Tarifas do pedágio serão reduzidas em 25%… no Rio Grande do Sul

O jornalista Celso Nascimento, colunista da Gazeta do Povo, estranha tamanha "boa vontade" do governo Richa com o pedágio e do pedágio com o governo tucano. Algo há? No Rio Grande do Sul, o petista Tarso Genro vai reduzir em 25% a tarifa dos usuários das rodovias gaúchas !“ depois do fim dos contratos com as concessionárias.

O jornalista Celso Nascimento, colunista da Gazeta do Povo, estranha tamanha “boa vontade” do governo Richa com o pedágio e do pedágio com o governo tucano. Algo há? No Rio Grande do Sul, o petista Tarso Genro vai reduzir em 25% a tarifa dos usuários das rodovias gaúchas !“ depois do fim dos contratos com as concessionárias.

O governo petista de Tarso Genro, no Rio Grande do Sul, tomou uma importante decisão política no ano passado que agora, em 2013, vai ganhando contornos práticos: as tarifas do pedágio nas rodovias gaúchas serão reduzidas em 25% tão logo se encerrem os contratos com as empresas privadas.

O Paraná sob a direção do tucano Beto Richa segue na contramão. Afrouxa o sutiã para as concessionárias como nunca visto antes. Movimenta-se para retirar ações judiciais movidas pelo ex-governador Roberto Requião (PMDB) que visavam salvaguardar os interesses dos paranaenses. à‰ o que diz o colunista Celso Nascimento, na edição deste domingo (31) do jornal Gazeta do Povo, ao revelar que o governo do PSDB quer extinguir a ação 2005.70.00.007929-7 que tramita na 2.!ª Vara da Justiça Federal do Paraná.

Richa faz questão de mostrar-se amiguinho das concessionárias ao ponto das mesmas deixá-lo posar para a foto em obras feitas por elas, com dinheiro dos usuários das rodovias, é claro, como se fossem do governo dele. à‰ a política do engana que eu gosto!, como explica abaixo o texto de Nascimento:

A boa vontade! do pedágio

No cronograma previsto nos aditivos de 1998 e 2000, as concessionárias não estavam obrigadas a realizar nenhuma grande obra rodoviária no Paraná até 2014. Ou seja, durante praticamente toda a gestão de Beto Richa não se realizaria, por exemplo, obras de duplicação !“ como as que agora, em pequenos trechos, se fazem nas BR-277 e 376. Para gáudio do governo que, primeiro, na propaganda se apropria de realizações pagas com recursos das concessionárias e dos usuários; e, segundo, as apresenta como fruto do fim da era do confronto bélico alimentado no governo Requião e agora substituída por negociações e respeitoso diálogo.

Logo, a antecipação da duplicação dos 14 quilômetros de Medianeira-Matelândia; dos 10 do contorno de Campo Largo e dos 11 da Ponta Grossa-Apucarana é produto das tais negociações, certo? Diante de tal constatação, inevitavelmente surge outra pergunta: que negociações e de que modo elas se dão para inspirar nas concessionárias sentimentos de tanta boa vontade?

A resposta talvez possa ser encontrada no trâmite da ação 2005.70.00.007929-7 na 2.!ª Vara da Justiça Federal do Paraná. Trata-se do processo iniciado pela Procuradoria – Geral do Estado (PGE) pelo qual o então governador Roberto Requião pedia ao judiciário que fizesse retornar aos termos originais o contrato de concessão firmado em 1996 por Jaime Lerner.

Se julgado favoravelmente ao governo, todo o cronograma de obras teria de ser retomado. A esta altura, por exemplo, as BRs 277 e 376 já estariam duplicadas quase inteiramente. Obras canceladas teriam de ser reativadas. E os cálculos tarifários teriam de ser radicalmente refeitos. Uma eventual decisão nestes termos causaria abalos sísmicos na lucratividade das empresas concessionárias.

A ação 2005.70.00.007929-7 caminhava a passos lentos !“ dentro, digamos, do ritmo normal! da justiça brasileira !“, mas caminhava. Até que, nem bem iniciado o governo Richa, o Estado, autor da ação, passou a requerer sucessivos pedidos de suspensão do julgamento. Já aconteceram desde então pelo menos três adiamentos solicitados pela advocacia do Departamento de Estradas de Rodagem (DER), seguindo orientação do procurador-geral Júlio Zem e de seus superiores.

Qual a alegação para os pedidos de suspensão? A resposta está num dos últimos despachos do juiz da causa, acessível no site da Justiça Federal: Defiro a suspensão do andamento do feito, pelo prazo de 180 dias […] em face da possibilidade de composição entre as partes, para por fim ao processo.!

