31 de maio de 2013
por Esmael Morais
15 Comentários

Tributo de Veja exalta um Civita que nunca existiu; mentira até na hora da morte

do Brasil 247Dificilmente, seria diferente. Mas já que Veja decidiu dedicar uma edição especial ao seu criador Roberto Civita, faltou aplicar critérios jornalísticos à  apuração. Das dezenas de páginas escritas sobre ex-presidente da Editora Abril, falecido há uma semana, emerge um editor equilibrado, apaixonado pela verdade e sem inclinações políticas ou partidárias.

Na carta ao leitor, escrita pelo diretor Eurípedes Alcântara, Civita é apontado como um editor que “abominava os extremos da política” e que montou uma equipe empenhada em “publicar na revista o resultado da busca honesta da verdade”.

Nada mais falso. O que transformou Civita em uma “referência”, como definiu a presidente Dilma Rousseff, foi justamente seu engajamento e sua opção clara contra o PT e qualquer iniciativa de natureza trabalhista ou popular. A diferença de Veja em relação a outras publicações de corte conservador e liberal, como a britânica The Economist, é o fato de que lá !“ ao contrário daqui !“ as opções políticas são assumidas abertamente por seus editores.

Sobre a busca honesta pela verdade, também não há amparo na realidade !“ os dólares de Cuba que o digam! De alguns anos para cá, Veja se destacou justamente pela busca apaixonada dos seus objetivos políticos !“ como ficou claro, por exemplo, na cobertura da Ação Penal 470, em que ministros do Supremo Tribunal foram vergonhosamente intimidados.

Por isso mesmo, a revista americana Forbes, que também t Leia mais

31 de maio de 2013
por Esmael Morais
30 Comentários

Governo Dilma reestatiza a Ultrafértil depois de 20 anos privatizada; assista ao vídeo

Em 1993, como deputado estadual, Dr. Rosinha articulou a aprovação por unanimidade, na Assembleia, de um relatório contra a privatização da Ultrafértil; luta antineoliberal reuniu ainda Requião, Lula, sindicalistas, movimento estudantil, partidos, dentre outras lideranças; foi um dos maiores movimento de resistência à  privatização no país. (Foto: reprodução/site Dr. Rosinha).

Em 1993, como deputado estadual, Dr. Rosinha articulou a aprovação por unanimidade, na Assembleia, de um relatório contra a privatização da Ultrafértil; luta antineoliberal reuniu ainda Requião, Lula, sindicalistas, movimento estudantil, partidos, dentre outras lideranças; foi um dos maiores movimento de resistência à  privatização no país. (Foto: reprodução/site Dr. Rosinha).

A Petrobras bateu o martelo e comprou da Vale a Ultrafértil, unidade de produção de nitrogenados localizada em Araucária (PR), região metropolitana de Curitiba, por US$ 239 milhões. ... 

Leia mais

31 de maio de 2013
por Esmael Morais
38 Comentários

PT mira na Comunicação da prefeitura de Curitiba

Petistas avaliam a Comunicação como a "pior" pasta em desempenho; eles atribuem isso à  manutenção de contratos com agências que também atendem o governo do estado; é impossível atender a dois senhores ao mesmo tempo", afirmam; o PT, principal sócio de Fruet e adversário de Richa em 2014, já discute a indicação o superintendente de Comunicação da Itaipu Binacional, Gilmar Piolla, para o cargo hoje ocupado pelo também jornalista Gladimir Nascimento; a imprensa na usina ficaria a cargo do ciberguerrilheiro! André Guimarães, homem de confiança de André Vargas.

Petistas avaliam a Comunicação como a “pior” pasta em desempenho; eles atribuem isso à  manutenção de contratos com agências que também atendem o governo do estado; é impossível atender a dois senhores ao mesmo tempo”, afirmam; o PT, principal sócio de Fruet e adversário de Richa em 2014, já discute a indicação o superintendente de Comunicação da Itaipu Binacional, Gilmar Piolla, para o cargo hoje ocupado pelo também jornalista Gladimir Nascimento; a imprensa na usina ficaria a cargo do ciberguerrilheiro! André Guimarães, homem de confiança de André Vargas.

