Blog do Esmael

A política como ela é em tempo real.

Fruet justifica os 100 dias ao PT

Falta de norte político à  gestão de Gustavo Fruet (PDT) ressuscita politicamente o ex-prefeito Luciano Ducci (PSB), candidato a deputado federal, e deixa setores petistas enfurecidos; time de André Vargas, vice-presidente da Câmara, considera boicotar o encontro de hoje.

Falta de norte político à  gestão de Gustavo Fruet (PDT) ressuscita politicamente o ex-prefeito Luciano Ducci (PSB), candidato a deputado federal, e deixa setores petistas enfurecidos; time de André Vargas, vice-presidente da Câmara, considera boicotar o encontro de hoje.

O diretório municipal do PT de Curitiba realiza nesta segunda-feira (13), a partir das 19 horas, uma reunião de avaliação dos cem primeiros dias de governo Gustavo Fruet (PDT).

A cúpula petista não abrirá o microfone para militantes e filiados darem sua opinião, pois o encontro não tem como objetivo espinafrar o aliado pedetista.

Fruet deverá apresentar-se na defensiva política lembrando que está no cargo há 133 dias; que as mudanças não operam com tanta rapidez; a herança maldita emperra a máquina; etc.

Até agora, o prefeito ainda não abriu as famigeradas caixas-pretas! da Urbs, ICI, lixo, contratos, obras inacabadas, dentre outras prometidas durante a campanha.

Há setores no PT que vão boicotar a palestra de Fruet. O time do vice-presidente da Câmara, deputado André Vargas, até a manhã de hoje, por exemplo, considerava gazear o evento.

Na semana passada, o ex-prefeito Luciano Ducci (PSB), pupilo do governador Beto Richa (PSDB), disse que pretende fazer de Fruet seu principal cabo eleitoral na disputa por uma cadeira na Câmara Federal em 2014.

O evento do PT será na sede da APP-Sindicato (Avenida Iguaçu, 880, Rebouças).

Comentários desativados.