“Vou abrir a caixa-preta do transporte coletivo”, confirma Fruet

Comissão criada pelo prefeito Gustavo Fruet vai abrir "caixa-preta" da Urbs; correligionários do pedetista veem no fim do subsídio antecipação da disputa eleitoral de 2014.

Comissão criada pelo prefeito Gustavo Fruet vai abrir “caixa-preta” da Urbs; correligionários do pedetista veem no fim do subsídio antecipação da disputa eleitoral de 2014.

O prefeito de Curitiba, Gustavo Fruet (PDT), confirmou na noite de sexta-feira (8), durante evento em homenagem ao Dia Internacional da Mulher, que vai abrir a caixa-preta do transporte coletivo.

Em seu discurso, Fruet disse que não ficaria travando bate-boca infantil [com o governador Beto Richa, do PSDB] e que defenderia a cidade.

“Vou abrir a caixa-preta da Urbs, pois determinei a uma comissão que descubra o preço de operação do transporte coletivo. Mas não esperem que eu vá fazer um bate-boca infantil. Vou defender os interesses da nossa cidade”, garantiu.

Fruet acusa Richa que jogar contra os interesses dos moradores de Curitiba e região metropolitana ao suspender subsídio anual de R$ 68 milhões, que vinha garantindo o congelamento da tarifa de ônibus.

Nesta semana, o tucano anunciou alíquota zero de ICMS para o diesel, mas, segundo os prefeitos, em nota oficial, dizem que a ajuda é insuficiente e defenderam a manutenção do subsídio do governo estadual.

Comentários encerrados.