Por Esmael Morais

Na pesquisa de àlvaro, ele e Richa seriam reeleitos no Paraná; falta combinar com os russos?

Publicado em 30/04/2013

Com instinto de sobrevivência aguçado, os tucanos àlvaro Dias e Beto Richa se acertaram para a disputa de 2014; no levantamento da Paraná Pesquisa, encomendado pelo senador, ele e o colega governador saem na frente; sondagem omite índices de rejeição e comportamento do eleitor curitibano.

Com instinto de sobrevivência aguçado, os tucanos àlvaro Dias e Beto Richa se acertaram para a disputa de 2014; no levantamento da Paraná Pesquisa, encomendado pelo senador, ele e o colega governador saem na frente; sondagem omite índices de rejeição e comportamento do eleitor curitibano.

O senador àlvaro Dias, candidato à  reeleição pelo PSDB, não dorme de toca. Ele encomendou uma pesquisa junto à  Paraná Pesquisa sobre as disputas para o Senado e governo do Paraná. Como pesquisa boa é aquela que a gente está na frente e como diria o poeta! Rubens Ricupero o que é bom a gente mostra e o que é ruim a gente esconde!, na sondagem, o governador Beto Richa (PSDB) seria reeleito com 40% das intenções de voto.

Embora o levantamento de àlvaro seja estadual, ele não revela a quantidade nem o período em que formam feitas as entrevistas em campo. No quesito rejeição!, então, nem um pio.
Ainda na corrida pelo Palácio Iguaçu, de acordo com a pesquisa do tucano, a ministra Gleisi Hoffmann (PT) atingiria 28,2% e o senador Roberto Requião (PMDB) com 19,7%. Esse quadro configuraria segundo turno na certa.

A pesquisa de àlvaro Dias também inqueriu os eleitores paranaenses acerca da briga pelo Senado, em 2014. Se você, caro leitor, acertar quem lidera ganha um queijo. Bingo. Ele mesmo, o senador tucano, com 63% dos votos, seguido do ex-governador Orlando Pessuti (PMDB) com 8,3%; o senador Sérgio Souza (PMDB), pupilo de Pessuti e suplente de Gleisi, já aparece com 8,6% das intenções de voto; os deputados André Vargas (PT) e Rosane Ferreira (PV), têm, respectivamente, 5,8% e 5,3%.

A pesquisa do senador tucano anima a política, mas como diria Garrincha tem um detalhe importante: ainda falta combinar com os russos!.

Resumo da ópera: Na pesquisa de àlvaro Dias dá Alvaro Dias e Beto Richa; os números são divergentes de levantamento que está nas mãos do time de Gustavo Fruet (PDT), prefeito de Curitiba, que acompanha toda a movimentação política pré-2014 com ímpar interesse.