24 de maio de 2013
por esmael
15 Comentários

“Caderno Londrina” já está no ar!

Lancei ontem à  noite o "Caderno Londrina" deste blog; a parceria inédita é com o jornalista Zé Otávio, ex-secretário municipal de Comunicação.

Lancei ontem à  noite o “Caderno Londrina” deste blog; a parceria inédita é com o jornalista Zé Otávio, ex-secretário municipal de Comunicação.

Lançado oficialmente ontem (23), o “Caderno Londrina” deste blog já está no ar a partir desta noite (24). Faltam alguns ajustes técnicos de lá e de cá, pois o blogueiro londrinense Zé Otávio está migrando de servidor para que as nossas tecnologias se conversem sem apresentar ruídos. ... 

Leia mais

24 de maio de 2013
por esmael
11 Comentários

Richa reúne “cachorrada miúda” para almoço na segunda-feira

Segundo tropa do senador Roberto Requião, o tucano vai discutir a proposta do Caixa Único (CU) durante almoço oferecido à  "cachorrada miúda".

Segundo tropa do senador Roberto Requião, o tucano vai discutir a proposta do Caixa Único (CU) durante almoço oferecido à  “cachorrada miúda”.

Na manhã da próxima segunda-feira (27), o governador Beto Richa receberá em Palácio Iguaçu, na capital paranaense, as bancadas estadual e federal para contar-lhes sobre sua viagem à  Rússia, Croácia e Paris. ... 

Leia mais

24 de maio de 2013
por esmael
20 Comentários

Pit bull de Beto Richa ataca petistas novamente

O deputado estadual Ademar Traiano (PSDB), líder de Beto Richa (PSDB), na Assembleia Legislativa do Paraná, há muito vem sendo chamado nos corredores daquela Casa de Leis como “pit bull” do governador. Não é sem razão. Traiano tem castigado os ministros Paulo Bernardo e Gleisi Hoffmann — a candidata do PT ao governo do estado. O tucano os acusa de serem contra os interesses paranaenses. Entretanto, também em artigo de opinião (clique aqui para ler), o deputado Enio Verri, presidente estadual do PT, rebateu as pancadas dizendo que os governistas estão mais perdidos que pirulito em boca de banguelas porque vão perder as eleições em 2014. Leia íntegra do artigo do tucano Ademar Traiano:

Ataques contra o Paraná

por Ademar Traiano*

Para quem acompanha o noticiário político, não é novidade que o Paraná vem sendo violentamente discriminado pelo governo federal na distribuição de verbas e repasses. Mas nem todos sabem que, por trás dessa discriminação, existe um fato vergonhoso.

Os ministros petistas paranaenses – Gleisi Hoffmann, Paulo Bernardo – jogam descaradamente contra o Paraná em Brasília. A sede de poder do PT é tão grande que eles não se envergonham de prejudicar Estado para alavancar seu projeto político.

Agora o cinismo dessa gente aumentou. Além de prejudicar o Paraná em Brasília, o ministro das Comunicações, Paulo Bernardo – aparentemente esquecido que a telefonia bate recordes de reclamações de consumidores – passa boa parte de seu tempo aqui dando entrevistas tentando culpar o governo paranaense pela perseguição da qual o Paraná é vítima.

A ministra Gleisi Hoffmann, mulher de Bernardo, segue o mesmo figurino perverso. Faz tour por rádios e televisões locais repetindo a mesma ladainha. Gleisi e o marido usam o tempo em que deveriam estar trabalhando pelo país, para disseminar a versão que os prejuízos que causam ao Paraná são culpa do governo do Estado.

O casal atribui à  falta de dinheiro federal a suposta ausência de projetos ou articulação política. Ora, os projetos existem e são muitos e bons, mas não existe articulação política capaz de vencer má vontade e a má fé.

