,45 para R$ 2,30”, opina Zé Otávio.

6 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. Em Ponta Grossa o prefeito perdido “abaixou e tirou foto”, e na pratica? Nao baixou nada. Ta mais perdido que azeitona em boca de banguela. Da até dó.

  2. Kireeff, conforme portal do Governo do Paraná afirmou ao Richa que baixaria o preço e deu o valor.
    O prefeito de Ponta Grossa, idem , só que esse cumpriu a palavra e baixou imediatamente a tarifa.
    Aqui quando fala-se em tarifa do coletivo não baixa nem espírito, e falam de planilha para cá e para lá, como se fosse dificil fazer uma subtração em um dos ítens que a compõem. Pensam que ninguém percebe.

  3. E em Curitiba o Gustavo já esqueceu deste assunto. Dá para ver para que veio…

  4. E o Fruet (turista) Vai baixar a passagem de Curitiba?? Curitiba também recebeu as mesmas isenções.

    • Realmente, e Curitiba como fica? O Prefeito não fala nada? É a caixa preta que impede que a matemática seja exata???