Tiram-se três conclusões: 1) que a boa vontade das concessionárias, que antecipam obras, decorre da possibilidade de composição entre as partes!; 2) que a suposta composição elimina o risco de uma decisão que lhes seja desfavorável; e 3) que isso ainda lhes poderá render uma prorrogação contratual para além de 2023, caso o governo federal, dono! das estradas, concorde.

23 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. Hãnsermo tú é muito burro cara.

  2. esse blog só fala mal dos tucanos. porque será? não vou mais perde meu tempo lendo este blog.

    • Bem que faz, va ler o blog do Cícero Cattani e do Fábio Campana, os blogueiros baba ovo do Richa.

    • Tchau Anselmo, depois de tudo isso você quer o que, para receber elogio e preciso fazer por merecer, e as criticas demasiadas dos Leitores desse Blog se da em função dos excessos de cagadas e maracutaias desse Governo, mais nem tudo esta perdido para você Anselmo vá no Blog do Barbudo, lá a vida e uma maravilha no mundo do faz de conta, se você acha normal essa roubalheira que esta comprometendo o nosso estado,cole no saco do HOMI e seja feliz.

    • Você está feliz com a transparência do seus ammigos do PSDB, que sequer se prestam a esclarecer para os deputados o contrato de 3 bilhões?

    • Leia então o do Fábio Camapana, garanto que você vai gostar…

    • O coitado!!! Hahahahahahahahahahahah, ñ faça isso!!? Se ñ o blog do Esmael vai falir, só por causa de vc??! kuakuakuakuakuakuakua, primeiro de abril!!! kkkkkkkkkkkk.

  3. O pedágio paranaense é uma das maiores fraudes que existem. Mais uma vez ficamos reféns das confrarias existentes entre empresários e políticos. Não fosse assim, como a maioria dos nossos deputados enriqueceria? Com o salário? E o MP, para variar, nunca faz nada. Se faz, é a passo de tartaruga para fazer apenas teatro. Em um país sem justiça, fica difícil. É toda uma estrutura mantida pelo executivo a favor da corrupção: legislativo subserviente, muita propaganda, nenhuma oposição consistente ecjustiça praticamente inexistente. Em um país sério, o governador jamais seria eleito. Se fosse, já estaria na rua. Complicado termos que conviver com isso.

  4. ALGUEM ESTA LEVANDO VANTAGEM COM ISSO AQUI NO PARANA
    ACHO QUE NAO E O POVO QUEM SERA OS DEP ESTADUAL ISSO E PARA ACABAR.
    E NIMGUEM TOMA LADO DO POVO.

  5. É como dizem por aí: antes o governador Requião era truculento, esse Beto é um turco lento!
    Só é rápido para ir as festas, brincar de carrinho e bancar o galã de novela mexicana!

  6. O projeto tudo aki paraná DE 3 BI DO BETO RIXA,é 10 vezes mais oneroso aos paranaenses, do que o projeto dos pedagios aprovado por esses mesmo deputados com raras exceções, ha 15 anos atras!! E nos parananses, sabemos q estamos sendo roubados ,assaltados, por esse modelo de pedagios q ai esta!!!

  7. Lembro de uma cena inusitada na campanha política para governador do estado de 2010. Estava eu viajando pela pr 151 entre Ponta Grossa e Piraí do Sul quando de repente passo pela praça de pedágio de Carambeí e para a minha surpresa recebo um propaganda de dois candidatos apoiados pela rodonorte. Pensei comigo! Estes candidatos vão defender os interesses do pedágio. Não vou citar o nome deles mas sei que os dois são irmãos. Um é deputado federal em Brasília e o outro agora é prefeito de Ponta Grossa. Então imaginem o quanto de dinheiro que o pedágio vai arrumar para o 45 na eleição do ano que vem! Aqui no Paraná o título que acabei de ler ficaria assim: TARIFAS DO PEDÁGIO SERÃO AUMENTADAS EM 25%.

  8. É o entreguismo do PSDB, bando de safados, herança maldita do Sr. Jaime Lerner, e pelo jeito vai longe com esta caterva que está no poder no nosso estado, aliás, nesta “capitania hereditária”.

  9. SeGundo o deputado estadual KLEITON KIELSEM, em 25 dias sera aprovado pelos deputados puxas saco do BETO DE MERDA,um projeto” O TUDO AKI PARANÁ”, projeto esse q valerá por 25 anos,com direito a renovalo. Custará esse projeto aos PARANAENSES, abagatela de 3.000.000.000 bi. O deputado Kleitonm Kilsen afirma com todas as letras q esse projeto é 10 vezez, mais oneroso aos paranaenses…! COITADOS DE NOS PARANAENSES!! Se o contrato dos pedagios, e os pedagios no PARANÁ, é considerado um roubo…!! Imaginem vcs caros leitores?? COMO SERA O PROJETO DO BETO,TUDO AKI PARANÁ,Q É´INFINITAMENTE PIOR?
    SE 2014 DEMORAR MUITO, ESTAMOS FERRADOS!!!