O Partido dos Trabalhadores (PT) de Curitiba avalia, informalmente, que o pior desempenho entre as secretarias municipais está na de Comunicação. A agremiação acredita que a pasta, até agora, não conseguiu traduzir o significado da vitória de Gustavo Fruet (PDT) mostrando fatos que, segundo alguns dirigentes do partido, estão mudando para melhor a vida dos curitibanos. ... 

Leia mais

31 de maio de 2013
por Esmael Morais
10 Comentários

Lula vai à  Colômbia por integração continental

do Brasil 247
A Aliança do Pacífico, formada há pouco mais de um ano por Colômbia, Chile, Peru e México, anunciou na semana passada uma rodada de reduções tarifárias entre seus membros. A movimentação “não tira o sono” do governo brasileiro, segundo o assessor internacional da Presidência, Marco Aurélio Garcia, mas as primeiras medidas práticas do bloco levaram a análises sobre uma possível divisão do continente, por meio de uma polarização com o Mercosul. Coincidência ou não, o ex-presidente Lula, que tem tirado os últimos meses para articular com líderes regionais como Nicolás Maduro e Cristina Kirchner, vai à  Colômbia, onde ocorreu a última cúpula da Aliança do Pacífico, falar exatamente sobre “integração da América Latina”. Ele também passa por Peru e Equador. Nos três países, Lula tem encontros marcados com os presidentes.

No tom da distensão, Maduro indicou nesta quinta-feira ter perdido a confiança no presidente da Colômbia, Juan Manuel Santos, por suspeitar que há ingerência em assuntos internos venezuelanos. Ambos os países têm um longa faixa de fronteira. Segundo Maduro, a oligarquia colombiana se uniu à  direita da Venezuela para promover conspiração! e sabotar a economia! do país. O senhor [Jaun Manuel Santos] não se envolva no meu país, que eu não me meto no seu. à‰ simples assim. O senhor respeita a política do meu país e eu respeito a do seu!, ressaltou ele. Aqui há bolivarianos, não se esqueça que somos filhos de [Símon] Bolívar [o libertador das Américas] e de [Hugo] Chávez. Não se envolvam conosco. Nos respeitem para que nós possamos respeitá-los!, completou.

Veja a programação do ex-presidente brasileiro, divulgada nesta sexta-feira pelo Instituto Lula:

Instituto Lula – O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva parte nesta segunda-feira (3) para a Colômbia, primeira etapa de uma viagem de cinco dias pela região andina, na qual também visitará o Peru e o Equador. Lula irá se encontrar com chefes de estado, debater programas sociais na Colômbia, e receber títulos de doutor Honoris Causa da Universidade Nacional Maior de São Marcos, no Peru, e de três instituições no Equador.

Na Colômbia, Lula se encontrará com o presidente Juan Manuel Santos Leia mais

31 de maio de 2013
por Esmael Morais
53 Comentários

O dia em que o pedágio acabou

O governo petista de Tarso Genro, no Rio Grande do Sul, acabou com o pedágio de uma rodovia e rompeu contrato com as pedagiadoras; agora, o estado gaúcho vai administrar outras quatro praças restantes a preços módicos; enquanto isso, no "Tucanistão" de Beto Richa, também conhecido como Paraná, as pedagiadoras nunca foram tão felizes... (Foto da praça de pedágio: Camila Boff/Agencia RBS).

O governo petista de Tarso Genro, no Rio Grande do Sul, acabou com o pedágio de uma rodovia e rompeu contrato com as pedagiadoras; agora, o estado gaúcho vai administrar outras quatro praças restantes a preços módicos; enquanto isso, no “Tucanistão” de Beto Richa, também conhecido como Paraná, as pedagiadoras nunca foram tão felizes… (Foto da praça de pedágio: Camila Boff/Agencia RBS).

O governo Tarso Genro, no Rio Grande do Sul, cumpre nesta sexta-feira (31) a promessa feita na campanha de acabar com a exploração privada do pedágio. Em protesto ao “grand finale”, as concessionárias gaúchas levantaram nesta madrugada, à s 4h45, as cancelas nas praças de cobrança antes do ato político e simbólico que seria feito na manhã de hoje pelo petista.  ... 

