Deputada do PV luta para manter fechada a Estrada do Colono

Rosane Ferreira apresenta recurso para prorrogar a discussão sobre a reabertura da Estrada do Colono.

Rosane Ferreira apresenta recurso para prorrogar a discussão sobre a reabertura da Estrada do Colono.

A deputada federal Rosane Ferreira (PV-PR) apresentou um recurso à  Secretaria-Geral da Mesa da Câmara dos Deputados, ontem (29), assinado por 85 parlamentares, para que o projeto de lei 7123/2010, que prevê a reabertura da Estrada do Colono no Parque Nacional do Iguaçu, não seja conclusivo na Comissão Especial criada para discutir a proposta, devendo ir ao Plenário para concluir sua votação.

Para viabilizar a reabertura da estrada, que dividirá o parque ao meio, o projeto propõe alterações que fragilizam a Lei 9985/2000, que criou o Sistema Nacional de Unidades de Conservação da Natureza (SNUC). Para Rosane, que apresentou voto contrário à  reabertura da estrada, trata-se de uma proposta de modificação da legislação ambiental para legitimar uma demanda regional e, ao mesmo tempo, uma tentativa de abrir um perigoso precedente com graves consequências para a conservação da biodiversidade no País!.

Segundo informações do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), atual gestor do Parque, o leito da antiga estrada está coberto por uma formação florestal em franca regeneração. Ou seja, não se trata mais de reabrir uma antiga estrada, mas sim, de se promover o desmatamento e degradação para a implantação de uma estrada no interior de uma Unidade de Conservação de Proteção Integral.

Além disso, segundo informações da Superintendência da Polícia Federal no Paraná, a estrada era usada por criminosos para transportar armas, munições e drogas, ou seja, sua reabertura significaria mais um complicador no controle das extensas fronteiras brasileiras.

O recurso apresentado por Rosane Ferreira é uma forma regimental de prorrogar a discussão ainda na Câmara dos Deputados, permitindo que os parlamentares e a sociedade possam discutir melhor o assunto.

22 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. Sou de um município lindeiro do parque e acho que a deputada não deve contestar a reabertura da estadada do colono, e sim procurar melhorar alguns detalhes sobre o projeto que está tramitando no congresso. Essa estrada é fundamental para nós lindeiros e para todo o Brasil.

  2. Sou professora de geografia e essa estrada é importante por que faz ligação entre todo os estados do OESTE do Brasil como RS,SC,PR,MS,MT,RO, e o Acre. Então eu penso que todos que querem viajar para o SUL do Brasil devem fazer o desvio que encarece de tempo, cansaço, estrada esburacada, cheia de curvas perigosa, trânsito intenso, etc.

  3. Gostaria de salientar o seguinte; por que os ambientalistas só criticam. Não apresentam soluções dos proiblemas. Agem de forma radical e pronto. Eu penso que não é por aí. Ambientalistas somos todos. Eu por exemplo jamais tenho coragem de jogar um papel de bala no chão, e assim por diante.

  4. Eu penso que quem é de longe dessa região, não deveria ficar opinando, por que não conhece a verdadeira realidade daqui. Nos moldes que essa estrada que será feita não prejudicará em nada o meio ambiente.É bom lembrar que homem e natureza deve viver hamoniosamente juntos e não separados.

  5. Por a deputada não luta para tirar de circulação aquele elicóptero barulhento que fica o tempo todo estressando animais e plantas do parque e a casa do então diretor do parqe localizada dentro da reserva. Que pouca vergonha isso !!!.

  6. esta nobre deputada quer defender a natureza, ela nem um jardim tem em sua casa para admirar ser defensora da natureza….

  7. Prezados leitores… é com tristeza que informo que com estrada ou sem estrada… muitos animais são assassinados todos os dias, o famoso palmito é explorado… e que algumas pessoas que dizem fazer a fiscalização do parque são em numero ínfimo para controlar todas as bestialidades e barbáries realizadas no Parque…
    Penso que com a abertura de uma estrada ECOLOGICAMENTE CORRETA e com MAIOR fiscalização de órgãos competentes… seria muito melhor para a preservação do Parque… (sou moradora da região, vi e ouvi pessoas rindo e achando graça de coisas erradas que fazem dentro do Parque)…

  8. Cara,
    Penso que para que uma pessoa possa representar algo em qualquer instância que for, é necessário conhecer tudo sobre o assunto, inclusive visitar ” in loco” e viver um pouco a realidade.
    Sempre por interesses políticos se tomam atitudes e posturas, nunca pensando na melhor form de resolver.
    Para que possa ser chamada de deputada e ser representante de algo e de um grupo há necessidade de muito estudo e conhecimento, lembrar sempre o que está fazendo.
    Que atitudes são tomadas pelo seu partido com relação a: Amazônia, Pará, |Mata Atlântica e muitas outras situações que também envolvem mata, fauna, e principalmente ser humano.
    E lembre-se: Para preservar é preciso conhecer e não desconhecer ou pior ainda ignorar, não dar importância.
    Temos que reverter isso, deputada.

