Sérgio Souza pode “aposentar” tucano àlvaro Dias da política em 2014

Resultados práticos do senador Sérgio Souza (PMDB-PR) surpreendem paranaenses; em menos de dois anos desencalhou proposta de criação do TRF que estava parada no Congresso Nacional há mais 10 anos. Gleisi Hoffmann, a titular da cadeira, se diz orgulhosa. A título de comparação, o senador tucano àlvaro Dias esta há 20 anos no Senado.

Resultados práticos do senador Sérgio Souza (PMDB-PR) surpreendem paranaenses; em menos de dois anos desencalhou proposta de criação do TRF que estava parada no Congresso Nacional há mais 10 anos. Gleisi Hoffmann, a titular da cadeira, se diz orgulhosa. A título de comparação, o senador tucano àlvaro Dias esta há 20 anos no Senado.

O senador Sérgio Souza (PMDB-PR), primeiro suplente da ministra-chefe da Casa Civil, Gleisi Hoffmann (PT-PR), pode se transformar num verdadeiro pesadelo à s pretensões continuístas do também senador àlvaro Dias (PSDB-PR). O tucano é candidato à  reeleição, em 2014, com o apoio do governador Beto Richa (PSDB), que igualmente almeja preservar-se no Palácio Iguaçu !“ a sede do governo do Paraná.

O novato Sérgio Souza, afilhado político do ex-governador Orlando Pessuti, secretário-geral do PMDB do Paraná, está sendo incentivado por entidades do mundo produtivo a disputar o Senado em 2014. Eles querem assegurar que o parlamentar continue na Casa, a partir de 2015, justamente no lugar de àlvaro.

Várias lideranças políticas e empresariais se surpreenderam positivamente, nesses últimos meses, com a atuação do novato que assumiu a vaga de Gleisi em junho de 2011. Souza coordenou vitoriosa luta pela aprovação no Congresso Nacional, semana passada, do Tribunal Regional Federal (TRF).

A título de comparação, a produtividade de Sérgio Souza em 1 ano e nove meses é superior a de àlvaro, ex-líder da oposição, que está no Senado há 20 anos. A confrontação entre ambos os senadores vem sendo feita pelo mundo político paranaense.

O tucano foi eleito para o Senado, pela primeira vez, em 1982 (deixa a cadeira em 86 para disputar o governo do Paraná); depois foi eleito em 1998 e reeleito em 2006. Cada mandato de senador tem oito anos.

Caso o peemedebista Sérgio Souza se candidate e seja eleito em 2014 — e Gleisi, a titular da vaga, continue na Casa Civil ou vença a disputa pelo governo do Paraná –, o PT ganharia mais uma cadeira no Senado, pois o segundo suplente da ministra é o ex-deputado Pedro Tonelli.

Além do PT, que reforçaria a bancada, o Palácio do Planalto tem interesse na aposentadoria política do senador tucano àlvaro Dias.

Nas eleições de 2010, os petistas tiveram êxito ao mirar nos mandatos de Arthur Virgílio (PSDB-AM), Mão Santa (PMDB-PI), Marco Maciel (DEM), Tasso Jereissati (PSDB), Cesar Maia (DEM), Heráclito Fortes (DEM-PI) e Heloísa Helena (PSOL-AL). Todos eles não foram reeleitos no Senado, que era considerado um bunker! da oposição contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

23 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. So da sua cabeca essa idiotisse esmael, tomou gardenal

  2. VAI TARDE……………..

  3. Já vai tarde esse traíra do povo, espezinhador e língua de trapo. Que de tão opasição, perdeu a qualidade em ser oposição.

  4. SERGIO SOUZA, VOCE PRESIZA APREENDER MUITO COM ALVARO DIAS, VOCE ESTA COMEÇANDO AGORA E SENADOR ALVORA DIAS É PROFESSOR A MUITOS ANOS, NAO FALE BESTEIRA SERGIO SOUZA,

    • E ai caixa alta. Aprenda a ler para aprender a comentar: onde você viu alguma alusão ao que disse o Sergio Souza? Acho que o Alvaro vai ter 16 milhões de votos no Paraná ano que vem se ele se candidatar ao Senado! Tenho certeza que com apenas uma cadeira vaga ele não se reelege – isso se a turminha do PSDB deixar ele ser candidato – se os tucanos não cortarem suas asas.

    • Pelo amor de Deus, o Sergio Souza não tem que aprender nada com o Alvaro Dias, ler as merdas da revista Veja qualquer imbecil sabe, deixa o cara trabalhar.

  5. Podem falar o que quiserem, mas o ÁLVARO foi muito… muito… mas muito melhor governador do que BETO RICHA e REQUIÃO.
    O primeiro vai encerrar o mandato e ainda nem começou a governar.
    Enquanto o segundo deixou a segurança pública do estado despedaçada.

  6. Não tinha pensado nisso mais se o Sérgio sair das amarras do Pessutão pode ate ganhar o meu votinho junto com Requião para Governador.

  7. Mande o Botóxicômano para o velório da Margaret Teatcher mas, sem volta.

  8. Tenho certeza que a opção do senador Sérgio será Pessuti como candidato a governador em 2014. Mas não é descartada a possibilidade do Reiquião ser o candidato, afinal ele foi governador e tem toda chance de pela quarta vez governar o Paraná. Sérgio souza é fiel ao PMDB e se o candidato for o Requião com certeza ele vai apoia-lo.

  9. Sergio Senador e Requião Governador!

  10. Também aconselho ao nobre senador do PSDB que se candidate ao senado no Paraguai, já que está mamando há anos no erário público e é um senador inoperante e improdutivo para o Paraná. Ele só serve pra sugerir aberturas de CPI, apontar o dedo p/ os outros, mas o que deixa o povo espantado é sobre os R$ 16 milhões. Já o senador Sérgio Souza do PMDB já tem o meu voto em 2014.

  11. Que assim seja, cansou ver o apoiador dos golpistas do Paraguai ‘pregar’ com a revista do Cachoeira no senado.

  12. O Álvaro pelo que descobri na NET faz 70 anos em 2014, acho que deu, tá bom, vai cuidar da vida espiritual, dá a vez pros outros. Não que eu esteja chamando ninguém de idoso.
    Na iniciativa privada, nas grandes corporações tem regras claras sobre idade. Uma muito comum é o cara se aposentar dos cargos executivos aos 60, passando para o conselho de administração e aos 70 se afasta de vez. Isso gera motivação na corporação e dá a chance aos mais jovens.
    Porque que na política o cara tem que ficar lá até morrer e não larga o osso? Ele não é nenhum rei, nem dono do cargo..