Para ativista dos Direitos Humanos, judicialização da censura a blogs ameaça liberdade de expressão

Ativista Milton Alves critica a judicialização da censura a blogs, defende a anistia aos processados e vê na aprovação do marco civil da internet a janela para garantir a liberdade de expressão no país.

Ativista Milton Alves critica a judicialização da censura a blogs, defende a anistia aos processados e vê na aprovação do marco civil da internet a janela para garantir a liberdade de expressão no país.

Milton Alves, ativista dos Direitos Humanos e militante do PT paranaense, em artigo de opinião, que reproduzo na íntegra logo abaixo, considera a judicialização contra blogueiros e ativistas nas redes sociais uma ameaça concreta à  liberdade de expressão no país. Ele cita o caso mais recente de Luiz Carlos Azenha, de São Paulo, condenado a indenizar em R$ 30 mil, Ali Kamel, da TV Globo, por danos morais. A lista é grande, lembra Alves. Leia o texto:

por Milton Alves*

A judicialização avança contra blogueiros e ativistas nas redes sociais. Trata-se de uma arma! eficaz e, agora, recorrente contra blogueiros e ativistas nas redes sociais. Um fenômeno que veio para ficar. à‰ a luta. A blogosfera e o ativismo nas redes precisam enfrentar mais essa ameaça à  liberdade de expressão.

O instrumento da judicialização é o mecanismo usado pelas grandes corporações da velha mídia, de políticos conservadores e empresas para calar, cercear e liquidar a opinião alternativa, sem o filtro do poder midiático tradicional e dos grandes conglomerados que controlam o fluxo informacional e de ideias no país.

Também governadores, prefeitos e outras autoridades públicas lançam mão da judicialização quando são confrontados com fatos e notícias adversas. Ou seja, a esfera da luta de ideias (portanto, das contradições de visão de mundo e de projetos para sociedade) atravessa o risco da imposição de um determinado e unilateral pensamento, imposto via ações e processos judiciais, com onerosas e pesadas multas.

Nos últimos meses foram alvos da odiosa prática vários blogueiros e ativistas. Para citar alguns casos mais significativos temos o do blog Desculpe a Nossa Falha! processado pela Folha de São Paulo, tem o caso do Blog do Esmael (PR) processado pelo governador tucano Beto Richa (multas que ultrapassam R$ 600 mil reais), do Blog do Tarso (PR) com duas multas no total de R$ 106 mil do TRE/PR, a pedido do ex-prefeito Luciano Ducci, do PSB, pela divulgação de simples enquetes, teve o caso do Skora (PR) processado pelo deputado federal Ratinho Jr. Além de processos contra o CloacaNews, Paulo Henrique Amorim, Amigos do presidente Lula, Rodrigo Vianna e, agora, contra Luiz Carlos Azenha, condenado a indenizar em R$ 30 mil, Ali Kamel, da TV Globo, por danos morais. A lista só aumenta.

Além da ampla denúncia e do apoio organizado aos companheiros, o ativismo nas redes sociais terá novos desafios no plano político: a busca de novos aliados nos movimentos sociais e no parlamento, a disputa no plano judicial em todas as instâncias e a organização de campanhas sistemáticas contra o oligopólio da velha mídia. Organizar também uma agenda de ações a favor da aprovação do marco civil da internet e da anistia a todos os blogueiros processados.

*Milton Alves é ativista dos Direitos Humanos e militante do PT do Paraná (blog: www.miltonalves.com).

10 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. O que está difícil de encontrar é jornalista independente, sem paixões, sem ódios, comprometidos com a notícia verdadeira.
    Trazer a verdade doa a quem doer.
    Para mim, os únicos que fazem isso atualmente são Azenha e Mino Carta.
    Arrisco a dizer que o Azenha é o melhor jornalista da atualidade no Brasil.
    Com ele não tem refresco para PSDB, PT, DEM, Globo…
    Os extremos são ruins, por isso o PIG é tão ruim quanto os blogs anti-pig.
    Nós só queremos notícias verdadeiras.

