Deputado Waldyr Pugliesi demite assessor preso pela Polícia Federal

por Antonio Senkovski, Angieli Maros e Fernanda Leitóles, via Gazeta do Povo

Elieuton Francis Mayer.

Elieuton Francis Mayer.

O deputado estadual Waldyr Pugliesi (PMDB) disse, nesta sexta-feira (26), que solicitou a exoneração de Elieuton Francis Mayer, funcionário do gabinete do parlamentar preso por suspeita de liderar uma rede de contrabando de cigarros. O político relatou que a exoneração ainda não ocorreu oficialmente, mas que foi solicitada para que tenha data de quinta-feira (25) e que deve ser publicada em Diário Oficial nos próximos dias.

O empregado do gabinete de Pugliesi foi preso pela Polícia Federal na Operação Fractal, uma investigação que aponta que Mayer seria o líder de uma suposta rede contrabandista de cigarros envolvendo policiais e outros funcionários da Assembleia Legislativa do Paraná (Alep). No total, 22 pessoas foram presas no Paraná, entre elas o capitão Alexandre Dupas Pereira, que teve amplo trânsito na Casa Militar do ex-governador Roberto Requião; e o major Valmor Caetano Dellê. Outros seis policiais militares e um investigador da Polícia Civil também foram detidos.

Mais cedo, o deputado havia dito, à  reportagem da Gazeta do POvo, que o funcionário preso tinha sido apenas afastado do cargo. No fim da manhã, o parlamentar entrou em contato para comunicar que havia pedido a exoneração. “A gente não sabe nada do que está acontecendo, a não ser pela imprensa. Eu também não posso tomar medida arbitrária nenhuma”, afirmou, mais cedo, o político.

16 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. bom para lembrar a policia gravou toda conversa do gabinete desde2010
    se o valdir tivesse envolvido ele era o primeiro preso entãol tem que largar de er idiota…. o chefe elieltom fazia chover de dia em nome de durval amaral e alexandre curi e mais 13 deputado como é que como é que fica

  2. não sera este assessor um boi de piranha ,o deputado tem que ver ate que ponto ele foi ou esta envolvido nesse esquema , pressão dele para derrubar comandante me faz rir…

  3. Os nossos italianos não podem seguir o exemplo dos italianos europeus..os nossos italianos tudo o que tem foi ganhado aqui. com muito trabalho e esforço . os italicos brasileiros ,italo brasileiros , quem não conheceu ,são pessoas trabalhadoras. vamos ver como fica a situação do deputado. tomara que tudo se esclareça ,ele foi um heroi contra a ditadura…. eu escrevo isso porque o brasil tem um grande laço com a italia , escuto desde de menino isso .

  4. Cara de madeira desse “representante do povo” é de pelar o pé do saco…….

  5. Vai devagar deputado, isso é um ensaio para um novo 1964.a proxima vitima sera o congresso nacional . primeiro ataca o parlamento regional ,e viram que deu certo,vão tentar la em brasilia.o psdb tambem precisava olhar com mais atenção, o psdb pode ser vitima tambem,dessa lambança. O adhemar de barros ajudou a ditadura , depois foi vitima da ditadura. adhemar de barros fugiu para a espanha ,para não ser preso pelo melitares, que tanto o adhemar de barros ajudou derrubar jango. esse é um lembrete para o psdb ajudar salvar a legalidade no brasil. parem com politicagem quando o brasil corre risco interno. o psdb é um partido filho do mdb velho de guerra .falo porque eu conheço os nomes das pessoas ,que lutaram contra a ditadura , e agora de mão beijada tão entregando,o pt sozinho não salva a democracia,precisa de mais gente .e parar de dar moral ao stf, os partidos não tem obrigações com o stf. mas com os eleitores.

  6. Quem nomeia servidor comissionado é a Comissão Executiva:Presidente, 1° e 2° Secretários.Lógicamente quando se trata para ficar à disposição do deputado, é ele quem indica para a nomeação e exoneração.Mas o responsável pelo servidor comissionado é a Assembleia Legislativa. Vejam que é normal transferir servidor comissionado de Gabinete de deputado para outro setor, como Administração,Diretoria tal. Isso é comum. Até a esposa do ex-Prefeito, quando deputado estadual, transferiram ela do Gabinete de deputado para outro setor.Há caso de não ser mais deputado e ter os funcionários permanecendo na Assembleia Legislativa.Lá vale tudo. Eles tiram até Direitos adquiridos pelo STF! Eles, quando “Donos”, Presidente , Secretário, Diretor e Procurador, aceitam uma Determinação do Poder Judiciário para um servidor, até aposentado e depois, simplesmente por uma Resolução, lhe tiram o Direito. É o Poder Legislativo do Paraná, que usa e abusa desse titulo chamado PODER ! Vamos esperar por esse servidor denunciado pela Policia Federal que afirma ter mais iservidores deste Poder que “trabalhavam” com a quadrilha.

  7. Segunda a midia esses assessor do Pugliese era um Gangster da pesada. Era ele quem comandava todo o esquema. Fica cada vez mais dificil acreditar que o deputado ” nao sabia de nada “

    • Teixeirinha, quem têm mais perfil de gangster, o deputado ou o assessor? A pergunta que fica é: quem na verdade era o chefe do esquema.

  8. Ainda bem que a ALEP, tem muito dindi, para silenciar a maioria da imprensa, é por isso e outras coisas que o Stefanes JR. TEM UM MEDO INCOMUM DE PETISTA.

  9. E o deputado chefe e ninguem sabia de nada …

    • Verdade!!! Acho que ele fez um cursinho rápido com o LULA … Claro que ele não sabia neh meu!!! Duvido que vc saiba tudo que sua esposa e filhos fazem tds os dias..

  10. Nossa, que deputado ágil…

  11. Faz me rir!

  12. Também depois de tudo, se mantivesse na equipe….

  13. Vão-se os anéis, ficam os dedos.