  9. Sugestão: não dá pra construir uma estrada aérea? kkkk

  10. Muito bom saber q esta deputada esta deixando duas cidades a continuar viver no atraso, pois esta estrada liga duas cidades hj abandonadas graças ao fechamento da estrada do colono, bom saber seu nome e fazer campanha CONTRA VOCE. Deputados sao para representar o povo, vc pelo jeito nao representa.

  11. Grande deputada. Pensando no bem daquilo que fica. Porque nós, seres humanos, destruidores de tudo que tem ao nosso redor, passamos. Pensar de outra maneira é deixar a razão pela coletividade de lado. Hoje é tudo em prol de “mim”. Nada em prol do outro. Mas esse outro é a natureza, e me desculpem, precisamos dela para sobreviver. Agora é só uma estrada. Amanhã serão centenas de estradas. Li o projeto. O problema não é o caminho do colono. É a fragilidade que foi necessário criar, que impacta todos os parques nacionais. Um benefício para os moradores. Um retrocesso para a proteção de nossos bens naturais. Uma balança difícil de equilibrar quando tudo hoje é baseado no progresso a todo custo. Matem índios. Destruam rios. Precisamos da terra. Precisamos da energia. Precisamos crescer. E nesse progresso, um oceano de retrocessos.

  12. Enquanto a estrada está fechada, com a PF policiando as “entradas”, os caçadores fazem a festa dentro do parque. E viva a natureza.

  13. Sempre a mesma conversa: o meu direito. Sempre isto, “o meu”, “o meu” … o meu carro, a minha casa, os meus filhos … e o resto que se foda. Acabou pessoal, não tem mais nem para remédio. A floresta nativa que cobria o Paraná se foi, vítima da ideologia do “meu”. Sou agricultor, tenho direito de desmatar para alimentar minha família. Sou comerciante exijo estradas, sou construtor exijo madeira, sou mãe de família quero uma casa etc etc. Todos direitos sagrados e fundamentais que estão destruindo o planeta e felizmente vão destruir a humanidade.

  14. ela adora aparecer em fotos..faz ate maquiagem…

  15. Mas bah tche. A prenda mora na cidade mais poluida do Brasil (já está ganhando de Cubatão-SP);
    Já dizia o meu avô que o bugiu só repara no rabo dos outros bugius.
    Gostaria que esta prenda (que na verdade é uma chinoca de encher os olhos), escreva em algum lugar que se possa ler o que ela já fez de positivo pelo meio ambiente.
    Não dá para aguentar ambientalistas de jardim.

  16. O renato machado fala dos gargalos do brasil: impedir a reabertura da estrada do colono é criar mais gagalos. me lembro do cortes de arvores no batel ,que gerou protesto ,assim mesmo foi aberto uma via ,que poderia ser mantido a praça. agora centenas de quilometros e outra coisa. o pv éum gargalo.os moradores das cidades com menos de 80.000 habitantes tomaram um tapa na cara ,do governador via traiano. olha araucaria ta sendo desbancada pelo gargalo ambiental. de segunda cidade ja a terceira mais rica ,ou quarta..

  17. Ambientalista é sinônimo de atraso…

  18. Maravilhoso defender a natureza, ainda mais uma deputada oriunda de Araucaria, uma cidade que polui feito praga, e esta pertinho de tudo.
    Faça-me o favor dona deputada respeite o ser humano ele precisa se deslocar preservar sim mais não podemos privar as nescessidades e direitos do pobre morador daquela regiao… Ou entao acaba com moradores por lá….

  19. ela está fazendo o papel dela ,mas a bancada ruralista é muito forte. a rosane tem que combater a instalação da cofepar em aruacária a empresa é poluidora.

  20. Pois é dona Rosane, estive olhando e a senhora é aqui de Araucária. Realmente é importantíssimo defender a natureza, mas é preciso lembrar que o homem também faz parte dela. Então preservar as florestas na cidade dos outros, a quilômetros de distância de nossas casas é maravilhoso…Moramos em uma cidade onde não temos restrição de deslocamento até o município vizinho, pra que nos preocupar? Mas e o povo da região, como é que fica?
    Esse assunto foi debatido quei no Blog (https://www.esmaelmorais.com.br/2013/04/camara-pode-aprovar-hoje-a-reabertura-da-estrada-do-colono/), tem um comentário bem bacana do Marco Antonio Rodrigues, que sugere que ela seja pedagiada e tenha o trânsito impedido das 22 às 6 horas. Poderiam consultar o povo da região, o maior interessado no assunto.

    • Será que esta senhora luta com tanto afinco assim quando o assunto e proteger a natureza na sua cidade, no seu bairro, na sua rua?

      Quero convidar a moça a vir visitar Capanema e dar discurso de protetora do meio ambiente aqui. Se bobear sequer conhece a região, nunca passou por aqui, nem sabe como é o povo da região em relação a proteção ambiental.