10 de maio de 2013
por Esmael Morais
24 Comentários

Fruet e Richa assinam subsídio do ônibus, mas quem fatura politicamente é Ratinho Júnior

Fruet diz que vai pagar 1/3 da tarifa única; o prefeito da capital e o governador Beto Richa foram enrolados politicamente pelo secretário do Desenvolvimento, Ratinho Junior, lançado por correligionários na disputa pelo Palácio Iguaçu.

Fruet diz que vai pagar 1/3 da tarifa única; o prefeito da capital e o governador Beto Richa foram enrolados politicamente pelo secretário do Desenvolvimento, Ratinho Junior, lançado por correligionários na disputa pelo Palácio Iguaçu.

Depois de o secretário do Desenvolvimento Urbano, Ratinho Júnior, ex-candidato a prefeito da capital pelo PSC, ter anunciado subsídio de quase R$ 40 milhões para manter a tarifa única de R$ 2,85 na região metropolitana, nesta sexta-feira (10) foi a vez do prefeito de Curitiba, Gustavo Fruet, do PDT, fazer o mesmo. ... 

Leia mais

10 de maio de 2013
por Esmael Morais
32 Comentários

“Fruet será o meu maior cabo eleitoral à  Câmara”, prevê Ducci

Ducci e o prefeito Fruet duelam agora acerca do metrô: "O prefeito não quer o metrô", acusa o ex.

Ducci e o prefeito Fruet duelam agora acerca do metrô: “O prefeito não quer o metrô”, acusa o ex.

O ex-prefeito de Curitiba, Luciano Ducci (PSB), pelo jeito, resolveu voltar à  arena política esta semana. Ele faz contraponto ao sucessor, prefeito Gustavo Fruet (PDT), principalmente na questão do transporte coletivo.  ... 

Leia mais

10 de maio de 2013
por Esmael Morais
10 Comentários

TV pública da Dinamarca exibe show com mulheres nuas para homens analisarem! seus corpos

do Opera Mundi

A mulher entra em uma sala escura. Sentados, dois homens esperam até que ela tire a roupa. Entre sorrisos e gargalhadas, os dois começam a analisar o corpo da mulher. Dos pés a cabeça, durante alguns minutos, os homens destacam os pontos “negativos e positivos”. Isso agrada os homens!, dizem, concluindo se a mulher é (ou não) bela!. Leia mais

10 de maio de 2013
por Esmael Morais
13 Comentários

De olho no Palácio Iguaçu, Ratinho Jr recebe título de cidadão honorário no Norte Pioneiro

Enquanto Richa faz tour pela Europa, Ratinho Jr intensifica agenda política no interior; vem aí mais uma candidatura ao governo do Paraná?

Enquanto Richa faz tour pela Europa, Ratinho Jr intensifica agenda política no interior; vem aí mais uma candidatura ao governo do Paraná?

O secretário de Estado do Desenvolvimento Urbano, Ratinho Júnior, liderança maior do PSC, recebeu nesta sexta-feira (10), no Norte Pioneiro, o título de cidadão honorário do município de Siqueira Campos. ... 

Leia mais

10 de maio de 2013
por Esmael Morais
12 Comentários

Político paranaense morto pode livrar réus do mensalão da cadeia

do Brasil 247
Um erro crasso cometido pelo presidente do Supremo Tribunal Federal, Joaquim Barbosa, pode mudar as penas do julgamento da Ação Penal 470, o chamado ‘mensalão’. Trata-se de uma simples troca de datas, mas que traz uma grande consequência para os envolvidos no crime, especialmente o ex-ministro José Dirceu, uma vez que as punições contra a corrupção mudaram de um período a outro.

Para Barbosa, o encontro entre Dirceu e o presidente do PTB José Carlos Martinez, quando teria sido acertado um “pacote” de R$ 20 milhões, ocorreu em dezembro de 2003. Em novembro daquele ano, as penas para corrupção, por iniciativa do governo Lula, foram ampliadas. Martinez, na verdade, morreu em 4 de outubro de 2003, em desastre de avião. Caso o encontro tenha realmente acontecido e com o teor apurado pelo Supremo, esse crime foi cometido quando a legislação previa penas menores para aquele tipo de ato.

A questão foi trazida à  tona por vários advogados em seus embargos declaratórios ao STF, como lembrou em artigo o jornalista Paulo Moreira Leite, da revista Istoé. A grande questão, aqui, é em relação à s leis vigentes no período. Se o encontro tivesse ocorrido em dezembro, a punição para o crime teria sido maior !“ mínima de dois anos e máxima de 12 anos, como foi de fato definido pela corte. Porém, se ocorreu, o encontro só pode ter acontecido antes de 4 de outubro, data em que Martinez morreu. Naquela data, a punição para crime de corrupção era menor: mínima de um ano e máxima de oito anos.

O erro, tão básico, poderia ter sido evitado com uma simples consulta ao Wikipedia, como lembrou Paulo Moreira Leite. No site, há a data exata em que Martinez morreu: repita-se, 4 de outubro de 2003.

Assista vídeo com as declarações dos ministros sobre o caso e, abaixo, artigo do jornalista Paulo Moreira Leite publicado no site da revista Istoé:

Esmael Morais 2009-2018. O Blog do Esmael é liberto das excludentes convenções mercantis Copyright ©. O site não cobra pelos direitos autorais, portanto, pode e deve ser reproduzido no todo ou em parte, além de ser liberado para distribuição desde que preservado seu conteúdo e o nome do autor. | A política como ela é em tempo real.

Topo