Barbosa usou verba do STF para pagar viagem de jornalista d”O Globo. E agora, recebe tratamento VIP?

do Brasil 247

Paulo Nogueira, diretor do Diário do Centro do Mundo, diz que o fato de o STF pagar viagem de repórter de O Globo "é um dado que mostra várias coisas ao mesmo tempo"; "Viagens pagas já faz tempo, no ambiente editorial mundial e mesmo brasileiro, são consensualmente julgadas inaceitáveis eticamente (...) As contas do jornalista estão sendo bancadas pela pessoa ou organização que é central nas reportagens", critica.

Paulo Nogueira, diretor do Diário do Centro do Mundo, diz que o fato de o STF pagar viagem de repórter de O Globo “é um dado que mostra várias coisas ao mesmo tempo”; “Viagens pagas já faz tempo, no ambiente editorial mundial e mesmo brasileiro, são consensualmente julgadas inaceitáveis eticamente (…) As contas do jornalista estão sendo bancadas pela pessoa ou organização que é central nas reportagens”, critica.

“Viagens pagas já faz tempo, no ambiente editorial mundial e mesmo brasileiro, são consensualmente julgadas inaceitáveis eticamente”, lembra Paulo Nogueira, diretor do Diário do Centro do Mundo. Ele destaca neste domingo que o Supremo Tribunal Federal pagou a viagem de repórter do jornal O Globo à  Costa Rica, para acompanhar o presidente do STF, Joaquim Barbosa. Leia:

STF paga viagem de jornalista do Globo

por Paulo Nogueira

Eis um caso inaceitável de infração de ética de mão dupla.

Um asterisco aparece no nome da jornalista do Globo que escreve textos sobre Joaquim Barbosa em falas na Costa Rica.

Vou ver o que é o asterisco.

E dou numa infração ética que jamais poderia acontecer no Brasil de 2013.

A repórter viaja a convite do Supremo.

à‰ um dado que mostra várias coisas ao mesmo tempo.

Primeiro, a ausência de noção de ética do Supremo e do Globo.

Viagens pagas já faz tempo, no ambiente editorial mundial e mesmo brasileiro, são consensualmente julgadas inaceitáveis eticamente.

Por razões óbvias: o conteúdo é viciado por natureza. As contas do jornalista estão sendo bancadas pela pessoa ou organização que é central nas reportagens.

Na Abril, onde me formei, viagens pagas há mais de vinte anos são proibidas pelo código de ética da empresa.

Quando fui para a Editora Globo, em 2006, não havia código de ética lá. Tentei montar um, mas não tive nem apoio e nem tempo.

Tive um problema sério, na Globo, em torno de uma viagem paga que um editor aceitou.

Era uma boca-livre promovida por João Dória, e o editor voltou dela repleto de brindes caros, outro foco pernicioso de corrupção nas redações.

Fiquei absolutamente indignado quando soube, e isso me motivou a fazer de imediato um código de ética na editora.

Surgiu um conflito do qual resultaria minha saída. Dias depois de meu desligamento, o editor voltou a fazer outra viagem bancada por Dória, e desta vez internacional.

Bem, na companhia do editor foi o diretor geral da editora, Fred Kachar, um dos maiores frequentadores de boca livre do circuito da mídia brasileira.

Isto é Globo.

De volta à  viagem de Costa Rica.

Quando ficou claro que viagens pagas não podiam ser aceitas eticamente, foi a Folha que trouxe uma gambiarra ridícula.

A Folha passou a adotar o expediente que se viu agora no Globo: avisar que estava precaricando, como se isso resolvesse o caso da prevaricação.

A transparência, nesta situação, apenas amplia a indecência.

A Globo sabe disso. Mas quando se trata de dinheiro seus limites morais são indescritivelmente frouxos.

Durante muito tempo, as empresas jornalísticas justificaram este pecado com a alegação de que não tinham dinheiro suficiente para bancar viagens.

