Sérgio Souza lidera ato público pela criação de TRF no Paraná

Senador Sérgio Souza vai se reunir amanhã com o ministro Félix Fischer, presidente do STJ, para debater novamente a criação de novos TRFs. Foto: Luiz Antônio Ribeiro (Comunicação/STJ).

Senador Sérgio Souza vai se reunir amanhã com o ministro Félix Fischer, presidente do STJ, para debater novamente a criação de novos TRFs. Foto: Luiz Antônio Ribeiro (Comunicação/STJ).

O senador Sérgio Souza (PMDB), vai liderar amanhã, terça-feira (2), à s 11 horas, um ato público pela Criação dos Tribunais Regionais Federais, no plenário da Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) da Câmara dos Deputados.

O evento é organizado pelo senador paranaense, coordenador no Senado da Frente Parlamentar em Defesa da Criação dos Novos TRFs, e pelo deputado federal, Amauri Teixeira (PT-BA).

A votação das Propostas de Emenda à  Constituição (PEC) 42/2012, que cria um tribunal federal no Paraná, de autoria de Sérgio Souza, e as PECs 86/2011 (Manaus), 46/2012 (Belém), a 61/2012 (Fortaleza), estão previstas para ocorrer ainda esta semana.

O senador Sérgio Souza, que tem defendido a criação do TRF no Paraná desde que assumiu o mandato, em 2011, entende que o novo tribunal é necessário para permitir o acesso de todos os cidadãos à  Justiça, especialmente aqueles que vivem longe das capitais.

São muitos os casos em que as dificuldades de mobilidade no território nacional desestimulam o indivíduo a procurar por seus direitos!, afirmou.

6 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. I just want to tell you that I am just very new to blogs and certainly loved this web site. Very likely I’m likely to bookmark your website . You really come with great well written articles. Many thanks for sharing with us your web site.

  2. Ah não POR FAVOR Não!!! Mais um cabide de emprego público? Mais um poço sem fundo de recursos? Para quê? Para dar emprego para um monte de burocratas e magistrados que nunca aparecem para trabalhar, só delegam? Para dar honorários para rábulas especializados em protelar e litigar em má fé e estorquir honorários? Para o povo mais um tribunal significa NADA!!! A justiça é um termo para a classe média, uma forma de ganha pão..apenas isto…para o povão é uma palavra vazia.
    Quem conhece como funciona os tribunais sabe bem do que estou falando…..agora os juízes federais, por que não tem aumento, invetam um jeito de ganhar mais e criam o auxílio moradia. Sabe quanto a mordida? 5 mil reais para cada um…isto por que um juíz no brazil ganha mais de 100 mil euros por ano, enquanto um juíz na França ou Alemanha não ganha a nem medate.
    Quer saber onde trabalham as juízas das varas do trabalho? Nos shoppings centers….as sentenças manda algum funcionário fazer e só assinam…..
    Triste terrinha portuga….

    • Seu comentário é típico de quem almoçou “SOPA DE ABOBRINHAS”.
      Nosso Tribunal de Justiça tem 120 desembargadores para julgar recursos somente do estado do Paraná. Em breve, serão 155.
      Enquanto isso, o TRF da 4ª Região com sede em Porto Alegre tem apenas 25 desembargadores para julgar recursos de Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul.
      Analise esses números, coloque a cabeça para funcionar (será possível?) e pense na bobagem que você escreveu aí em cima.

      • KKKKKKKKKKKK!! O Tribuna de Justiça? Aquele em que os concursos são 100% fraudados? O maior cabide de emprego no Paraná? Se pensa que todo mundo é leigo? Que apenas os rábulas de terno conhecem aquilo lá? Meu jesus, é uma indecência pura… as sentenças são cópias, retalhos, de outras sentenças, feitas por um barnabé qualquer. Os magistrados só assinam… somem processos, compram-se sentenças…..
        O TJ é um indecência, uma piada e uma nojeira…até as carpas do passeio público sabem disto.
        E o povo? Este continua sem acesso a nosso justicinha fuleira produto da cultura portuga…que tristeza….

        • Você devia entender (se nao for pedir pra se esforçar muito) que a criaçao deste Tribunal, livra o Paraná de ter que mandar processos originados aqui, sejam julgados no Rio Grande do Sul, e qual é a importância de Processos originados aqui tem para os gaúchos??? nenhum.

    • quanta bobagem hein amigo !!!!!