Leia mais

30 de maio de 2013
por Esmael Morais
70 Comentários

Dilma compra 32 mil tablets para professores do PR, mas Richa anuncia como se fosse mais uma obra dele

Os tucanos Beto e Flávio Arns anunciam, no Paraná, 32 mil tablets a professores como se a compra fosse "obras deles"; a dupla omite que se trata de recursos do governo Dilma Rousseff; não é a primeira vez que o governo do PSDB tenta surfar nas realizações de terceiros; a mesma coisa ocorreu em relação ao PAC e ao desempenho do PIB paranaense, acima da média nacional.

Os tucanos Beto e Flávio Arns anunciam, no Paraná, 32 mil tablets a professores como se a compra fosse “obras deles”; a dupla omite que se trata de recursos do governo Dilma Rousseff; não é a primeira vez que o governo do PSDB tenta surfar nas realizações de terceiros; a mesma coisa ocorreu em relação ao PAC e ao desempenho do PIB paranaense, acima da média nacional.

Definitivamente, o governador do Paraná, Beto Richa (PSDB), não gosta de dar crédito a quem realmente trabalha. A observação é da professora Maria Alzira, do município de Almirante Tamandaré, região metropolitana de Curitiba. Corro o risco de ser repetitivo no discurso e, à s vezes, até parecer que já postei antes neste blog essa informação. Uma espécie de Déjà  vu na crônica política paranaense — o que transforma o tucano em motivo de chacota nacional. ... 

Leia mais

30 de maio de 2013
por Esmael Morais
28 Comentários

Reuters: Dilma vive hora da tempestade

por Jeferson Ribeiro, da Reuters, via Brasil 247A derrota do Planalto no Congresso na votação de duas medidas provisórias prioritárias para o governo nesta semana coroou o desgaste de uma relação que já dava sinais de fragilidade.

As reclamações de aliados da ampla base que apoia a presidente Dilma Rousseff não são novas, mas a não aprovação das Medidas Provisórias 605, que permitia o uso de recursos da Conta de Desenvolvimento Energético (CDE) para garantir a redução da conta de luz, e a 601, que ampliava a desoneração da folha de pagamento de vários setores da economia, ratificaram a falta de articulação.

As dificuldades de relacionamento do Planalto com a base aliada pareciam ter chegado ao ápice durante a conturbada votação da MP dos Portos, no dia 16, quando o texto foi aprovado a horas de caducar, apesar dos reiterados apelos públicos da presidente em defesa da medida, apontada por ela como essencial para a competitividade do país.

Uma fonte do governo ouvida pela Reuters, avaliou que os problemas não são de agora e recorreu a analogia de uma tempestade para exemplificar a situação.

“Uma tempestade não começa com a chuva e os raios. Primei Leia mais

29 de maio de 2013
por Esmael Morais
30 Comentários

Gurgel a Protógenes: “Canalhice intolerável”; algo de podre no reino da Dinamarca?

do Brasil 247
Uma reação dura e furiosa. O procurador-geral da República, Roberto Gurgel, deixou a cerimônia de lado e classificou de “canalhice” as declarações do deputado e ex-delegado da Polícia Federal, Protógenes Queiroz (PCdoB-SP), de que sua mulher Claudia Sampaio, subprocuradora da República, teria recebido R$ 280 mil do banqueiro Daniel Dantes.

– à‰ intolerável e inaceitável, disse Gurgel sobre a acusação. Ele não informou, porém, se pretende tomar alguma medida jurídica contra o parlamentar, que desfruta de imunidade. Para Gurgel, sobre Protógenes “pesam suspeitas gravíssimas”.

De acordo com o procurador geral, o ataque não é apenas contra sua mulher, mas contra ele também. “Só posso chamar isso, a palavra mais gentil que eu posso encontrar para isso, aliás não seria só minha esposa, seria eu também, é canalhice”, disse.

