Chifrados por Beto Richa, servidores da UEL cruzam os braços

via blog Zé Otávio

Servidores UEL em greve porque, segundo eles, foram traídos pelo governador.

Servidores UEL em greve porque, segundo eles, foram traídos pelo governador.

Servidores entraram em greve hoje no Hospital Universitário (HU) e na UEL (Universidade Estadual de Londrina) contra a obrigatoriedade da jornada de 40 horas semanais de trabalho. Estes servidores fazem jornada diferenciada há mais de 20 anos. São 12 categorias que praticam entre 20h, 24h, 25h, 30h e 36h.

Os servidores esperavam que o governo cumprisse o compromisso de suspender a obrigatoriedade das 40 horas, conforme acordado com o sindicato. Isto não aconteceu. Os servidores se sentiram traídos e a greve está a aí. Pela faixa, a demonstração de insatisfação contra o governador Beto Richa.

Comentários encerrados.