Em clima de festa, “radical chique” do PT assume prefeitura de Curitiba

A primeira agenda oficial da prefeita interina, Mirian Gonçalves, foi com a ministra Gleisi Hoffmann. Foto: Jader Rocha.

A primeira agenda oficial da prefeita interina, Mirian Gonçalves, foi com a ministra Gleisi Hoffmann. Foto: Jader Rocha.

Em concorrida cerimônia de transmissão de cargo, nesta tarde, a advogada Mirian Gonçalves entrou na histórica ao ser a primeira mulher a assumir a prefeitura de Curitiba. Ela também foi a responsável por levar o PT à  primeira cadeira da capital.

A vice assumiu a prefeitura das mãos do prefeito Gustavo Fruet (PDT) pelo período de dez dias, enquanto ele estiver em viagem internacional. O pedetista embarca ainda esta noite para o Japão e retornará no próximo dia 27.

à‰ um ato simbólico, mas que marca um momento bonito da história de Curitiba. à‰ a primeira vez, em 320 anos, que uma mulher assume, de direito e de fato, os destinos e a direção da capital do Paraná!, disse Fruet.

Mirian considera que sua chegada ao comando do executivo municipal advém das lutas de inúmeras mulheres e da demonstração de força, resistência e capacidade de governo.

Temos hoje a presidenta Dilma que nos mostra que podemos chegar longe e que temos competência para tanto. Este é um momento histórico para Curitiba e simboliza uma conquista para todas nós!, argumenta.

Várias lideranças partidárias, deputados estaduais e federais, vereadores, secretários municipais, prefeitos da região metropolitana e do interior do Paraná prestigiaram o evento.

Logo após a transmissão de cargo, Mirian Gonçalves cumpriu a primeira agenda como prefeita interina de Curitiba: recebeu no gabinete a ministra-chefe da Casa Civil, Gleisi Hoffmann.

Fico muito feliz de ver a Mirian como a primeira mulher à  frente da Prefeitura de Curitiba. à‰ um momento histórico. Desejo-lhe muito sucesso nesse período como prefeita, com muita serenidade para fortalecer o trabalho que já está sendo realizado em Curitiba por ela e pelo prefeito Gustavo Fruet!, disse a ministra.

Com informações da Agência Municipal de Notícias.

Comentários encerrados.