– Na verdade, não dá para ficar discutindo ou batendo boca com uma pessoa que está sendo investigada, uma pessoa em relação a qual pesam suspeitas gravíssimas e que curiosamente faz essas afirmações logo depois de, em um inquérito que tramita no STF, eu ter requerido uma série de diligências investigatórias. Parece que ele ficou extremamente preocupado com o que poderá ser o resultado dessas diligências requeridas e então reagiu dessa forma intolerável, inaceitável”, afirmou o procurador.

Na última sexta-feira, o ministro José Antonio Dias Toffoli quebrou, a pedido de Gurgel, os sigilos fiscais, bancários e telefônicos de Protógenes Queiroz. Ele é investigado sob a suspeita de ter recebido propina de um ex-sócio de Dan Leia mais

29 de maio de 2013
por Esmael Morais
35 Comentários

“Efeito Dilma” eleva PIB paranaense em 2,8% no primeiro trimestre do ano

Os ventos das desonerações promovidas pelo governo da presidenta Dilma Rousseff serviram de força motriz para elevar o Produto Interno Bruto (PIB) paranaense em 2,8% no primeiro trimestre de 2013. à‰ o que diz o deputado federal André Vargas (PT), vice-presidente da Câmara, ao comentar o índice divulgado nesta quarta-feira (29) pelo Instituto Paranaense de Desenvolvimento Econômico e Social (Ipardes).

Segundo o deputado petista, a redução da conta de luz, do PIS e do Cofins da cesta básica, redução de IPI para automóveis e linha branca, por exemplo, estimularam o crescimento da produção paranaense.

O governador Beto Richa (PSDB), por sua vez, destacou que a agricultura como sempre, contribuiu sobremaneira para esse resultado!, e apontou o Programa Paraná Competitivo, que já atraiu mais de R$ 20 bilhões em investimentos, como fator relevante na geração de riquezas do Estado. Este programa vem alavancando e colocando nosso Estado em destaque no cenário nacional!, disse.

André Vargas ironizou: “Só falta o governador Beto Richa achar que o PIB paranaense cresceu porque a economia do Paraguai cresceu”. Segundo o parlamentar do PT, o recorde de arrecadação de ICMS pelo governo do Paraná também é reflexo do “efeito Dilma”.

O bom desempenho estadual !“ superior á média nacional, que fechou o trimestre com alta de 1,9% no PIB !“ foi ancorado pela impulsão da renda do agronegócio e na vitalidade do mercado de trabalho regional, avalia o diretor-presidente do Ipardes, Gilmar Mendes Lourenço.

Ele explica que o Estado colheu uma safra de verão recorde em 2013, que passou de 23 milhões de toneladas, representando acréscimo de 30% sobre a produção anterior. As variações mais expressivas foram nas lavouras de soja (45%) e milho (9%).

A combinação entre os preços internacionais ainda favoráveis dos alimentos e a forte elevação da produção de grãos produziu efeitos multiplicadores dinâmicos nas cadeias produtivas direta e indiretamente atreladas ao setor rural!, afirmou o diretor-presidente do Ipardes, Gilmar Mendes Lourenço.

INDÚSTRIA E COMà‰RCIO

Na indústria, os segmentos de química, máquinas e equipamentos e alimentos, que tem forte ligação com a atividade agropecuária, tiveram altas de 12%, 4,9% e 2,1%, respectivamente. Mesmo com este resultado, a produç Leia mais

29 de maio de 2013
por Esmael Morais
8 Comentários

“Decisão no STJ vai inviabilizar Google, Blogger, Facebook e Twitter no Brasil”, denuncia deputado

O Superior Tribunal de Justiça (STJ), em decisão inédita, determinou ao Google a retirada do ar de qualquer conteúdo imediatamente após ser notificado pelo detentor do direito. A medida é de alto impacto porque abre precedente para uma enxurrada de pedidos que podem inviabilizar diversos serviços de internet no Brasil. O alerta é do deputado federal João Arruda (PMDB-PR), presidente da Comissão Especial do Marco Civil da Internet.

