Casais gays poderão usar reprodução assistida no Brasil; e agora Feliciano?

da Agência Brasil

O casal curitibano Toni Reis e David Harrad, mesmo nesses tempos de Marco Feliciano, por exemplo, agora poderia usar da reprodução assistida; um avanço no país rumo ao respeito da diversidade aprovado pelo Conselho Federal de Medicina.

O casal curitibano Toni Reis e David Harrad, mesmo nesses tempos de Marco Feliciano, por exemplo, agora poderia usar da reprodução assistida; um avanço no país rumo ao respeito da diversidade aprovado pelo Conselho Federal de Medicina.

As novas regras sobre reprodução assistida no país deixam claro que o tratamento pode ser utilizado por casais homoafetivos. A resolução que definia as normas para o procedimento, criada em 1992 e revisada há três anos, definia apenas que “qualquer pessoa” poderia ser submetida.

A comissão formada por seis especialistas do Conselho Federal de Medicina (CFM) reconheceu que o termo abriu possibilidade para muitas interpretações e limitou as chances para esses casais.

“Agora está claro o direito dos casais homoafetivos”, garantiu José Hiran Gallo, coordenador da Câmara Técnica de Reprodução Assistida do CFM.

A garantia ao procedimento vai esbarrar apenas no que a comissão definiu como “direito da objeção de consciência do médico!. Carlos Vital, vice-presidente do CFM, garante que essa condição é submetida a qualquer caso e que não há qualquer apologia à  homofobia no texto.

“São circunstâncias que podem entrar na esfera da consciência e o médico pode não querer participar. Incluímos essa possibilidade no sentido de enfatizar que, da mesma forma que em outros casos, o médico pode optar neste também. Mas, não estamos alegando que é pela homoafetividade”, explicou, destacando que a novidade responde a uma demanda da sociedade moderna.

No caso de duas mulheres, a reprodução pode ser feita a partir da inseminação de uma delas ou por gestação compartilhada, quando o óvulo de uma delas é inseminado e introduzido na outra. Para um casal de dois homens, o óvulo de uma doadora é inseminado com o sêmen de um dos parceiros e transferido para o corpo de uma pessoa da família. Até a última versão da resolução, de 2010, o grau de parentesco em que se permitia esse procedimento, conhecido como “útero de substituição” era o de segundo grau. Com a nova edição das regras, o casal pode transferir até para primas e tias, além de irmãs e avós.

As novas regras, que passam a valer a partir de amanhã (9), também autorizam o descarte de embriões que estão nas clinicas de reprodução assistida e que não serão mais utilizados pelos casais. As mulheres que estão em tratamento para engravidar e optam por doarem embriões terão que decidir qual o destino desse material em cinco anos. “Se for da vontade dos pacientes, os embriões podem ser doados para outros pacientes, para pesquisas de células-tronco ou poderão ser descartados depois desse prazo. Antes não tinha normatização sobre isso”, explicou Hiran Gallo.

O descarte poderá ser a escolha, por exemplo, dos que já tiveram filhos, estão se separando ou os casos em que um dos parceiros morreu. Os doadores também podem optar para que esses embriões continuem congelados.

Levantamentos da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) mostram que, no Brasil, mais de 26 mil embriões foram congelados em 2011. O custo pelo congelamento do material pode variar entre R$ 600 e R$ 1,2 mil, além do pagamento de uma mensalidade, mas, de acordo com o CFM, quase 80% desse material é abandonado pelos pacientes.

12 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. FALTA DE OCUPAÇÃO! TANTA COISA IMPORTANTE À SER TRATADA E A TURMINHA ALEGRE CONTINUA DISCUTINDO ABERRAÇÕES DA MENTE HUMANA.

  2. O nenê vai nascer pelo ânus ?
    É que não entendo nada de medicina… Muito menos de semvergonhice…

  3. Já que querem ter filho, vão ter gestar e parir também…Acho um absurdo essa tal de barrga de aluguel e isso deve ser proibido, com certeza. Então se virem rapaziada.

  4. ISSO MESMO MARCELO , DISSE TUDO.

  5. Eu continuo dizendo “o dia que um gay papar o rabito do outro e gerar uma vida, mudo de discurso” mas ate lá , temos sim que pensar que isto é doença e tratalos como doentes , seja mental ou portadores de alguma anomalia genetica, pois é muito mais saudavel, higienico, bonito, racional e natural um casal formado por uma “Mulher” e um “Homem”, Em defesa da Familia sempre!

  6. CRÉDO, DONA HELÕ !!!

  7. O Brasil virou a recopia dos EUA. O fim do mundo já começou e o Brasil já está fazendo isso.

  8. BOM DIA A TODOS , NÃO DESISTA PASTOR FELICIANO CONTINUE LUTANDO, E FAZENDO AQUILO QUE DEUS TE COLOCOU PRA FAZER , DEFENDER A FAMILIA AQUELA QUE DEUS CRIOU DESDE O PRINCIPIO, E QUE OS HOMENS QUEREM DESTRUIR, LUTE PORQUE DEUS SEMPRE VAI ESTAR AO TEU LADO.

    • Sr Osmar, quando você pede para que o Pastor Feliciano não desista parece que ele é quem é o dono do blog ou leitor ( pode até ser no maximo um leitor ) e sugiro que seria uma mensagem pra voce postar direto a ele .
      Mas principalmente quero dizer a ti o seguinte : se o Pastor Marcos Feliciano desistir algum dia eu não desistirei nunca de seguir ao Meu Senhor Jesus Cristo ! Os homemns todos são falhos – Abraão , Moisés, David, Sansão, etc todos falharam um dia mas sempre o Nosso Deus de Israel levanta outro e será assim até a volta do Nosso Salvador que esta por vir!
      Em tempo: quando o Esmael de forma maliciosa diz e agora Feliano? Quero esclarecer que cada vez que faz isto pode-se ler assim: E agora Deus? Repense nisto pois ainda ha tempo para pedir perdão e se reconciliar ” A sua misericórdia dura para sempre ” salmo 136 e para os que são contra a Igreja Evangélica” as portas do inferno não prevalecerão contra ela ” Mateus 16.

  9. Não consigo entender que país é o nosso que vive copiando os EUA. A lei de lá existe faz tempo e, sinceramente, não vejo nada igual ou melhor do que a realidade brasileira. Na minha opinião, o que é natural prevalece em todos os sentidos. O homem foi feito para mulher e vice-versa. Somente assim se pode reproduzir e gerar uma família equilibrada. Afinal, os sexos opostos se completam e se necessitam em todos os seus acertos e erros.

  10. Que coisa esquisita né,que me perdoem os boiolas,isso é o fim dos tempos.

  11. Era só o que faltava. É o fim dos tempos, os Maias estavam certos o Mundo acabou. Isso é o limite!!! daqui pra frente só veremos aberraçoes!!