Tucano afirma que Paulo Bernardo se preocupa apenas com pré-candidatura de Gleisi

Por Ivan Santos, via Bem Paraná

Luiz Carlos Hauly, secretário de Estado da Fazenda.

Luiz Carlos Hauly, secretário de Estado da Fazenda.

A briga entre o governo Beto Richa e o governo federal ganhou ontem novo capítulo, com troca de acusações sobre a forma como o Estado tem sido tratado na divisão de verbas da União. O secretário de Estado da Fazenda, Luiz Carlos Hauly, foi à  Assembleia Legislativa especialmente para rebater as declarações do ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, que na véspera negou que o Paraná seja discriminado em relação aos outros estados, e acusou o governo Richa de falta de projetos e ação política. Hauly afirmou que não sabe de onde Bernardo tirou os números que apresentou, e acusou o ministro de politicagem!, por se preocupar apenas com a pré-candidatura de sua esposa, a ministra chefe da Casa Civil, Gleisi Hoffmann (PT), ao governo para 2014.

Na segunda-feira, em passagem pela Assembleia, o ministro afirmou que o governo federal tem convênios em execução com o Paraná em valor total de R$ 3,8 bilhões, contra R$ 3,5 bilhões do Rio Grande do Sul, e R$ 1,9 bilhões de Santa Catarina. Não sei de onde ele tirou esses números. O ministro está pensando em sua esposa candidata, Gleisi Hoffmann. Nós precisamos da ajuda deles, não de intriga!, rebateu Hauly ontem.

Segundo o secretário, os números divulgados por Paulo Bernardo não conferem com a contabilidade oficial do Estado, já que o Orçamento Federal de 2013 prevê apenas R$ 806 milhões em investimentos federais no Paraná. Esse valor equivaleria a R$ 76,00 por habitante, contra R$ 170,00 per capta previstos para o Rio Grande do Sul, e R$ 239,00 para Santa Catarina. Ainda segundo ele, apesar de ser a quinta economia do País, o Paraná estaria apenas como o 25!º estado no recebimento de investimentos da União.

Hauly avalia que para chegar ao número que divulgou, o ministro tenha somado como investimentos transferências constitucionais obrigatórias da União, como as verbas do Fundo de Participação dos Estados (FPE), do Sistema Único de Saúde (SUS) e da compensação de perdas pela Lei Kandir nas exportações. Somadas todas essas transferências chegariam em 2012 a R$ 3,7 bilhões.

Empréstimos – O secretário cobrou, ainda, de Bernardo e Gleisi, a liberação de empréstimos de R$ 2,4 bilhões ao Paraná que aguardam autorização do governo federal. Os empréstimos estão lá parados. Estão achando pêlo em ovo. A obrigação deles é liberar esse dinheiro. Se não liberarem, ele (Paulo Bernardo) está fazendo politicagem. Libera Paulo, ministra Gleisi!, apelou o secretário.

Presidente estadual do PT, o deputado àŠnio Verri saiu em defesa do ministro. Segundo ele, os R$ 806 milhões apontados por Hauly não incluem muitos investimentos que o governo federal está fazendo no Estado sem previsão orçamentária. Ele citou por exemplo a duplicação da rodovia BR 153, e a construção de um centro modal em Maringá. Muitos investimentos são feitos diretamente com os municípios!, alegou. Se é para os ministros conseguirem os investimentos, como quer o governador, que deixe os ministros governarem o Paraná!, criticou.

19 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. Em casa que falta pão, todos discutem e ninguem tem razão.

  2. São nestes momentos que vemos a diferença dos canalhas e dos homens de caráter.
    Belmiro Castor foi totalmente diferente quando descobriu as falcatruas com os dólares no governo do pai do Playboy.
    Povinho sem memória.

  3. Aqui em Cambé, norte do estado, temos um prefeito chorão também. João Pavinato, do mesmo partido do Richa, pelo visto ainda não começou a administrar a cidade, que deixou abandonada no mandato anterior. As poucas obras que se vê por aqui são do governo federal, nas quais ele pega carona também (deve ser do DNA tucano)
    Igualzinho ao chefe aí da capital e ao secretario Hauly (do qual o prefeito é cria politica), o moço põe a culpa no governo federal quando nada dá certo, sendo que a unica coisa que funciona aqui são as obras do governo federal, pois do municipio nada sai. Do governo do estado também nada.

  4. KKKK….O PTCORRUPTO NUNK VAI TER VEZ AKI NO PARANA..NUNK…NUNKINHA… LKKKK

  5. realmente;;; foi por isso que o Paulo Bernardo divulgou pra todos os funcionarios do governo estadual o “resultado” da “pesquisa”(?) do ibope( epa!!!) feita a pedidos no interior do estado.
    To com o Paulo bernardo e não abro. Para de festa e vai trabalhar “governador”.

