28 de abril de 2013
por esmael
46 Comentários

Mesmo ladeira abaixo, PSDB do Paraná lança Aécio Neves

De cinco mil participantes em 2011, PSDB realiza convenção estadual com apenas 500 no Paraná, a maioria dos convencionais era servidores comissionados; será o final do ciclo tucano no estado?

De cinco mil participantes em 2011, PSDB realiza convenção estadual com apenas 500 no Paraná, a maioria dos convencionais era servidores comissionados; será o final do ciclo tucano no estado?

O PSDB realizou neste domingo (28) ensolarado sua convenção estadual no Paraná. Foi conduzido à  presidência do partido o deputado estadual Valdir Rossoni, que também preside a Assembleia Legislativa do Paraná. O tucanato reafirmou fidelidade à  política anti-Dilma Rousseff e prometeu palanque forte ao senador mineiro Aécio Neves em 2014. Leia mais

28 de abril de 2013
por esmael
59 Comentários

Presidente do TJ-PR promete guerra contra grupo RPCTV/Globo

Presidente do TJ, Cleyton Camargo, contratou o advogado Rochinha para ação milionária contra a RPCTV/Globo; o magistrado promete abrir processo contra a família Cunha Pereira; segundo deputados, o conglomerado de mídia tenta influenciar na disputa pelo Tribunal de Contas, onde o filho do desembargador, Fábio Camargo, disputará a vaga de conselheiro; a guerra promete ser longa.

Presidente do TJ, Cleyton Camargo, contratou o advogado Rochinha para ação milionária contra a RPCTV/Globo; o magistrado promete abrir processo contra a família Cunha Pereira; segundo deputados, o conglomerado de mídia tenta influenciar na disputa pelo Tribunal de Contas, onde o filho do desembargador, Fábio Camargo, disputará a vaga de conselheiro; a guerra promete ser longa.

O presidente do Tribunal de Justiça do Paraná (TJ-PR), desembargador Cleyton Camargo, adiantou que vai levar à s últimas consequências os ataques que vem recebendo do grupo RPTV/Globo no estado. Ao longo da semana, as emissoras e jornais do conglomerado denunciou que o magistrado está sendo investigado pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) por suposta venda de sentenças. O acusado nega envolvimento no caso e espera que essa questão seja arquivada nos próximos dias. Leia mais

28 de abril de 2013
por esmael
55 Comentários

Richa tem pior avaliação da história em Curitiba. Será o efeito Yeda Crusius?

O Instituto FSB Pesquisa, de Brasília, fez levantamento sobre o índice de aprovação do governador Beto Richa (PSDB) em Curitiba. Segundo os números, revelados pelo colunista Celso Nascimento, do jornal Gazeta do Povo, edição deste domingo (28), o tucano tem a sua pior avaliação da história na capital. De 59%, aferidos em 2012, o xoque de jestão! de Richa agora é apoiado por apenas 41%. Em um ano, o governador perdeu 18% dos curitibanos, diz o levantamento. Se continuar nesse ritmo, muito provavelmente, nem chega ao segundo turno em 2014. Será o efeito Yeda Crusius, a ex-governadora tucano do Rio Grande do Sul?

Ao saberem do resultado da pesquisa da FSB, o senador Roberto Requião (PMDB) e a ministra-chefe da Casa Civil, Gleisi Hoffmann (PT), que querem apear Richa do Palácio Iguaçu, tiveram uma crise de riso.

A seguir, eu reproduzo a íntegra das duas notas publicadas pelo colunista Celso Nascimento:

Alvoroço 1

Gabinetes do Palácio Iguaçu agitam-se com a circulação dos resultados de uma pesquisa feita em Curitiba pelo FSB !“ instituto que, embora menos conhecido que o Ibope, costuma ser contratado por grandes empresas (especialmente multinacionais) para aferir tendências da opinião pública em várias áreas, inclusive política. Os dados revelados geraram alvoroço no principal endereço do Centro Cívico.