A decisão do STJ está amparada no notice take down, que na tradução livre do português significa “notificação e retirada”, e está relacionado aos direitos de propriedade intelectual. “Só que isto precisa mudar. A internet tem que ser livre. Se alguém se sentir prejudicado, deve agir por demanda judicial, é isto que defendemos”, afirma João Arruda.

Pela iniciativa do STJ, ficarão inviabilizados sites como Google, Blogger, Facebook, Twitter e outros. Sempre que o dono de um direito autoral solicitar a retirada de algum material a um provedor, isso deverá ser feito de forma imediata, caso contrário, passam a responder solidariamente com o dono do veículo que publicou o material sem autorização.

João Arruda disse que as empresas querem que fique tudo como está e alertou que este pode ser o único ponto falho do Marco Civil da Internet, lei que está sendo amplamente discutida desde 2009 e já passou por diversas audiências públicas em todo o país.

“Eles querem que aprove o Marco Civil da Internet por que vai formalizar isto. Como está no Marco? Tudo por ação judicial, que nós defendemos. Só que o relatório final abriu uma exceção, que é a lei dos direitos autorais, que ainda vai ser discutida numa nova comissão”, diz.

Só direito de uso

Para ilustrar esta situação que precisa mudar, o deputado cita o caso de um livro impresso, onde o comprador pode dar ou emprestar livremente. “ Leia mais

29 de maio de 2013
por Esmael Morais
12 Comentários

Mantega vê ‘crescimento de qualidade’ do PIB

da Rede Brasil AtualEm pronunciamento na manhã de hoje (29), o ministro da Fazenda, Guido Mantega, comemorou a aceleração do Produto Interno Bruto (PIB) em relação ao ano passado demonstrada nos dados divulgados pelo IBGE sobre o primeiro trimestre. A avaliação vai de encontro à  visão predominante no mercado, que esperava um crescimento maior do que os 0,6% registrados no primeiro trimestre em relação ao quarto trimestre de 2012. O destaque para Mantega foi o crescimento de 3% nos investimentos após quatro quedas seguidas em 2012, o que aponta para um crescimento de maior qualidade! na economia brasileira.

O PIB brasileiro cresceu 1,9% no primeiro trimestre em comparação a igual período de 2012. Sobre o último trimestre do ano passado, a alta foi de 0,6%, abaixo do esperado. Em 12 meses, houve expansão de 1,2%, segundo os resultados apurados pelo IBGE. A preços de mercado, o PIB somou R$ 1,11 trilhão.

No primeiro trimestre do ano passado, tivemos um crescimento menor, de 0,1% em relação ao trimestre anterior. Esse ano começamos com 0,6%, o que aponta que economia está em ritmo de crescimento de 2,2%!, afirmou o ministro, durante entrevista coletiva em Brasília. Temos melhora sobretudo dos investimentos. O forte crescimento deles puxou a economia, deixando para trás o consumo, que cresceu menos. E um crescimento de qualidade na economia brasileira demonstra que os estímulos que tem Leia mais

29 de maio de 2013
por Esmael Morais
13 Comentários

Governo nega mudanças na direção da Caixa Econômica Federal

da Agência BrasilA Presidência da República informou hoje (29) que são falsas as especulações de mudanças na direção da Caixa Econômica Federal (Caixa), surgidas após o boato sobre o fim do Programa Bolsa Família. Milhares de pessoas correram ás agências bancárias para resgatar o benefício, o que provocou tumultos em 12 estados.

São falsas as especulações de mudanças na direção da Caixa Econômica Federal. A diretoria é formada por técnicos íntegros e comprometidos com as diretrizes da Caixa, com seus clientes e com os beneficiários de programas tão importantes para o Brasil como o Bolsa Família e o Minha Casa, Minha Vida!, informa a nota da Secretaria de Comunicação da Presidência da República.

Na segunda-feira (27), o presidente da Caixa, Jorge Hereda, negou que erros no sistema da instituição tenham provocado a liberação antecipada do pagamento do Bolsa Família. Segundo ele, o banco não informou antes a antecipação da data de saques devido a uma imprecisão de informações.