  2. os ativistas dos direitos humanos mentem ao dizer isso.ha tipo de direitos humanos que nem os indios que não conhece a nossa cevilzação aceita. a record gastou mais o menos uns 30 minutos falando da mulher que mata os animais ,os irracionais. mas isso não quer dizer que eu sou afavor, de tirar a vida de animais que são de estimação. vejam quando fala estimação, significa que o animal tem um preço , ou não ha soma em dinheiro que pague. mas quando e humanos não e muito questionado . não da muita repercussão. os valores se inverteram . eu sei que vem comentarios fortes pela a minha expressão. mas eu digo que os assacinatos que existe de um pobre ,a investigação é muito superficial.porque o material e o tempo dos invistigadores é muito caro! direitos humanos não pode confundir com libertinagem social , psiquica ,e emocional. a té o momento ninguem sedeu espaço para ninguem se explicar.o caso do bira ,ele disse que não falaria muitas coisas porque ele ganharia processo. a impressa prega odio ,e compaixão onde não tem porque fazer .quando eu vivia no interior la era mais facil voce dizer o que queria . mas o proprema das grandes cidades não e liberdade de expressão. mas a falta de ouvir. ouvir é um dom natural universal, que muitos est~so perdendo,um dia uma conceituada politica ,não daqui, eu fui agredido por ela sem saber porque , ela não me ouviu, até hoje não sei porque. nos não precisamos ser ouvidos,mas ouvir ,ouvir ,e melhor ouvir do que falar.existe textos que aparece apimentados ,as vezes vem para o meu prato.mas depois de ler uma 4 ou 5 vezes eu começo a entender. quando a gente leva um puxão de orelha ,mesmo parecendo nocivo,mas é bom para agente acordar,a imprensa trocou o verbo contagiar ,por abrilhantar. ora cantagiar e coisa nociva.abrlhantar seria melhor.contagio com doentes ,infecções . no brasil não existe sensura , voceis a maioria que nas ceram nos anos de 90 não conhecem sensura. claro se direito de expressão e caluniar ,falar besteiras ,ai não pode ser aceito. sensura existe ainda no reino unido,que não tem uma constituição formada ,ou pronta ,la e costumes ,querem ver direitos humanos façam na terra do tio sam ,a baderna que foi feita no congresso nacional esses dias passados! comecem jogar pedras na policia xingar a policia. la na terra do tio sam a policia quanto mais infurece uma baderna eles combatem violentamente..uma ves eu tava assistindo um jogo pela tv, ai uma pessoa invadiu o gramdo amigavelmennte ,mas apanhou assimesmo,quando a globo apontou a camara ai quue a policia bateu no cidadão .agora jogam pedras na policia e xingam a policia e querem segurança ,duma policia que trabalha com medo do estado ,ou engessada, voceis escutaram a denucia do policial do rio .quando ele disse que eram apedrejados xingados e nada podia fazer..dai o ministerio publico calado ,calado continua ,o ministerio publico valoriza mais os baderneiros que as pessoas de bem,empresarios que criam ,e dão empregos não tem valor. para não dizer os cidadãos de bem.

    • O Contraponto!!! ta tudo bem com você?? não caiu da cama nem bateu a cabeça… porque teu contraponto tá meio maluco não???!!!!!!

      • Silvana voce é engraçada ! não me faça rir . eu esperava esse tipo de reação.eu acho que voce não viveu e nem conheceu o brasil de 1985. eu acho quevoce não é da classe media . voce deve ser rica. o que voce me diz do projeto do Cassio ,parana tudo aqui? hoje a oposição perdeu mais uma na assembleia legislativa. o tadeu veneri tentou, mas o lider do governo pediu para os deputados votarem contra a convocação do Cassio ,para lele explicar o projeto do governo que vai custar mais de dois bi. È uma concessão ao setor privado por 25 anos.eu não sei o que o governo do paraná ta escondendo, voce sabe ,mas não vai dizer, né!!!

    • Coou café na meia. Só pode.

  3. Processar BLOG ou tirá-los do ar virou rotina, é só pesquisar no GOOGLE. Agora a Internet é um espaço que as pessoas buscam o que querem, por exemplo, você acessa o BLOG DO ESMAEL porque gosta do que ele posta, é que nem ir no BAR, você vai no que mais te agrada. Então é diferente do jornal da RPC, que é veiculado e você vai no restaurante, ele tá passando, você assiste e escuta por falta de outra opção. Mas não quer dizer que não haja excessos de blogueiros…
    Mas o engraçado nesses casos é a velocidade em que a Justiça julga esses processos. Como a justiça deste país tem 02 pesos e 02 medidas. Para os políticos e barões da mídia tudo e para o povo nada. Se por exemplo, falarem MAL no jornal Nacional da GLOBO de um simples cidadão, por exemplo o JOÃO DA SILVA, ele vai processar essa emissora, mas até a ação dele ser julgada, levará uma eternidade; e são capazes de imputar a pena em CESTA BÁSICA.
    Agora que o eleitor veja que POLÍTICO que tenta calar os meios de comunicação não é boa gente e não merece o voto, porque com certeza é um mal intencionado..

  4. Toda liberdade de expressão deve ser feita com responsabilidade, com prudencia e de forma imparcial, Mostrar o que está certo, expor o que está errado, porém antes de tudo, antes de postarem qualquer elogio ou critica, verificarem a autenticidade, a veracidade dos fatos, e não agirem como Opositores ferrenhos deste ou aquele mandatario ou Governo. Agindo assim, Duvido que sejam alvo de Censura. O que se vê neste Meio, são Pseudo jornalistas, usando esse espaço virtual, para agirem como continuidade politica de partidos. Perdendo-se a sua identidade de Espaço Livre de troca de idéias.

    • O problema não é a censura aos blogs, são os blogs que confundem liberdade com libertinagem de expressão… Estes acabam por criar um estereótipo prejudicial aos blogs sérios do Paraná.