Impune, Veja transforma o agressor em agredido

do Brasil 247

Como de costume, mais uma vez, a revista semanal da Abril distorce a realidade, para fazer prevalecer seus propósitos políticos; na semana em que o ministro Gilmar Mendes invadiu a competência do Congresso Nacional, impedindo a tramitação de um projeto sobre fidelidade partidária, e foi desafiado pelo senador Renan Calheiros (PMDB-AL), Veja trata da "República Bolivariana do Brasil", que estaria amordaçando o Judiciário, e ainda coloca a faca no pescoço do ministro Teori Zavascki, avisando que se ele decidir revisar o julgamento da Ação Penal 470 terá a reputação arruinada para sempre; jovem amordaçada e com os olhos vendados contra uma estrela do PT é o momento "Cinquenta Tons de Vermelho" da Abril.

Como de costume, mais uma vez, a revista semanal da Abril distorce a realidade, para fazer prevalecer seus propósitos políticos; na semana em que o ministro Gilmar Mendes invadiu a competência do Congresso Nacional, impedindo a tramitação de um projeto sobre fidelidade partidária, e foi desafiado pelo senador Renan Calheiros (PMDB-AL), Veja trata da “República Bolivariana do Brasil”, que estaria amordaçando o Judiciário, e ainda coloca a faca no pescoço do ministro Teori Zavascki, avisando que se ele decidir revisar o julgamento da Ação Penal 470 terá a reputação arruinada para sempre; jovem amordaçada e com os olhos vendados contra uma estrela do PT é o momento “Cinquenta Tons de Vermelho” da Abril.

Aos fatos concretos. Quando o Congresso Nacional decidiu, de forma soberana, redistribuir os royalties do petróleo, o ministro Luiz Fux concedeu liminar à  minoria, representada pelas bancadas do Rio de Janeiro e do Espírito Santo, melando o resultado. Na última semana, também depois de a Câmara dos Deputados ter aprovado novas regras para a criação de partidos, o ministro Gilmar Mendes concedeu outra liminar à  minoria, reduzindo a pó a maioria parlamentar. Diante dessa realidade, em que o Supremo Tribunal Federal, com seu ativismo político, se converte aos poucos em linha auxiliar das minorias, fazendo prevalecer o tapetão e não a soberania do voto popular, o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), reagiu e condenou a “invasão” do Supremo Tribunal Federal.

à‰ também nesse mesmo contexto que o deputado Nazareno Fonteles (PT-PI) apresentou uma Proposta de Emenda Constitucional, a PEC 33, que submete ao plenário do Congresso Nacional, algumas decisões do STF, sobretudo as relacionadas a Ações Diretas de Inconstitucionalidade (ADINs). Como toda PEC, só se transformará em lei se for aprovada por três quintos dos parlamentares, em dois turnos, nas duas casas. A proposta de Fonteles é um projeto que tenta responder à  crescente interferência do Judiciário em questões relativas ao Congresso (leia aqui sua entrevista ao 247). Mais do que uma excentricidade, a soberania parlamentar faz parte de algumas constituições, como na Inglaterra e em Israel, que não são propriamente ditaduras.

Tanto as decisões liminares do STF, como a PEC apresentada pelo deputado Nazareno Fonteles, são parte do mesmo fenômeno: a usurpação dos poderes do Congresso pelo Judiciário e a desmoralização constante da atividade política, com apoio explícito dos meios de comunicação.

Pois, neste sábado, chegou à s bancas mais um exemplar da revista Veja, que prova que a revista da Abril é, de fato, incorrigível. A capa traz uma bela jovem com olhos vendados e amordaçada a uma estrela do PT !“ à  la cinquenta tons de vermelho !“ e é capaz de transformar o agressor em agredido. Na lógica de Veja, não é o STF que agride e humilha o Congresso Nacional, mas justamente o oposto. E tudo não passaria de uma resposta de radicais do PT e de condenados à  cadeia ao julgamento do chamado mensalão. Não custa lembrar que, se dependesse do ministro Celso de Mello, parlamentares legitimamente eleitos não estariam hoje exercendo suas funções.

No editorial de Eurípedes Alcântara, a PEC 33 é comparada à  constituição do Estado Novo, em que o presidente Getúlio Vargas podia cassar decisões da suprema corte, quando se trata, tão somente, de ampliar o quorum do STF na apreciação das ADINs e submeter algumas decisões ao plenário do Congresso. Diga-se mais uma vez que essa proposta se inspira mais na Inglaterra e em Israel (alô, Civita) do que no Estado Novo.

