Afif no ministério aproxima PSD da candidatura de Gleisi Hoffmann

Publicado em 7 maio, 2013
Compartilhe agora!

Efeito colateral: presença do PSD no governo Dilma ajuda projeto eleitoral de Gleisi no Paraná; deputado Sciarra é cotado para a vice na chapa petista.
Efeito colateral: presença do PSD no governo Dilma ajuda projeto eleitoral de Gleisi no Paraná; deputado Sciarra é cotado para a vice na chapa petista.
Aos poucos, vai caindo a ficha dos inquilinos do Palácio Iguaçu. A confirmação ontem (6) de Guilherme Afif Domingos no ministério da presidenta Dilma Rousseff, além significar a fidelização de mais 55 deputados à  base governista, também representa a aproximação do PSD aos palanques regionais do PT. à‰ caso do Paraná, onde os petistas colocarão o nome da ministra-chefe da Casa Civil, Gleisi Hoffmann, para enfrentar o governador tucano Beto Richa em 2014.

O vice-presidente da Câmara Federal, deputado André Vargas, é um dos entusiastas de um acordo PT-PSD em 2014. Segundo ele, o entendimento eleitoral poderá vitaminar o tempo de tevê da ministra Gleisi e fazer do deputado Eduardo Sciarra, do PSD, o futuro vice-governador.

Sciarra não diz sim nem não à  proposta petista. Hoje o partido dele está na base de sustentação do governo tucano na Assembleia Legislativa do Paraná.

O PSD paranaense finge trabalhar pelo projeto próprio, lançando candidatos ao governo e ao Senado. Entretanto, a legenda poderá alegar a Richa, ano que vem, na boca das eleições, que foi “enquadrada” nacionalmente pelos líderes Afif e Gilberto Kassab.

“à‰ a política como ela é”, lembra André Vargas.

Compartilhe agora!

Comments are closed.