Todos os indicadores disponíveis, tomados de font Leia mais

24 de maio de 2013
por esmael
14 Comentários

Petista Enio Verri classifica Richa de “governo mentiroso”

O governo do tucano Beto Richa está sendo alvo de intensas saraivas vindas de petistas e peemedebistas no Paraná. Se ontem (23), o governador do PSDB foi acusado pelo senador Roberto Requião (PMDB) de enfiar no “CU” (Caixa Único) todo o dinheiro do povo paranaense, hoje foi a vez do presidente estadual do PT, deputado Enio Verri, classificar o governo Richa de “mentiroso”. Para o petista, os governistas representados pelo líder na Assembleia, Ademar Traiano (PSDB), andam “mais perdidom que pirulito em boca de banguela” diante da perspectiva de vitória da ministra Gleisi Hoffmann na disputa pelo Palácio Iguaçu em 2014.

Leia a integra do artigo do deputado estadual Enio Verri:

O governo Richa e a tendência pela mentira

por Enio Verri*

A população que acompanha o noticiário político do Paraná tem sido vítima de uma avalanche de informações falsas divulgadas pelo líder do governo Beto Richa na Assembleia Legislativa (Alep), deputado Ademar Traiano, contra os ministros paranaenses e o governo federal. Não é difícil entender a razão da verborragia semanal do líder: ele tem a missão de defender um governo que caminha a passos largos, lamentavelmente, em direção ao fracasso, enquanto se consolida como péssimo gestor.

Se nas pistas de corrida o governador se orgulha da sua suposta habilidade de piloto, o oposto ocorre no comando do Paraná. Com Beto Richa, temos um Estado trôpego, completamente sem rumo e próximo da falência financeira.

A crise nas contas públicas do Paraná, aliás, é tema recorrente do discurso raso e sempre equivocado do representante do governo na Alep. O deputado descaradamente atribui a culpa pela falência financeira do Estado à  falta de apoio do governo federal e dos ministros paranaeneses.

Uma das críticas prediletas de Traiano é que o governo Dilma, ao desonerar impostos para incentivar o desenvolvimento do País, tira do Paraná uma grande capacidade de arrecadação. De acordo com o líder, o governo federal adota mecanismos sórdidos contra o Estado com o mero objetivo de frear a arrecadação, lesando os cofres públicos e prejudicando o crescimento. Um grande embuste.

à‰ um discurso essencialmente fundamentado em interesses políticos Leia mais

24 de maio de 2013
por esmael
30 Comentários

Jornal Gazeta do Povo corrobora tese sobre “farsa” e “pirotecnia” tucana com as UPSs

Esta semana, o presidente da Associação dos Prefeitos da Região Metropolitana de Curitiba e prefeito de Pinhais, Luizão Goulart (PT), atirou no que viu e acertou no que não viu ao classificar as Unidades Paraná Seguro (UPSs) como “farsa” e “pirotecnia” do governo de Beto Richa (PSDB).

A indignação santa do prefeito petista se deu porque o comando da Polícia Militar foi retirar-lhes 10 policiais da guarnição de Pinhais para cobrir a inauguração de mais uma UPS em São José dos Pinhais, também na região metropolitana, cidade administrada pelo consórcio demotucano.

“O governo tucano quer descobrir um santo para cobrir outro não tão santo assim”, protestou o prefeito de Pinhais, que ainda continuou: Isto é mais uma prova de que as UPSs não passam de “farsa” e “pirotecnia” que o governo estadual faz na segurança pública do Paraná!.

Agora o lado cômico dessa história — se não fosse trágico –, conforme conta o repórter Raphael Marchiori, do jornal Gazeta do Povo, edição desta sexta-feira (24), que o “número de homicídios cai mais em bairros de Curitiba sem UPS”.

Dentre várias outras manifestações anteriores, o leitor deste blog soube antes do caráter pirotécnico das UPSs em agosto do ano passado (relembre clicando aqui). Em março último, este blogueiro também registrou “Pirotecnia tucana, falta de segurança, mortes e protesto no Paraná”.

Isto mesmo, caro leitor. Segundo reportagem, o balanço de homicídios no primeiro trimestre do ano em Curitiba revela que, na média, a violência caiu mais rapidamente fora dos bairros com Unidades Paraná Seguro (UPSs).

Nos primeiros três meses do ano, Curitiba registrou 139 homicídios, 22% a menos do que no mesmo período de 2012. Nos bairros sem UPS, a queda foi maior, de 27,8%, enquanto o total nos bairros com UPS caiu menos, 12,6%.