Alvoroço 2

Segundo o FSB, a administração do governador Beto Richa era aprovada por 59% da amostra de 1.000 curitibanos entrevistados em 2012. Um ano depois, isto é, em março último, os que classificaram a gestão como ótima e boa caiu para 41% !“ uma queda de 18 pontos porcentuais. O índice dos que consideram a gestão apenas como regular subiu de 30% para 35%. Na categoria ruim/péssimo, o porcentual também subiu de um ano para o outro, de 9% para 17%.

28 de abril de 2013
por esmael
18 Comentários

Depressão vitima professores e desafia o sistema de ensino

por Crislaine Gà¼etter, via O Paraná

A rotina extenuante dos professores tem levado os responsáveis pela formação de novos cidadãos ao adoecimento. Esse cenário é comprovado por dados da Organização Internacional do Trabalho, que destaca que a profissão está entre as mais desgastantes do mundo, gerando alta incidência de licença por conta de problemas de saúde. O caso é tão alarmante que o Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do Paraná criou a Secretaria de Saúde e Previdência, que atua em prol de melhorias para os educadores na área de saúde. A ideia é cobrar políticas de prevenção do governo.

A preocupação é válida, uma vez que em um questionário aplicado para mais de sete mil professores no Paraná, em 2009, 66% dos entrevistados afirmaram ter adquirido alguma doença em virtude do trabalho. Dessas enfermidades, a depressão liderou o ranking com 30%, seguida com 28% de problemas de voz, 17% de dores na coluna e 8% de deficiências respiratórias, outros 17% não especificaram.

Conforme o secretário de Saúde e Previdência do Sindicato, Idemar Vanderlei Beki, o adoecimento é por conta dos problemas enfrentados diariamente em sala de aula, que sobrecarregam o profissional da educação. Todos os problemas sociais acabam sempre na escola. Muitas vezes, o educador faz funções que vão além do seu papel de ensinar. Nos dias de hoje, o professor precisa lidar com a violência dentro do ambiente escolar, excesso de carga horária, salas de aulas lotadas, falta de material pedagógico e entre outros problemas que só aumentam. à‰ um leque de coisas que contribuem para que o professor adoeça. Atualmente, há jovens professores que já estão se aposentado devido à  tamanha estafa!, detalha.

A professora Jussara Henn, de Cascavel, endossa o coro, acrescentando que os educadores precisam lidar ainda com pais negligentes, alunos defasados e indisciplina. O professor se vê sozinho. Adoece porque percebe que não dará conta de tantos problemas. São muitas funções para quem, na verdade, só deveria ensinar!, acredita.
Perícia limitada

Esse panorama reforça a pesquisa que mostra o retrato do educador brasileiro, feita pela Confederação Nacional dos Trabalhadores, que revela que cerca de 20% dos p

28 de abril de 2013
por esmael
45 Comentários

Velha mídia ataca sem dó nem piedade sistema de cotas nas universidades

Não é só a Folha de S. Paulo que faz campanha contra o sistema de cotas criado pelo governo do PT; a revista Veja, aquela do Cachoeira, em 2007, também já tentou provar que essa coisa de raça não existe!; na ocasião, só faltou ao semanário da editora Abril provar que a Lei da Gravidade é uma farsa e que Elvis não morreu; pior: tem gente que acredita nas baboseiras publicadas na revista dos Civita; hoje, graças à s cotas, filho de pedreiro é doutor. Isto deixa a elite brasileira pirada e perplexa; o que esperar de uma mídia e de uma elite que são contra a PEC das Domésticas e a favor da perpetuação da escravidão no Brasil?

Não é só a Folha de S. Paulo que faz campanha contra o sistema de cotas criado pelo governo do PT; a revista Veja, aquela do Cachoeira, em 2007, também já tentou provar que essa coisa de raça não existe!; na ocasião, só faltou ao semanário da editora Abril provar que a Lei da Gravidade é uma farsa e que Elvis não morreu; pior: tem gente que acredita nas baboseiras publicadas na revista dos Civita; hoje, graças à s cotas, filho de pedreiro é doutor. Isto deixa a elite brasileira pirada e perplexa; o que esperar de uma mídia e de uma elite que são contra a PEC das Domésticas e a favor da perpetuação da escravidão no Brasil?

A Folha de S. Paulo, edição deste domingo (28), crava em sua manchete que Cotistas têm pior resultado entre universitários!. Leia mais