Prefeitos apelam para que governador mantenha subsídio ao transporte na região metropolitana de Curitiba

Os prefeitos Luizão Goulart (Pinhais) e Professor Marquinhos (Piraquara) estiveram reunidos mês passado com o secretário Ratinho Júnior, da SEDU, para discutir a manutençaõ do subsídio no transporte coletivo.

Os prefeitos Luizão Goulart (Pinhais) e Professor Marquinhos (Piraquara) estiveram reunidos mês passado com o secretário Ratinho Júnior, da SEDU, para discutir a manutençaõ do subsídio no transporte coletivo.

O prefeito de Pinhais, Luizão Goulart (PT), presidente da a Associação dos Municípios da Região Metropolitana de Curitiba (Assomec), em nota oficial, disse nesta terça-feira (30) que o fim do subsídio do governo do estado ao transporte coletivo, previsto para a próxima terça-feira, dia 7 de maio, levará o caos aos 13 municípios que compõem a Rede Integrada de Transporte (RIT).

Segundo o presidente da Assomec, os donos das empresas de ônibus ameaçam paralisar os serviços porque não têm garantias de que receberão e por não saberem quem continuará gerenciando o sistema na Região Metropolitana.

“Esperamos que alguma decisão coerente e justa seja tomada e que o subsídio do Governo do Estado seja mantido, pois os municípios necessitam deste apoio, caso contrário viveremos dias de caos na RMC”, diz trecho da nota oficial assinada pelo prefeito Luizão Goulart.

A seguir, leia a íntegra da nota oficial:

Nota à  imprensa

Em virtude do momento em que se anuncia o fim do subsídio do Governo do Estado ao Transporte Coletivo, levando em consideração que o convênio encerra-se no dia 7 de maio, nós, prefeitos da Região Metropolitana de Curitiba, demonstramos nossa preocupação com o tema, já que esta decisão irá impactar diretamente no futuro de nossas cidades. Em busca de solução, já participamos de diversas reuniões, solicitamos e propomos alternativas para que a passagem de ônibus não seja encarecida e o sistema continue integrado.

Sabemos que nesta terça-feira (30) representantes da Comec, Sedu (Governo do Estado) e Urbs (Prefeitura de Curitiba) estão realizando reuniões para discutir o que acontecerá com o sistema integrado de transporte nos próximos dias.

As empresas de transporte, através de seu órgão de classe, também discutem nesta tarde qual encaminhamento tomar diante do impasse que se avizinha. Inclusive, consideram a possibilidade de paralisar o transporte de passageiros a partir do dia 08 de maio, caso não haja uma garantia da continuidade de remuneração pelo serviço prestado e sem saber quem continuará gerenciando o sistema na Região Metropolitana.

Esperamos que alguma decisão coerente e justa seja tomada e que o subsídio do Governo do Estado seja mantido, pois os municípios necessitam deste apoio, caso contrário viveremos dias de caos na RMC.

Luizão Goulart
Prefeito de Pinhais e Presidente da Associação dos Municípios da Região Metropolitana de Curitiba – ASSOMEC

30 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. Isso tudo é uma palhaçada eleitoral, será que ninguem consegue ver que isso tudo é uma grande armação orquestrada pela turma da Gleisi que é obvio que não vai acabar o subsidio? O pt largou a isca e o Beto mordeu…. E o Luizão se promoveu…. rsrsrsrsr

  2. E tem mais OLHO VIVO, a tal caixa preta foi criada e mantida pelos governos anteriores até agora. Lá se vão 24 anos desde o seu início. Agora cobram do Fruet que iniciou em janeiro a solução de um problema de tantos anos. Porque existe a tal de caixa preta? Portquê os governos anteriores a criaram e nunca abriram?

  3. OLHO VIVO, você acha mesmo que é o Fruet que vai pagar a conta? Ele não vai pagar nada. Quem vai pagar são os Curitibanos, com dinheiro arrecadado através de impostos que poderia ser aplicado em obras ou saúde da cidade. Seria o fim da linha nós curitibanos subsidiando passagens de outros municipios, apenas por birra e interesse político do Governador. Curitiba é URBS. Região Metropolitana é COMEC, órgão do Estado. Portanto, Olho Vivo, abra mais o olho.

  4. Esmael e demais o importante é que o prefeito de Pinhais, Luizão Goulart (PT), presidente da a Associação dos Municípios da Região Metropolitana de Curitiba (Assomec) está mostrando para o que veio!
    Ou seja, defender o interesse da população dos municípios e não de empresários donos de empresas de ônibus!

    • Nesta questão o (des) governador Beto Richa (o Playboy Neoliberal) e o seus pensadores políticos demo-tucanos da extrema direita neoliberal, tomaram uma “invertida” enfim “tomaram um atraso” no inconsciente coletivo das massas humanas que andam de “busão!”
      Não tem outra explicação, ou seja, esse “piazão de prédio” ele faz esse tipo de coisa porque nunca andou de ônibus junto com o povão! Ainda mais aqueles que moram em regiões distantes!
      É aquele velho ditado “quem não sente na carne nunca compreenderá a dor!”

