Maringá decreta epidemia de dengue

por Tatiane Salvatico, via Gazeta do Povo

mosquito_dengueMaringá decretou epidemia de dengue nesta sexta-feira (12). Segundo a Secretaria de Saúde, até esta manhã foram contabilizados 1.167 casos confirmados e 3.256 casos notificados, além de duas mortes, no município. Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), a epidemia ocorre quando há mais de cem confirmações para cada grupo de 300 mil habitantes.

A coordenadora de Controle da Dengue de Maringá, Janete Fonzar, explicou que, a partir do decreto de epidemia, todas as pessoas que estiverem sofrendo sintomas da dengue serão contabilizadas como casos confirmados. Entendemos que não há necessidade do exame sorológico já que o vírus está presente de maneira bastante intensa no Município.!

Os bairros mais afetados pela dengue são o Conjunto Requião, a Vila Operária, o Jardim Alvorada, a Zona 8, o Conjunto Porto Seguro, o Conjunto Léa Leal e o distrito de Iguatemi.

De acordo com a coordenadora de combate a dengue, a partir de segunda-feira (15) todos os bairros devem receber o carro do fumacê. Acreditamos que com as medidas tomadas pela secretaria, os casos devem diminuir a partir dos meses de maio e junho.!

4 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. em tempo “EPIDEMIA “

  2. Mais uma prova da incompetência do grupo do Ricardo Barros, se voce sabe que a doença vai aparecer, tem que agir preventivamente antes que aconteça,
    estes senhores irresponsáveis somados com uma população inconsequente só poderia resultar em ipedemia mesmo.

  3. É muito chato … desmatamento, ocupação desordenada das cidades, lixo e entulho jogando no quintal, explosão demográfica, destruição dos inimigos naturais (pássaros, aranhas e outros insetos) etc etc etc. E a solução que as “autoridades” dão é aplicar veneno. Pulverizam agrotóxicose que irão reduzir ainda mais os inimigos naturais. Resolvem agora o problema para criar um problema maior no futuro. Bem coisa de brazileiro!

    Aqui se faz aqui se paga! Paguem por destruir o meio ambiente e aproveitem o “castigo”.

    E vem aí mais uma epidemia de gripe aviária, outra consequência da ganância humana e da ideia que o Planeta e a natureza estão aí para serem “usufruídos”!

    Por que estou perdendo meu tempo escrevendo isto? Cada um se preocupa com o próprio umbigo … cagar fora de casa, é o lema!!! O resto lasque-se!

  4. Não seria essa epidemia um sintoma das mudaças climáticas pela qual o planeta está passando?