Blog do Esmael

A política como ela é em tempo real.

Jornalista Dinah Ribas lança livro sobre a “Rainha do Papel”

A professora e jornalista Dinah Pinheiro Ribas lança hoje, à s 19 horas, na Fnac, o livro A viagem de Efigênia Rolim nas asas do Peixe Voador!.

A professora e jornalista Dinah Pinheiro Ribas lança hoje, à s 19 horas, na Fnac, o livro A viagem de Efigênia Rolim nas asas do Peixe Voador!.

A minha ex-professora de redação jornalística na faculdade, Dinah Pinheiro Ribas, lança daqui a pouco, à s 19 horas, na Livraria Fnac, no Shopping Barigui, o livro A viagem de Efigênia Rolim nas asas do Peixe Voador!.

Obra escrita pela jornalista Dinah revela a trajetória da artista popular Efigênia Rolim, que se consagrou no cenário curitibano como a Rainha do Papel.

Personagem pertencente à  paisagem cultural curitibana, Efigênia iniciou seu trabalho artístico muito antes do que se denominou responsabilidade social e sustentabilidade. Ao utilizar material reciclável, ela confecciona trajes, bonecas, animais, e figuras as mais simbólicas.

Mas a Rainha do Papel vai além da elaboração desses objetos. Efigênia tem inúmeros livros de poesia, e é uma contadora de histórias, todas de sua autoria.

Aos 81 anos, a alegre, a lúcida e bem humorada senhora, conta sua história no livro pelo olhar da jornalista Dinah Ribas Pinheiro, que fez um resgate minucioso da trajetória difícil, mas também poética de Efigênia.

O livro resgata desde o período de sua infância humilde, momento em que teve o primeiro contato com a confecção de brinquedos de papel, devido à s dificuldades financeiras da família, até os tempos atuais, passando pelo momento em que festejou seus 80 anos.

O processo de pesquisa de Dinah teve início em 2010 e enfoca também o período em que Efigênia virou destaque no cenário nacional. Personagem conhecida na Feira de Artesanato, no Largo da Ordem, ela dedicou e expôs seus trabalhos por anos naquela região. Atualmente, mantém um ateliê-museu em sua própria casa, no bairro Cajuru, onde confecciona suas peças. O livro tem 180 páginas, cuidadoso projeto gráfico de Mauricio Mortton e fotos exclusivas de Lina Faria.

Premiações

A notoriedade da artista alcançou âmbito nacional. Ela foi reconhecida e agraciada por diversos prêmios culturais brasileiros. Entre eles, destacam-se o Prêmio Culturas Populares recebido em 2007, e em 2008, foi condecorada com a Ordem do Mérito Cultural, ambos concedidos pelo Ministério da Cultura. Participou ainda de exposições, festivais e seminários em vários estados.

Sobre a autora
Dinah Ribas Pinheiro é jornalista, trabalhou em vários veículos da capital paranaense, foi assessora de Comunicação da Fundação Cultural de Curitiba e do Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul. A pesquisadora Selma Sueli Teixeira lançou em 2007, o livro Jornalismo Cultural Um Resgate! onde ela relata o Jornalismo feito nas décadas de 70 e 80 pelo olhar de quatro jornalistas, Dinah Ribas Pinheiro, Adélia Maria Lopes, Marilu Silveira e Rosirene Gemael.

Comentários desativados.