      Esmael e demais a polêmica e o “nhem nhem” criados pelo (des) governador Beto Richa (o Playboy Neoliberal) sobre as versões e a informação de como seria o pagamento da metade da passagem de ônibus dos trabalhadores pobres e humildes por parte do estado, deixou setores do PSDB em alerta com a repercussão política negativa em Curitiba e Região Metropolitana!
      Beto Richa pressionado pela opinião pública, deixou de “analisar e de adiar” a compensação aos usuários e tomou uma “decisão” oprimido pela massa!
      O temor do grupo político “demo-tucano” é que a consequência disso foi e é a péssima imagem do “piazão de prédio” que vai para ás próximas eleições a governador. A tropa de choque neoliberal de extrema direita está preocupada com os rumos que tomaram esta questão perante o eleitorado de baixa renda (que é o maior e decide ás eleições).
      Apesar das hipócritas negativas oficiais, já acendeu o sinal amarelo com o desgaste político conforme avaliação interna.
      Queiram ou não queiram o tema foi politizado, fragilizando mais o já fragilizado governo do estado.
      Bem feito! Agora terão que encontrar uma saída honrosa para a “esculhambação”, digo, questão!
      Toma “Betinho Play!

  5. R$ 134.422.200,00 é o lucro previsto para 2013 para esses concessionários. Estão pressionando para aumentar? Estão insatisfeitos com 11% de lucro? É fácil! retire a concessão a bem do interesse público.
    Sei que não é fácil, temos o exemplo do pedágio.

  6. Enquanto o Fruet não abrir a caixa preta da URBS ninguém vai saber ao certo o valor que deveria ser nossa passagem! Gostaria de saber quanto eles estão gastando para implantar esse sistema onde está sendo colocado aquele paines eletronicos nos tubos e pontos dentro dos terminais será que é o momento pra investir tanto dinheiro nisso? Faz quantos meses que colocaram e até agora não funciona.

  7. Se a tarifa integrada fosse assumida por cada cidade da região metropolitana, pagando proporcionalmente pelo PIB per capta, com certeza a tarifa seria mais baixa e todos seriam felizes, mais óóó, mais fácil ficarem brigando politicamente. E o povo que sofre…

  8. Perguntem ao Fruita e a Papagaia Loira do bico dourado, a razão que os levaram aumentar a passagem dos ônibus meses antes de acabar o subsídio? Por que subiu o preço? E perguntem aos dois políticos que estão brincando em seus cargos públicos, por que não retiram os impostos que recebem o município e também a união sobre o diesel, garanto que a passagem baixaria e muito,

    Mas as perguntas que não querem calar.

    Por que aumentaram o preço da passagem do ônibus antes de acabar o subsídio?

    Que tipo de planilha usaram para praticar este assalto ao povo da região metropolitana?

    Quando o Fruita e a Papagaia Loira do bico dourado vão abrir a CAIXA PRETA do transporte coletivo?

    Vamos lá PTzada, encontrem uma desculpa para dar ao povo,

    • A pergunta é a seguinte, porque em 2012 que era ano eleitoral o teu patrão resolveu dar subsídio ao transporte? Pra tentar angariar votos pro candidato dele? Esse subsídio só valia quando o prefeito aliado dele estava no poder? E com a maior cara de pau querem que o governo federal assuma essa bronca, hahaha. Se o governo federal assumir isso, ele vai assumir o Paraná todo, aí é melhor o seu patrão renunciar, fazer igual ao Collor de Mello, ele que redija uma carta de renuncia bem no capricho e que te mande embora junto, pois ele é incompetente igual a você como comissionado, não trabalha e não produzem nada de concreto pro estado.

  9. Quem manda o povão não eleger o duch.se o duth fosse o prefeito tudo ficaria bem. araucaria aguenta .o governo chora por 60 mulhões de reais ,gasto do estado.araucaria gasta 46 milhões de reais para manter a integração.e ninguem vê o prefeito reclamar..

  10. Se não for mais possível a integração, fazer o quê? Cada prefeito precisa cuidar do seu povo e do seu município. O governador que inventou tudo isso para beneficiar o seu amigo Luciano, deveria pensar no seu povo, mas não pensa, então vamos buscar um que pense.

    • Ta bom, mas temos que considerar o seguinte,
      1. Transporte Coletivo é RESPONSABILIDADE dos Prefeitos;
      2. Porque os Prefeitos não isentam as empresas de impostos, visando baratear as passagens?;
      3. O Governo do Estado Subsidiou por um tempo, e TODOS sabiam que a data final do Subsídio é 07 de maio 2013;
      4. O Prefeito de Curitiba, (independente) de qual seria eleito, já sabia disso durante a campanha.
      É fácil atirar somente contra um, Mas e o Sr. Prefeito de Curitiba, não vai fazer a parte dele? Isentar de Impostos? Abrir a Caixa Preta da Urbs?
      Essa situação, não é apenas responsabilidade do Atual Governo do Estado. É do Prefeito também.