No sábado (25), a Caixa, em comunicado, disse ter liberado os saques antecipados do programa na véspera do início dos boatos, no dia 17, em função de melhorias no cadastro de informações sociais. Hereda argumentou que a informação equivocada ocorreu em uma situação de crise.

O PSDB no Sena Leia mais

29 de maio de 2013
por Esmael Morais
15 Comentários

Pancadaria na Câmara de Cornélio Procópio; ouça o pior momento

“Vossa Excelência não seja covarde. Se vossa excelência é bipolar não tenho culpa”, disse o presidente da Câmara de Cornélio Procópio, Edmar Gomes Filho (PSB), na sessão de ontem à  noite (28), dirigindo-se ao vereador Fernandinho Peppes (PMDB). Depois de muito bate-boca, corte de palavra, empurra-empurra, agressões, gritaria, vaias, dedo nos olhos, chute nos países baixos, etc., o legislativo procopense decidiu arquivar denúncias contra os vereadores Bruno Magalhães (PV) e Rodrigo Marconcin (PCdoB). Foi preciso a intervenção da polícia para conter os ânimos. As informações são do blog de Odair Matias e da Rádio Cornélio:

Seguranças contratados e assessor do Presidente partiram para violência contra manifestantes ontem, na pior de todas as reuniões da história recente da Câmara Municipal.

A sessão da Câmara Municipal de Cornélio Procópio da noite desta terça-feira, 28, foi encerrada antes do previsto, em consequência de tumulto nas galerias e no plenário, onde uma pessoa foi agredida e uma máquina fotográfica deste repórter foi furtada.

Nos últimos dias, o legislativo abriu um procedimento administrativo para apurar irregularidades cometidas pelos vereadores Bruno Magalhães (PV) e Rodrigo Marconcin (PCdoB) com a nomeação do vereador Luís Carlos Amâncio (PSDB) como relator da sindicância.

Terminando sua leitura e com base nas provas apresentadas, Amâncio d Leia mais

29 de maio de 2013
por Esmael Morais
24 Comentários

Veja essa: Governador Beto Richa vira nome de cemitério no Paraná

O governador do Paraná, Beto Richa (PSDB), foi “homenageado” ontem (28) por estudantes, professores e funcionários da Universidade Estadual do Paraná (Unespar), do campus na cidade de Campo Mourão, região Noroeste do Estado, a 477 km de Curitiba.

Estudantes da Unespar (Universidade Estadual do Paraná)/Fecilcam (campus Campo Mourão) realizam protesto contra decisão do governador nesta segunda-feira (27). Manifestantes converteram o campus em “cemitério Beto Richa”, onde, segundo eles, “o governador pretende sepultar a autonomia universitária e a democracia”.

O protesto na Unespar/Fecilcam foi contra a decisão do governador tucano de transferir a sede da reitoria da Unespar para Paranavaí, contrariando a decisão do Conselho Universitário, que decidiu pela cidade de Curitiba.

Os alunos acenderam velas, criaram um pequeno cemitério, e realizaram um funeral simbólico que, segundo os organizadores, simboliza a morte da autonomia universitária e da democracia. Ambas asseguradas pela constituição.

O cemitério simboliza a morte da universidade. A universidade sendo desrespeitada. Isso leva ao fim da democracia no ensino!, explicou um aluno que participava da organização do protesto.

Os alunos ainda fizeram uma procissão pelas dependências da faculdade carregando um pequeno caixão em luto à  autonomia universitária.

Entenda o caso

O Conselho Universitário da Unespar, após ampla discussão e por votação, definiu no ano de 2011, Curitiba para abrigar a reitoria. No entanto, em 08 de março de 2013, o governador Beto Richa anunciou a cidade de Paranavaí como sede da reitoria. A medida contraria a decisão democrática dos conselheiros que integram o órgão máximo deliberativo da universidade.

A decisão do COU pautou-se em argumentos estratégicos em termos de administração e economicidade de recursos públicos, na concepção de uma universidade multicampi e multiregional e foi exaustivamente debatida entre os membros do Conselho.

Além dos campi, a Associação Paranaense das Instituições de Ensino Superior Público (Apiesp) também manifesta-se contra Leia mais