  6. O problema do governo, é a inércia do seus secretários que não fazem a coisa acontecer, é a equipe…

  7. E a tucanadas do DEMO só se preocupam com a GLEISI…!Hahahahahahahahaha
    estao se borrando de medo de levar uma surra de cinta do PT!!KKKKKKKKKKKK.

  8. A reforma do secretariado foi pensando no que?

  9. TUDO ISSO É A CARA DO PT( PARTIDO DO TRAMBIQUES)… FAZ TEMPO Q ESSE TAL DE PAULO BERNADO NAO FAZ NADA…AS OPERADORA DEITAM E ROLAM ….CERTEZA Q ELE TA RECEBENDO AULGUM DINDIN PRA INVESTIR NA CAMPANHA DA LOIRA LOKA

    • Cidadão, se as operadores deitam e rolam é porque o modelo de privatização feito pelo PSDB da época do FHC e, aqui no Paraná, do Lerner deram as brechas para que eles deitem e rolem – veja o caso do pedágio por exemplo.
      Vai se informar antes de falar besteira piá. Ou você não sabe o que fala sabe bem e é um hipócrita por jogar a culpa deste nosso modelo de telefonia no PT, quando todos sabem que foi o PSDB quem comandou este modelo de privatização – se depois de encerrados o prazo legal dos contratos e o PT renovar sem nenhuma medida que beneficie os usuários, daí eu e os demais leitores vamos ter que concordar contigo.
      E o que o Governo Beto Richa tem feito pelo povo do Paraná além de gastar nosso dinheiro com propaganda pessoal enganosa com interesse em se reeleger?

  10. No mínimo esse tal de Tadeu Rocha é um dos comissionados do Beto pra puxar tanto o saco dele, é mais um lambe sal que vai perder a mamata a partir de 2015.

  11. Os números, sempre eles….O Richa quando assumiu falava que o estado estava pobre, o Requião insistia que havia deixado o caiza cheio e….ficou por isso. O Fruet falou em dívidas da prefeitura, o Ducci em excesso dee caixa e, novamente, ficou por isso….Agora o Beto e o Paulo Bernardo duelam com números. Em todos os casos, alguém está mentindo, pois número é número e não há dois resultados possíveis. Portanto, ou está na hora de uma das partes tomar providências concretas em relação a outra ou o discurso faz parte da prática política apenas e os 2 lados são vagabundos, querendo apenas capitalizar simpatia e votos com seu discurso furado.

  12. Essa é boa,agora os incompetentes querem cruzar os braços receber salários e deixar os outros governarem.

    O Estado está a deriva desde a saída de Requião que já não era lá aquela coisas.

    Canalhas !!!!

    Deixem o governo que o povão toca o barco nestes dois anos,assim como faz agora.

    ESTADO A DERIVA E GOVERNO MENTIROSO

    NÃO PRECISAMOS DE VOCÊS !!!!

  13. ESTA CERTISSIMO, ELE PAULO ESTA PREOCUPADO COM A MULHER DELE, PARA AS ELEIÇOES, JA TRABALHAR SR PAULO, VA RESOLVER ESSES TELEFONE QUE ESTA UMA MMMMMMMMMMM, O DILMA DE ALGUMA COISA OU COBRE ALGUMA COISA DESSE MINISTRO PAULO BERNARDO,

    • falando em mentiroso como ta o beto richa

    • quem foi que privatizou esta merda mesmo?

    • E ai tadeu rocha, quando o Cassio Taniguchi vai a ALEP explicar a licitação de 3 bilhões que estão dando para empresa privada fazer o serviço que era para ser feito por funcionários do Estado? Governo sem vergonha e mal carater. O pior é que tem gente de caráter mais duvidoso do que o deste governo: gente que defende atos corruptos do governo é pior do que o governo corrupto.
      Se o Cassio Taniguchi não for explicar esta licitação a coisa vai ficar ainda mais feia para este governo de um mandato só.

  14. Mas o Haully é um cara de pau mesmo, porque não explica porque o Parana esta no SPC do governo federal:
    http://www.gazetadopovo.com.br/vidapublica/conteudo.phtml?tl=1&id=1355260&tit=PR-e-o-estado-com-mais-pendencias-no-SPC-do-governo-federal
    Inchou o governo de comissionados e não pode mais contrair empréstimos.

  15. Mas e por qual motivo o tucano Traiano escreve artigos descendo a lenha na Gleisi e nos demais ministros? Ele escreve esses artigos, porque sabe que a Gleisi é uma ameaça ao governo Richa em 2014, eles estão se borrando nas calças, essa é a verdade, fazem até um governo ridículo. Concordo com o Verri, melhor deixar então que os ministros assumam o estado, pois o governador que tem a caneta cheia não tem competência para resolver os gargalos do estado, só chora, reclama, abre um berreiro e escala o Traiano pra chorar na assembleia. Nesse caso a melhor alternativa seria a renuncia do Beto. Fora Beto o Paraná não precisa de você, precisa de um governador que assuma responsabilidades e que resolva os problemas do estado.