Por Esmael Morais

Luiz Carlos Martins cobra funcionamento da CPI da Telefonia no Paraná

Publicado em 10/04/2013

Luiz Carlos Martins propôs que os integrantes da CPI da Telefonia Móvel peçam a prorrogação do prazo para o início dos trabalhos junto à  Mesa Diretora. Imediatamente, ele foi convidado pelo deputado Fernando Scanavaca (PDT) para ocupar uma das vagas de titular da CPI, o que prontamente aceitou.

O deputado Paranhos (PSC), que já havia manifestado a disposição de presidir a CPI da Telefonia Móvel, entregou ao deputado Luiz Carlos Martins um plano de trabalho para a comissão e se propôs a convocar uma reunião dos integrantes da comissão para a próxima segunda-feira (15).

Espero que os deputados integrantes concordem com a reunião para decidirmos se iremos pedir a prorrogação. Se a decisão for essa, vamos eleger o presidente e relator. Considero fundamental que essa CPI funcione de fato. Existem elementos suficientes e importantes para isso!, afirmou Paranhos.

A proposta da CPI da Telefonia Móvel foi feita no ano passado pelo líder do PDT, deputado Fernando Scanavaca, que abriu mão de integrar o colegiado. Em seu lugar, indicou o correligionário Nelson Luersen que, na impossibilidade de participar, deverá ceder a vaga ao deputado Luiz Carlos Martins.

Também integram a CPI os deputados Nereu Moura, (PMDB), Bernardo Carli (PSDB), Paranhos (PSC), Professor Lemos (PT), Gilberto Martin (PMDB) e Roberto Aciolli (PV).