Governo Richa tira de prefeito petista para dar a prefeito demotucano

Retirada de 10 policiais de Pinhais para cobrir UPS em São José dos Pinhais, também na região metropolitana de Curitiba, causa revolta no prefeito petista Luizão Goulart; fala-se que o governo de Richa quer apenas fazer pirotecnia para promover Luiz Carlos Setim, um demotucano são-joseense.

Retirada de 10 policiais de Pinhais para cobrir UPS em São José dos Pinhais, também na região metropolitana de Curitiba, causa revolta no prefeito petista Luizão Goulart; fala-se que o governo de Richa quer apenas fazer pirotecnia para promover Luiz Carlos Setim, um demotucano são-joseense.

O prefeito de Pinhais, Luizão Goulart (PT), declarou guerra contra o que ele classifica de “pirotecnia” e “farsa” do governo Beto Richa (PSDB) na Segurança Pública do Paraná.

Presidente da Associação dos Municípios da Região Metropolitana (Assomec), o petista diz que o tucano pretende tirar 10 policiais militares de sua cidade, Pinhais, para atender a Unidade Paraná Seguro (UPS) em São José dos Pinhais.

A UPS descobre um santo para cobrir outro, uma grande farsa e uma grande pirotecnia do governo estadual!, opinou o prefeito de Pinhais.

Para Luizão Goulart, além cobrir um santo descobrindo outro, o mecanismo do governo tucano não é nada republicano. O prefeito se refere ao fato de o colega do município de São José dos Pinhais, Luiz Carlos Setim (DEM), ser aliado político do PSDB e do governador.

Comentaristas deste blog, no tópico “Prefeito de Pinhais denuncia farsa! na segurança pública do Paraná”, publicado ontem, dizem que UPS significa “Unidade de um Policial Só”.

Comentários encerrados.