Quem acredita nisso acredita em tudo, como disse Wellington. Veja o patrimônio pessoal dos donos da Globo, caso tenha alguma dúvida.

à‰ ganância e despudor misturados !“ e o sentimento cínico de que o leitor brasileiro não repara em nada a engole tudo.

Então a Globo sabe que não deveria fazer o que fez.

E o Supremo, não tem noção disso?

à‰ o dinheiro público torrado numa cobertura jornalística que será torta moralmente, é uma relação promíscua !“ mídia e judiciário !“ alimentada na sombra.

Para usar a teoria do domínio dos fatos, minha presunção é que o Supremo não imaginava que viesse à  luz, num asterisco, a informação de que dinheiro do contribuinte estava sendo usado para bancar a viagem da jornalista do Globo.

Como dizia meu professor de jornalismo nas madrugadas de fechamento de revista, quando um texto capital chegava a ele e tinha que ser reescrito contra o relógio da gráfica, a quem apelar?

11 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. I just want to mention I am beginner to weblog and honestly savored this web page. More than likely I’m likely to bookmark your blog post . You definitely come with remarkable articles and reviews. Regards for revealing your website page.

  2. E o militares estão chegando, chegando, chegando?

  3. A Onde esta o heroi.vamos dizer algoz, que não escuta ,não reflete ,que um dia pode estar no mesmo banco. as contas do suposto mensalão foram aprovadas pelo tse,mas o tse escondeu isso no dia do julgamento.leia a folha de são paulo dessa semana ,conversa afiada.

    • Mas esse TSE é mesmo sacana não é mesmo? Culpa do TSE o Zé Dirceu, Genuino e Delubio serem condenados… o dó!

  4. A PTzada não vai perdoar nunca o Barbosa, porque ele condenou a PTzada CorruPTa.

  5. Chora PTzada defensora do Zé Dirceu, do Delubio e do Genuino, a revolta de vocês com o cara que condenou a quadrilha é tanta que vão arrumar até amante para o Herói Negro do Brasil.

  6. Xupa bando de puxa saco, ficam pela internet distribuindo elogio para esse monte, os podres estão aparecendo aos poucos.

  7. Faça como estou fazendo agora.Passe essa mensagem adiante, em todos os blogs: enquanto não denunciarmos de forma ampla, massiva e simultânea os fortes laços da mídia e da oposição golpista com a CIA e a embaixada dos EUA no Brasil, seremos assim, sempre reféns dos conservadores, não só da oposição mas principalmente, da direita que comanda os principais ministérios do governo Dilma e que já se infiltrou no comando do próprio PT . A ABIN tem vários relatórios sobre quem recebeu dinheiro dos EUA para derrubar os governos Lula e Dilma e corromper o governo e o PT por dentro. Cabe à blogosfera publicá-los. A Secretaria dos Direitos Humanos possui cópias. Muitas outras informações sobre esses senhores e senhoras estão no Wikileaks, do qual ninguém mais ouviu falar. Porque será, hein?
    http://zerohora.clicrbs.com.br/rs/politica/noticia/2013/05/documentos-apontam-que-cia-via-em-brizola-a-principal-ameaca-a-ditadura-4127255.html

    http://www.rodrigovianna.com.br/vasto-mundo/os-sacos-de-dinheiro-da-cia.html

  8. Ele pode fazer isso à vontade. Qual advogado vai fazer algo contra ele? Todos se borram de medo do Herói da Mídia Golpista e da própria.

  9. A verba do STF que financiou a viagem da reporter do jornal o Globo é uma merreca para o STF. A questão moral é que está em jogo! Que “moral ilibada” tem esse senhor Joaquim Barbosa para ser presidente do STF? Impeachment já nesse cara! Anulação já do julgamento do Mensalão com redistribuição dos processos dos que não tem foro privilegiado para as instâncias inferiores.