Ouça o áudio: “Presidente do STF é autoritário e afronta o Congresso Nacional”, denuncia André Vargas

Deputado André Vargas (PT-PR), no exercício da presidência da Câmara, acusa o ministro Joaquim Barbosa, do STF, de autoritário e afrontar o Congresso Nacional.

Deputado André Vargas (PT-PR), no exercício da presidência da Câmara, acusa o ministro Joaquim Barbosa, do STF, de autoritário e afrontar o Congresso Nacional.

O Deputado Federal André Vargas (PT-PR), na condição de presidente da Câmara dos Deputados, durante a sessão desta terça-feira (9), discursou sobre as últimas falas do presidente do Supremo Tribunal Federal, Joaquim Barbosa. O magistrado condenou ontem, em audiência com juízes federais, a aprovação da PEC 544 que cria novos Tribunais Federais no país.

“O presidente do STF afronta o Congresso Nacional”, denuncia Vargas.

Segundo Vargas, o plenário da Câmara que aprovou a PEC que cria os TRFs é soberano.

Se qualquer um daqui [da Câmara] agisse de forma jocosa, desrespeitosa, autoritária… nós teríamos dificuldades em seguir adiante em nosso mandato, porque nosso mandato é democrático!, discursou o presidente da Câmara.

O presidente do STF não pode constranger os deputados, como se tivéssemos votado para construir os tribunais em resorts!, disse Vargas.

O ministro chegou tarde na discussão!.

16 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. Vai a merda Vargas, tem que acabar com a ditadura dos políticos que hoje impera.

  2. E precisava mesmo aparecer um homem de verdade para afrontar aquelas quadrilhas que se instalaram dentro da câmara federal e do senado. Vai com tudo Joaquim, tens o apoio imenso da grande maioria dos brasileiros, só não estão gostando os associados a estas quadrilhas.

  3. correto a atitude de Andre Vargas,..Infelizmente o ministro Joaquim Xarmosa cheou tarde e agora mete o pe pelas maos.Pq ele nao propoem entao um novo modelo de judiciario?

  4. Na matéria postada no Blog do esmael: OAB SOLTA NOTA CONTRA AGRESSÃO DO MINISTRO JOAQUIM BARBOSA, Carmem Q Ñ, divulgou uma matéria muito interessante do jornalista Janio de Freitas da Folha de São Paulo:
    JANIO DE FREITAS

    Questões para os juízes
    Elementos novos incidem sobre pontos decisivos no teor da acusação do mensalão

    OS MINISTROS do Supremo Tribunal Federal vão deparar com grandes novidades em documentos e dados, quando apreciem os recursos à sentença formal, esperada para os próximos dias, da ação penal 470 ou caso mensalão. Muitos desses elementos novos provêm de fontes oficiais e oficiosas, como Banco do Brasil, Tribunal de Contas da União e auditorias. E incidem sobre pontos decisivos no teor da acusação e em grande número dos votos orais no STF.

    A complexidade e a dimensão das investigações e, depois, da ação penal deram-lhes muitos pontos cruciais, para a definição dos rumos desses trabalhos. Dificuldades a que se acrescentaram problemas como a exiguidade de prazo certa vez mencionada pelo encarregado do inquérito na Polícia Federal, delegado Luiz Flávio Zampronha. Inquérito do qual se originou, por exemplo, um ponto fundamental na acusação apresentada ao STF pela Procuradoria Geral da República e abrigada pelo tribunal.

    Trata-se, aí, do apontado repasse de quase R$ 74 milhões à DNA Propaganda, dinheiro do Banco do Brasil via fundo Visanet, sem a correspondente prestação de quaisquer serviços, segundo a perícia criminal da PF. Estariam assim caracterizados peculato do dirigente do BB responsável pelo repasse e, fator decisivo em muitas condenações proferidas, desvio de dinheiro público.

    Por sua vez, perícia de especialistas do Banco do Brasil concluiu pela existência das comprovações necessárias de que os serviços foram prestados pela DNA. E de que foi adequado o pagamento dos R$ 73,850 milhões, feito com recursos da sociedade Visanet e não do BB, como constou. Perícia e documentos que os ministros vão encontrar em breve.

    No mesmo ponto da ação, outra incidência decisiva está revista: nem Henrique Pizzolato era o representante do Banco do Brasil junto à Visanet nem assinou sozinho contrato, pagamento ou aporte financeiro. Documento do BB vai mostrar esses atos sempre assinados pelo conjunto de dirigentes setoriais (vários nomeados ainda por Fernando Henrique e então mantidos por Lula). A propósito: os ministros talvez não, mas os meios de comunicação sabem muito bem o que é e como funciona a “bonificação por volume”, em transações de publicidade e marketing, que figurou com distorção acusatória no quesito BB/Visanet/DNA do julgamento.