Internamente, a reportagem se chama “República Bolivariana do Brasil”, com as imagens de três fantasmas, Cristina Kirchner, Hugo Chávez e Evo Morales, pairando sobre o STF. Há até um quadro sobre uma suposta “PTópolis”, em que não haveria lugar para instituições independentes. Mas o mais grave de tudo é a ameaça explícita que a revista Veja faz ao ministro Teori Zavascki, em que praticamente coloca a faca no seu pescoço, como se fosse um assaltante num sinal de trânsito tentando bater sua carteira !“ no caso, o seu voto. Será Veja um trombadinha?

No quadro “o mundo aplaudiu”, Veja estampa uma foto de Zavascki e destaca citações da imprensa internacional sobre o caso. A revista avisa ainda que um retrocesso seria “chocante”. Mais claro do que isso, impossível. Se o ministro do STF decidir rever alguma das condenações da Ação Penal 470, terá sua reputação arruinada para sempre. O que ainda não se sabe é se Zavascki será, de fato, um juiz ou mais um capacho de uma mídia que se preocupa apenas com seus propósitos políticos !“ e apenas tangencialmente com a noção de Justiça.

No fundo, no fundo, quem realmente ameaça a democracia é uma imprensa que tenta acovardar juízes e fazer com que votem de acordo com seus próprios interesses. São estes que, na prática, acorrentam, amordaçam, violentam e sodomizam a Justiça.

21 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. Olha amigão bulling não existe uma palavra especififica ,mas proxima .então os portugueses usam burla, do veerbo burlar. eu não posso passar do limite das informações. bulling e burlar e uma brincadeira que somente uma pessoa se da bem. voce ja leu a coleção das historias de filosofia ?nesse livro usa se muito o portugues europeu.

  2. Burlar é sinonimo do famoso bulling ! em portugal fala se burlar ,e não falam bulling.eu acompanho muitos jornais portugueses. burla é tirar sarro.caçoar , zoar, fazer farra da cara do outro. O judiciario ta burlando a lei…a imprensa golpista burla a lei ,porque não dá direito de resposta .

    • SABE TUDO DE PT
      Tem gente que sabe tudo de PT, de Renan, de Maluf, de Sarnei e cia. Mas não consegue saber portugues. Bulling (sem R) quer dizer sarrar, gozar…. Já BuRlar (com R) é enganar, desviar, surrupiar.

      Difícil querer fazer contraponto confundiodo palavras parecidas.

      Bem próprio de súditos de que não consegue ler um livro de mais de 100pg.

  3. Os poderes tem que ser independentes, o legislativo, o executivo e o judiciário, um não pode “poder mais que o outro”. Agora se o judiciário andou cassando medida “TAL” ou medida “AQUILO”, foi com embasamento. Nenhum juiz chegou lá e disse: ”ESTOU DECIDINDO ASSIM PORQUE QUERO E PRONTO”. As decisões tiveram embasamento em outras leis, leis estas escritas e aprovadas pelo legislativo. É o que sempre digo, estão escrevendo leis à gerações, primeiramente deveriam fazer funcionar as que já existem antes de inventarem outras. Agora o Brasil é uma confusão, um diz, o outro desdiz, o ciclano diz de volta e mais um pouco, o ciclano desdiz tudo o que foi dito até então… Mas isso é sinal que as leis aprovadas pelo legislativo são mal escritas, e de propósito, para que possa-se burlar. Agora assim a boa parte das pessoas que integram o poder legislativo de nosso país, ou são pilantras, ou são burras, ou não estão nem aí com nada…Esperar o quê disso…
    Agora assim, juiz de supremo, juiz chefe de tribunal de justiça; enfim pessoa com poder demais, deveria sempre ser aprovada via plebiscito popular…Porque o judiciário não pode se submeter a escolha popular?

  4. Estao sendo acusados, cacete!!

  5. O tribunal de justiça do paraná [TJ/PR], esta sendo acusado de ser o tribunal mais lento do mundo!!!isso segundo o CNJ.
    Tambem o TJ/PR,esta sendo acusados de vender processos, em favor de um dos lados julgados, em algum processo, no tribunal do Estado do paraná!!Eu fico aqui imaginando com os meus botoes… O ex governador de verdade, ROBERTO REQUIAO, ñ ganhava uma na justiça do Paraná…!SERÁ Q COMPRARAM A JUSTIÇA DO PARANÁ CONTRA O REQUIAO NA EPOCA??

    Os pedagistas por ex, arrecadam bilhões!!!Vcs caros leitores, tirem suas conclusões!!!Pensem na nossa justiça do paraná, como ela esta…Se boa, se ruim??O CNJ, ACHA Q ESTA RUIM!! E VC??

