Requião diz que Senado vota na quarta regulamentação do direito de resposta na imprensa

Senador Roberto Requião.

Senador Roberto Requião.

O senador Roberto Requião (PMDB-PR) informou, nesta segunda-feira (8), que o projeto de sua autoria, que regulamenta a veiculação do direito de resposta nos órgãos de comunicação, será votado na próxima quarta-feira (10).

“Finalmente, quarta feira, vai ser votado meu projeto de direito de resposta. Vamos ver se aparecem para votar e como votam os senhores senadores”, anunciou o senador peemedebista.

Segundo Requião, depois que o Supremo Tribunal Federal derrubou a Lei de Imprensa, ficou um vácuo. Você entrando na justiça consegue direito de resposta apenas cinco, seis anos depois da agressão, da calúnia!.

A intenção é garantir a pessoas e empresas ofendidas o direito de resposta rápido e gratuito. à‰ preciso ter o direito de responder rapidamente senão o prejuízo pessoal é fantástico. E de nada vale o direito de resposta anos depois!, explicou.

Pelo Projeto, pessoas ou entidades ofendidas terão sua resposta veiculada sem nenhum custo em até 60 dias. O espaço ocupado deverá ser proporcional à  ofensa. Caso os veículos de comunicação não atendam ao pedido, os ofendidos poderão demandá-los em juízo. Entre as penas previstas estão multas diárias e até a suspensão do veículo.

5 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. É isso mesmo Requião, Você tem razão de Novo, A imprensa vive cooptando, criando factoides pra vender, pinçam frases numa entrevista, pra tentar humilhar quem fala, Faz piadas e gozações absurdas, e toda essa gente que passa por isso não tem direito de responder, ou quando consegue o direito de resposta, esse vai ao ar, de madrugada, quando todos dormem, ou em algum cantinho escondido de Jornais e Revistas. Quem sabe assim a Imprensa Vulgar e certos Pseudo jornalistas, comecem a refletir antes de dizerem tantas asneiras.

  2. Acho justo ainda mais com esses reportes que usam políticos para ganhar ibope, acho que se o político não tem o direito sim de responder ao que foi acusado!

  3. Ao que parece, REQUIÃO fez esse projeto de lei em razão do episódio ocorrido entre ele e o CQC.
    O então integrante Danilo Gentilli interpelou REQUIÃO sobre o episódio com o gravador do jornalista da Band.

  4. Ufa…até que enfim a opinião pública vai saber o que de fato acorreu no Caso dos Diários Secretos da Assembléia Legislativa do Paraná. Parla!Bibinho…Parla!!!!

  5. Nem sabia que tinha caído o tal direito de resposta, deve existir sim…