Governo Richa tira de prefeito petista para dar a prefeito demotucano

Publicado em 22 maio, 2013
Compartilhe agora!

Retirada de 10 policiais de Pinhais para cobrir UPS em São José dos Pinhais, também na região metropolitana de Curitiba, causa revolta no prefeito petista Luizão Goulart; fala-se que o governo de Richa quer apenas fazer pirotecnia para promover Luiz Carlos Setim, um demotucano são-joseense.
Retirada de 10 policiais de Pinhais para cobrir UPS em São José dos Pinhais, também na região metropolitana de Curitiba, causa revolta no prefeito petista Luizão Goulart; fala-se que o governo de Richa quer apenas fazer pirotecnia para promover Luiz Carlos Setim, um demotucano são-joseense.
O prefeito de Pinhais, Luizão Goulart (PT), declarou guerra contra o que ele classifica de “pirotecnia” e “farsa” do governo Beto Richa (PSDB) na Segurança Pública do Paraná.

Presidente da Associação dos Municípios da Região Metropolitana (Assomec), o petista diz que o tucano pretende tirar 10 policiais militares de sua cidade, Pinhais, para atender a Unidade Paraná Seguro (UPS) em São José dos Pinhais.

A UPS descobre um santo para cobrir outro, uma grande farsa e uma grande pirotecnia do governo estadual!, opinou o prefeito de Pinhais.

Para Luizão Goulart, além cobrir um santo descobrindo outro, o mecanismo do governo tucano não é nada republicano. O prefeito se refere ao fato de o colega do município de São José dos Pinhais, Luiz Carlos Setim (DEM), ser aliado político do PSDB e do governador.

Comentaristas deste blog, no tópico “Prefeito de Pinhais denuncia farsa! na segurança pública do Paraná”, publicado ontem, dizem que UPS significa “Unidade de um Policial Só”.

Compartilhe agora!

Comments are closed.