Os números absolutos de assassinatos foram divulgados pela Secretaria de Estado da Segurança Pública na semana passada.

UPS, você ainda quer uma para a sua cidade? Tem certeza?

Leia a íntegra da reportagem “Número de homicídios cai mais em bairros de Curitiba sem UPS”:

O balanço de homicídios no primeiro trimestre do ano em Curitiba revela que, na média, a violência caiu mais rapidamente fora dos bairros com Unidades Paraná Seguro (UPSs). Nos primeiros três meses do ano, Curitiba registrou 139 homicídios, 22% a menos do que no mesmo período de 2012. Nos bairros sem UPS, a queda foi maior, de 27,8%, enquanto o total nos bairros com UPS caiu menos, 12,6%. Os números absolutos de assassinatos foram divulgados pela Secretaria de Estado da Segurança Pública na semana passada.

Seis bairros da capital têm Unidades Paraná Seguro. Em quatro deles, a queda foi superior à  média da cidade: Parolin (67%), Cajuru (50%) e Uberaba (25%). A Cidade Industrial, bairro com o maior número absoluto de assassinatos no período analisado e que tem cinco postos permanentes da polícia, também viu o número de assassinatos cair (14,3% Leia mais

24 de maio de 2013
por esmael
6 Comentários

O vídeo que Feliciano ainda não assistiu em que o novo ministro do STF defende o casamento gay

O casal curitibano Toni Reis e David Harrad, nesses tempos de Marco Feliciano, comemora a nomeação do ministro Luís Roberto Barroso para o STF, a quem considera maravilhoso aliado da dignidade humana!; diz-se que o deputado Marcos Feliciano (PSC-SP) ainda não assistiu ao vídeo; assista você.

O casal curitibano Toni Reis e David Harrad, nesses tempos de Marco Feliciano, comemora a nomeação do ministro Luís Roberto Barroso para o STF, a quem considera maravilhoso aliado da dignidade humana!; diz-se que o deputado Marcos Feliciano (PSC-SP) ainda não assistiu ao vídeo; assista você.

“à‰ um maravilhoso aliado da dignidade humana”. Assim classificou Toni Reis, secretário de educação da ABGLT (Associação Brasileira de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais), ao assistir o vídeo abaixo, de 2011, quando o então o advogado Luís Roberto Barroso defende no Supremo Tribunal Federal (STF) os direitos dos gays em nome do estado do Rio de Janeiro. ... 

Leia mais

24 de maio de 2013
por esmael
3 Comentários

Pereirinha reverte cassação de prefeito de Jandaia do Sul

Os advogados Guilherme e Luiz Fernando Pereira, adversários em várias causas eleitorais, contabilizam vitórias nos tribunais e confirmam a tese de judicialização da política no país.

Os advogados Guilherme e Luiz Fernando Pereira, adversários em várias causas eleitorais, contabilizam vitórias nos tribunais e confirmam a tese de judicialização da política no país.

O banca do professor e jurista Luiz Fernando Pereira comemora nesta sexta-feria (24), com Champagne Veuve Clicquot, mais uma vitória no Tribunal Regional Eleitoral (TRE). Desta vez, preservou-se o prefeito de Jandaia do Sul, Dejair Valério, do PTC, e de seu vice, Leandro de Souza Silva, do PSB.  ... 

Leia mais

24 de maio de 2013
por esmael
24 Comentários

Depois da sacanagem com o CU, governador tucano Beto Richa telefona

Requião: Impeçam que o governador coloque a receita inteira do Estado dentro deste

Requião: Impeçam que o governador coloque a receita inteira do Estado dentro deste “CU” porque isto provocará o caos definitivo e uma grande dificuldade nas próximas décadas para o Estado do Paraná!; Richa desconversa telefonando para a casa de moradores da região metropolitana de Curitiba falando de outra coisa: subsídio no transporte.

O senador Roberto Requião (PMDB) acusou ontem (23) o governador Beto Richa (PSDB) de enfiar no CU receita inteira do Estado. ... 