    A indagação que os novos documentos e dados trazem não é, porém, apenas sobre elementos de acusação encaminhados pela Procuradoria-Geral -aparentemente nem sempre testada a afirmação policial- e utilizados em julgamento do Supremo. Um aspecto importante diz respeito ao próprio Supremo. Quantos dos seus ministros serão capazes de debruçar-se com neutralidade devida pelos juízes, sem predisposição alguma, sobre os recursos que as defesas apresentem? E, se for o caso, reconsiderar conceitos ou decisões -o que, afinal de contas, é uma eventualidade a que o juiz se tornou sujeito ao se tornar juiz, ou julga sem ser magistrado.

    Pode haver pressentimento, sugerido por ocasiões passadas, mas não há resposta segura para as interrogações. Talvez nem de alguns dos próprios juízes para si mesmos.

  5. O negocio é o seguinte,o deputado vargas em quem votei está enxugando gelo.
    O Barbosa está corretissimo em dizer que os tribunais são RESORTS,aliás foi modesto,são verdadeiros palacios.
    Essa classe de nababos e metidos a onipotentes,nunca deu bola para fazer uma justiça verdadeira e sim preocupada com seus usos capiões que plantam por todo o Brasil.
    Para que está em duvida o que é uso capião dos magistrados,e claro não são todos ,mas uns espertos grilam terras e propriedades com o fim de alguma familia,ou terras do governo.
    Acho o Joaquim um homem honesto,e pessoas honestas e com poder se indigna com essas mazelas.
    Se tem dinheiro para acomodar estes nababo e ainda ter que contratar mais,nada vai mudar para o cidadão comum.Vai continuar com a lentidão.
    Os magistrados só vão pensar na gorda aposentadoria contando até os dias que mamaram na mãe.
    Então meu preferido deputado aqui dos 5 conjuntos,está errado nessa,e o Joaquim tá certo.

  6. Beleza, nossa justiça no Brasil é agil o suficiente prá julgar os milhares de processos que estão parados a anos, porisso não precisamos aumentar o numero de TRF,s. Parabéns Sr. Joaquim Barbosa.

    • Não será criando mais TRFs que solucionaram o problema,o que precisa é alguns juízes trabalharem mais e não ficar tomando cafezinhos em hoário de expediente.
      Quem reclama é porque quer mamar na teta do Estado e alguns querendo mais regalias.

      Quanto a este Vargas aí,já disse e repito:

      Me digam um ,somente um projeto aprovado por este cidadão que beneficiou o povão brasileiro.

  7. Postagem tão imbecil quanto o André Vargas.Barbosa é a única pessoa na País que tem culhões para dizer a verdade e enfrentar a PeTralhada…

  8. O Presidente do STF afronta o Congresso??? E o Congresso não afronta o STF, ao designar dois Condenados pelo STF, a integrarem uma Comissão de Justiça da Câmara???? Quanta Hipocrisia, e quem é esse Vargas, pra falar alguma coisa.

    • E o teu ídolo, o desgovernador não afrontou todo povo paranaense, ao nomear um secretário de estado condenado pela justiça. Cassio Taniguchi só não está na cadeia porque seu crime prescreveu, a justiça brasileira só funciona com rapidez em alguns casos!

  9. Agora moral mesmo o congresso não tem nenhuma..Porque se tem uma coisa que esse povo sabe fazer é deixar o dinheiro vazar pelo ralo…

  10. Vocês querem é construir os prédios, comprar os móveis, contratar os serviços, etc… E assim como está ocorrendo em todas as obras da Copa, meter a mão no jarro.
    Por que este partidão não se preocupa com a tabela do SUS que está matando os hospitais filantrópicos e santas casas ?
    Por que em vez de prédios milionários, para abrigar mercenários, não se constrói mais e mais hospitais ? Escolas ?
    Tenho nojo do PSDB e do DEM, mas o PT, do qual fui filiado, é uma desgraça.
    Este político sempre foi um inútil.

  11. O Babosão age como o Capitão do Mato deitado na rede da varanda da Casa Grande a serviço de seu amo, o PIG.

  12. lamentar bando de vagabundos, criam tribunais e não criam vagas nas creches, escolas postos de saúde e segurança pública.

    • Autoritário? Antes de condenar os quadrilheiros mensaleiros eram só elogios ao nomeado de LuLLa, não?