  6. Essa revista Veja é a prova inconteste de que a grande imprensa do Brasil está a serviço dos golpistas do PSDB, DEM, PPS, partidos estes sucedâneos da antiga e escravocrata UDN.

  7. Isso não é só a Veja que diz, está em todos os lugares, a população sabe que o Congresso ( através do PT, quer “anular” atos do STF, da mesma forma que lançaram a PEC37, que visa impedir que o Ministério Público faça investigações, Ou seja querem fazer o que bem entendem, sem riscos de condenaçoes como o que o mensalão, que condenou vários integrantes do PT. Um Absurdo!!!!

  8. concordar com a veja é uma opção. mas dizer que tudo o que é publicado é verdade,pode ser nessecidade de mais informação. eu acompanho muitos jornais ,mas uma noticia tem que ser passado a prova primeiro. Uma vez a veja publicou sobre o mensalão mineiro ,alguem acreditou nisso?e rediculo ver o joaquim barbosa junto com o pessoal do suposto mensalão mineiro. a veja publicou o valerioduto mineiro em 2002. alguem pode dizer se é verdade ou mentira ? mas é verdade da veja quando publica contra o pt ,e so assim para existir 100% de credibilidade. eu não sou petralha como dizem ,sou apenas apenas criterioso. quando eu posto uma coisa eu tenho como provar .eu tenho a revista da veja de 2002 ,guardadinha ,,e as falcratuas do anos de 2002 . existe uma famosa flase . quando o ciro gomes abre a boca ,o dolar americano sobe. alguem pode dizer se é verdade da veja ,ou mentira?quem disse essa flase foi o serra ,em julho de 2002.apenas coloquei o que está na revista.

  9. Vivemos uma democracia. Cada um tem sua opinião. Lendo seu comentário aqui no blog e suas ponderações, cheguei a conclusão de que Concordo 100% com a revista VEJA.

    • Fróide,
      fique tranquilo, não é só vc que concorda 100% com a revista Veja, nesta e outras matérias. Carlinhos Cachoeira, José Serra, Demóstenes Torres, Aécio Neves, Marco Feliciano, José Agripino, Alberto Goldman, Carlos Sampaio, entre outros representantes da elite conservadora. Espero que vc seja um legítimo representante deste grupo, e não, um dos inúmeros pé-de-chinelo que não tem onde cair morto, porém, comprou esse discurso iludido pela velha mídia.

      • Esperto é você que é aliado do Sarney, do Collor, do Renan, do Jucá, do Barbalho..todos progressistas aliados do PT. Esse sim um partidinho hipócrita aliado desse lixo político.

        • Novamente você está completamente enganado, não sou filiado a nenhum partido político e, tenho consciência que existem corruptos em todos os partidos. Agora, uma pessoa que afirma concordar 100% com a revista veja, no mínimo é um completo idiota.

          • Marcelo, lavou minha alma!!!

          • Eu comentei que, nesse assunto, especificamente, concordo com a revista. Agora o seu comentário sobre “elite conservadora” é bem o DNA dos barbudinhos preguiçosos de plantão que adoram carguinho sem trabalhar. Obs: esqueci do progressista Maluf que também anda de braços e abraços com o seu partidinho hipócrita.

    • vc oncorda tambem q a revista VEJA , é uma das fontes principais do CACHOEIRA e sua trump d tucanadas do DEMO???
      Como vc mesmo diz, estamos em uma democracia, e na minha opiniao,a revista VEJA, É 1000% CORRUPTA,e grande parte dos prblemas existentes hoje no nosso PAÍS, é resultado de sabotagens contra os brasileiros , promovido por essa revista do DIABO!!!Vide a conspiraçao q eles armaram contra o ABILIO DINIZ, apaniguado do Roberto Jefferson do PTB, E Ñ DO PT,e q originou no escandalo do mensalão q eles criaram, mas carimbaram no PT.Essa corja de revista VEJA, sao uns mafiosos, e quadrilheiros!!!
      MAS graças ao povo BRASILEIRO, eles serao derrotados, e de goleadas, como de sempre!!Eles sao igual mulher de malandro… Hahahahahahaha , GOSTAM DE APANHAR MESMO!!Ja lvaram tres surras de sinta do PT!!! Mas os caras ñ aprendem??Vao apanhar de novo!!