      • Então pra que governador desse estado? Peça pro seu patrão renunciar e te mandar embora, se for assim o governo federal assume essa bagunça que está esse estado do Paraná hoje, já que o teu patrão não tem competência pra nada mesmo, só está a serviço das corridas de kart e de sustentar comissionados como você.

    • Ahh em tempo, esqueci.
      E o Governo Federal, não vai fazer a parte dele também??? Para Reduzir Impostos ao Diesel para empresas de Transporte Público??

  11. Num sei o que o profe de Piraquara tá fasendo na reunião! Nóis tem aeroporto clandestino prefeito, cheio de helicropretro véio que avoa daqui pro bacacheri, pra qualquer lugar, sem ficar naquelas lata de sardinha que sai daquele terminal fedorento de piraquara onde o banheiro dos homi vaza tudo mijo pra fora!Tem que integrar as lata véia que voa com o afonso pena!

  12. A comida não esta cozida ainda, o Beto e Safo, vive cercado de raposa, na hora certa ele vai abrir as pernas para se passar de bom moço, só os trouxas que não percebeu isso ainda, uma maneira de ter todos os prefeitos da região metropolitana em seus pés, e deixa-los em condições de favores.

  13. Tinha é que abrir a caixa preta e baratear a passagem.

    Errado é o estado colocar cada vez mais grana nesse saco sem fundo….

  14. O SUBSIDIO SAI DO BOLSO DO CIDADAO PARA OS EMPRESARIOS , O GOVERNO APENAS REPASSA , A URBS E UM CABIDE DE EMPREGO , TEM QUE ACABAR COM ESSA URBS.

  15. Como já disse, cada Municípío que arque com suas obrigações. Se acabar o subsídio do transporte, Curitiba saberá resolver o problema para seu munícipe, quanto aos outros, se não der para bancar a integração, para mim é fim de linha fora dos terminais. Querem andar de ônibus pagando uma só passagem, o Prefeito tem que bancar. Não é justo o cidadão curitibano bancar sozinho do bolso. E quanto ao Governador. Eu digo que em 2014 a gente conversa nas urnas.

    • PC, e a abertura da caixa preta da URBS não ocorrerá? e os empresários Curitibanos que terão prejuízo com o aumento da passagem de seus funcionários que moram na RMC?

      • em tempo, e se a perda dos usuários da região metropolitana gerar aumento para o usuário de Curitiba? Sem pesquisa de origem e destino e sem abertura da caixa preta da URBS, não dá para descartar o risco de Curitiba sofrer prejuízos com a perda de usuários da RMC!

        • Obriguem o prefeito Fruita e sua Papagaia Loira do bico dourado a cumprirem a promessa de campanha, a abertura da CAIXA PRETA da URBS e exijama explicação sobre a razão que os levaram a aumentar a passagem meses antes do fim do subsídio.

          E como disse o PC, que cada município arque com seus compromissos e não fiquem esperando pelos governo do Estado ou Federal.

          Percebo que esse prefeitinho de Curitiba é muito fraquinho e quem realmente está mandando na prefeitura é a turminha do arquiteto ex-prefeito e ex-governador.

  16. o subsídio é apenas a ponta do iceberg? e a caixa preta da URBS que onera muito os usuários dos ônibus em Curitiba? e a licitação que o atual Governador fez em 2010, na qual não foi buscada a redução da tarifa e ainda foram mantidas as mesmas empresas que há anos são “donas” do serviço? E a licitação dos ônibus metropolitanos que o Governo do Estado está providenciando também manterá as mesmas empresas?
    Será que a única certeza continuará sendo a de que o cidadão usuário é quem sempre perde??

    • Se vê que não passa de mais um dos membros do RedePT13 mesmo, cobre isso do Fruita e da sua Papagaia Loira do bico dourado, pois agora e deles a responsabilidade pela administração de Curitiba e não mais do Beto Richa, ele não é mais prefeito da capital. kkkkkkkkkkkkkkkk

  17. Penso eu que o Richa apenas esta querendo valorizar a seu favor o ato de renovação do subsidio do transporte Metropolitano. Pois seria demais de canalha ele a não manutenção deste subsidio que sempre teve o Estado como mantenedor do mesmo.

    • E você deveria chamar também de canalha o atual prefeito que aumentou o preço da passagem do ônibus meses antes do fim do subsídio. Se realmente é uma pessoa séria pergunte ao prefeito e a sua Papagaia Loira do bico dourado, por que fizeram isso com o povo de Curitiba e região metropolitana.

    • Acontece que a data base dos motorista e cobradores, filiados ao SINDIMOC é fevereiro/2013 e não maio…