Leia mais

24 de maio de 2013
por admin
3 Comentários

Assalariado com nível superior ganha em média 219% mais, diz IBGE

do G1

Os assalariados com nível superior receberam em média, em 2011, 219% mais que os que não tinham essa formação, segundo dados divulgados nesta sexta-feira (24) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). De acordo com a pesquisa, o salário médio do primeiro grupo foi de R$ 4.135,06 e o do pessoal sem nível superior, R$ 1.294,70.

Apesar da diferença, na comparação com 2010, os salários de quem não tem nível superior subiram mais: 2,1%, ante 0,6% do outro grupo, de aumento real (acima da inflação). A fatia dos trabalhadores com nível superior, por sua vez, cresceu 8,5%, para 17,1% do total de assalariados em 2011, frente a 16,5% no ano anterior.

Entidades privadas e administração pública
O Cadastro Central de Empresas (Cempre) analisou 5,1 milhões de organizações em 2011, que ocuparam 52,2 milhões de pessoas. Os salários e outras remunerações pagas totalizaram R$ 1,0 trilhão. O salário médio mensal foi de R$ 1.792,61, equivalente a 3,3 salários mínimos.

Segundo o estudo, as entidades empresariais, embora representassem 89,9% das organizações na Leia mais

24 de maio de 2013
por admin
11 Comentários

Ministério Público aciona PT e Dilma Rousseff por propaganda antecipada

da Folha de Londrina
O Ministério Público entrou com representação no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) contra o PT e a presidenta Dilma Rousseff por propaganda antecipada para as eleições presidenciais de 2014. A vice-procuradora-geral eleitoral, Sandra Cureau, alega que houve uso indevido do programa partidário petista exibido no final de abril e início de maio.

A procuradora pede multa entre R$ 5 mil ou R$ 25 mil ou equivalente ao custo da propaganda se este for maior. Também solicita a cassação do direito de transmissão de propaganda eleitoral em bloco do PT no próximo semestre. “O horário gratuito reservado ao Partido dos Trabalhadores não foi utilizado para a exposição dos programas partidários, mas para a promoção do nome e da imagem da pré-candidata Dilma Rouseff”, destaca.

O uso de propaganda partidária para promoção pessoal de candidatos é vedado por lei. De acordo com o calendário eleitoral aprovado nesta semana pelo TSE, a propaganda dos candidatos só será autorizada a partir do dia 6 de julho de 2014.

Cureau argumenta que Dilma usou o espaço para fortalecer a ideia de sua reeleição, mesmo sem pedido explícito de votos. A procuradora considera que é de conhecimento público que Dilma Rousseff é pré-candidata, o que fica mais evidente pela participação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva nas inserções, o principal articulador do movimento pela Leia mais

24 de maio de 2013
por admin
1 Comentário

Salário médio do brasileiro aumentou 2,4%, de 2010 para 2011

da Agência Brasil

slO salário médio mensal do brasileiro aumentou 2,4%, em termos reais, entre 2010 e 2011, ficando em R$ 1.792,61 (3,3 salários mínimos). Já o total de salários e outras remunerações aumentou 8%. Os dados fazem parte das Estatísticas do Cadastro Central de Empresas (Cempre) 2011, divulgada hoje (24) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Os maiores salários médios foram identificados no Distrito Federal (6,3 salários mínimos), Rio de Janeiro (3,9 salários mínimos), em São Paulo e no Amapá (3,8 salários mínimos), e em Roraima (3,3 salários mínimos). As menores participações ficaram no Ceará (2,3 salários mínimos), em Alagoas, na Paraíba e no Piauí (2,4 salários mínimos). O levantamento considerou o valor médio anual do salário mínimo de R$ 510, em 2010, e de R$ 544, em 2011.

Regionalmente, o Sul e o Sudeste, além do Distrito Federal, apresentaram os maiores valores reais, no período de 2008 a 2011, enquanto as regiões Norte e Nordeste apresentaram os menores valores. Apesar disso, o crescimento do salário real foi mais elevado nas capitais das regiões Norte e do Nordeste do país e mais baixo no Distrito Federal e nas capitais da Região Sudeste. Leia mais