  10. O gilmar mendes,vulgo JOÃO PLENARIO,é a mostra da nossa justiça cega e sonolenta.

  11. O que sei o congresso nacional pode julgar os ministro do stf.está na constituição federal .não enxerga quem ve mas finge que não viu. ora se o senado não fazer isso qual a força que legal que pode julgar os ministro do stf ,quando prevaricam? o senado coloca e o senado tira .quando o senador não tem processo ,este senador tem autoridade com os companheiros na mesma condição fazer.o senado é a maior foça politica e judiciaria. os jornalões devem calarem a boca e respeitar a lei.os policiais condenados ,la do candiru, viram o presente que a sociedade ganhou lá em são paulo!mas isso a imprensa não diz ,que tambem e culpada.muita gente vai me criticar mas a familia da dentista e vitimas não vai!hoje eu ouvi que a policia paulista ta desmotivada , claro ganha uma merreca ,quando recuam são omisso, quando enfrentam são o que? não quero dizer isso! se o governo brasileiro não abrir o olho ,a dinamarca vai reinar no brasil, com seus jornalões afilados.eu digo isso porque tenho documento de jornais ,da sala de imprensa ,que denunciou isso!

  12. Felizmente, a população não aceita mais a opinião da imprensa como uma verdade absoluta, aos poucos estamos questionando as matérias, os comentários e as notícias divulgados pelos veículos de comunicação.
    Todo cidadão consciente sabe que a Velha Mídia é monopolizada pela elite conservadora que não aceita mudanças, muito menos políticas sociais voltadas para os mais pobres. A imprensa possui interesses econômicos, ideológicos, políticos, sociais e culturais. Portanto, não procede as suas atividades de forma parcial, informações são omitidas e fatos distorcidos, por razões que não tem haver com o interesse público e sim com a manutenção das estruturas econômicas e de poder.
    Regulamentação da Mídia não é censura, todos temos que respeitar a Lei, inclusive a imprensa, as calúnias, as difamações, as distorções e os relacionamentos promíscuos, como o da Revista Veja com o ex- senador Demóstenes e o bicheiro Carlinhos Cachoeira, são exemplos do que não deve ser permitido.
    Na Inglaterra, foi descoberta a conexão entre um esquema de grampos ilegais, que envolvia policiais e jornalistas do News of the World, de Rupert Murdoch. Jornalistas e policiais foram presos e o jornal foi fechado. Esse episódio teve como consequência a aprovação uma nova regulamentação para a mídia, que cria um órgão externo para fiscalizar a atividade de jornais, revistas e demais meios de comunicação.
    No Brasil, a Operação Monte Claro, da Polícia Federal, expôs a relação entre o grupo criminoso do bicheiro Carlinhos Cachoeira com meios de comunicação, cuja peça mais forte era Policarpo Júnior da revista Veja, em vários momentos a Veja foi olhos e ouvidos de Cachoeira.
    Infelizmente, no Brasil o desfecho das investigações foi completamente diferente do episódio inglês, dando a impressão que a justiça só pune um determinado grupo social.

  13. PSOL poderá ser o fiel escudeiro do Fato Novo de Verdade (a RPL), ser diferente, inovar e surpreender os grandalhões em 2014 ?

    Por quê Dilma, Aécio, Campos e Marina, enquanto pupilos da midia luso-tupiniquim, e a própria midia, não obstante a distância temporal de outubro de 2014, quase dois anos antes das eleições, já colocaram as suas candidaturas nas ruas, e, açodadamente, estão voando baixo, em parceria com a midia, com a clara intenção de fechar todas as portas e possibilidades de surgimento do Fato Novo de Verdade capaz de surprendê-los e ofuscá-los em 2014, do qual parecem estar fugindo igual o diabo foge da cruz ? Por quê tanta correria assim por parte dos grandalhões do continuismo da mesmice (PTMDB-agregados e PSDEMB-agregados) ? Estão com medo do quê e de quem ? Será que estão com medo da RPL, do Leão, e, na base da correria, tentam cercá-lo, atropelá-lo e inviabilizá-lo em 2014 ? Por outro lado, para azar do continuismo da mesmice, não obstante a correria, não existe nenhuma incompatibilidade entre o PSOL e a RPL (HMM-PNBC-ME), pelo contrário, até parece que nasceram um para a outra. Logo, de repente, se der liga, o PSOL poderá vir diferente desta vez, com tática nova, ser o fiel escudeiro da Revolução Pacífica do Leão, e surpreender os grandalhões em 2014, como nunca antes visto na história deste país, cujo povo quer mais é encontrar o Novo Caminho de Verdade e ser feliz. Será que o PSOL tem sangue de campeão e coragem para encarar a luta do Tostão (Leão da Mega-Solução) X Patota dos Bilhões (situação, oposição e cia da mesmice) ?