  10. E digo mais, acho eu que muito provavelmente aquele trecho la no oeste de Matelândia a Medianeira vai com certeza aumentar a tarifa, mas estrategicamente a concessionária vai segurar o aumento que eles vão querer dar pra após as eleições de 2014, tudo pra não prejudicar a reeleição do Beto. Além do tradicional aumento que tem anualmente em dezembro, eles vão aumentar essa tarifa naquela região ainda mais. Va saber se de repente em troca daquela duplicação e desse de Ponta Grossa a Apucarana, o sr Richa já não costurou uma possível prorrogação desses contratos na surdina, pois o governador nunca revela sobre o que ele negocia com as concessionárias, ele vem com a conversa mole que agora “prevalece o interesse público”, isso está mal explicado, esse tal interesse pode ser chamado porque não de negociatas. O povo do Paraná que fique vigilante quanto a isso, não tem nada de graça p/ essas concessionárias.

  11. Esses pedágios no nosso estado, sangram e sacrificam as nossas empresas e o nosso povo. Tudo aquilo prometido em 1997 pelo guru do Beto (Jaime Lerner) pouco foi cumprido. Só pra relembrar do vídeo da RPC de agosto de 1997 que dizia que seriam duplicados 855 KM de estrada ja nos primeiros 6 anos de concessão, se chegou a 50 KM é muito, também na época prometeram fazer 226 Km de contornos, construir 430 viadutos, olha dúvido que metade disso foi feito.
    http://g1.globo.com/pr/parana/bom-dia-pr/videos/t/30-anos-bom-dia-pr/v/o-comeco-do-pedagio-no-estado-e-o-assunto-desta-reportagem-da-serie-bom-dia-pr-30-anos/2273047/

  12. No Parana pelos conchavos dos tucanalhas e dos demoniacos e aliados, vendidos, baba ovos, etc, etc, etc, provavelmente eles aumentaram o pedágio, para garantir o mensalão para a campanha politica de 2014, o mensalão existe sim pessoal em todos os lugares e aqui não e diferente, só os inocentes e mal intencionados que acha que isso só e coisa do PT, lembrando que o fundador e Professor em matéria de mensalão e o Senador Eduardo Azeredo PSDB de Minas Gerais.

    O PSDB SABE FAZER!!!!!!

  13. Além do Governado do RS ser do PT, o povo lá não fica de braços cruzados e vai a luta pelos seus direitos, se necessário eles saem às ruas. E sempre foi assim, podemos ver enventos históricos como a guerra dos farrapos, revolução federalista, getúlio em 1930 saiu do RS para tomar o poder. Não é toa que eles a vida inteira receberam muito mais dinheiro do governo federal que nós, eles tem 06 universidades federais… É um povo que luta pelos seus direitos.
    Aqui no Paraná a gente vota a vida inteira nas mesmas famílias, sai avô, entra filho, depois o neto…Então temos o que merecemos um governador medíocre, mauricinho, que não se preocupa e respeita o povo…Sempre os mesmos grupos escravizando o povo, e somos obrigados a sustentar nossos INÚTEIS BARÕES, MEMBROS DAS CASTAS SUPERIORES, NOSSA NOBREZA.
    Precisamos abandonar a MONARQUIA no PARANÁ e fazer nascer a democracia, chega dos mesmos…
    Nós paran

    • Vai fazer o que meu amigo Trabalhador, os cara são bunitim demais da conta, criado com danoninho, muito din,din, que papai ou vovô deixou, um esquema garantido, bem armado, muita propaganda, se a gente levar a ferro e fogo, e deveríamos, ai estamos sem candidato! Nois Mano samo feio e duro e não pertencemos a organização mais antiga da face da terra!
      Temos que ficar na arquibancada até aparecer um maluco e peitar a situação!

  14. SOU ADMIRADOR DESSE JORNALISTA CELSO NASCIMENTO.
    TODO MUNDO SABE QUE OS PEDAGIOS REM ASSOCIAÇAO COM
    ASSEMBLEIA DO PARANA.

    • Já tivemos um governador que GARANTIU mais: “As tarifas de pedágio vão baixar ou acabar”

      Tudo conversa fiada pra boi dormir no pasto… Oigalê, Tchê! Olho vivo, que cavalo não desce escada!

      Quem diria, blog político comemorando promessas eleitoreiras…

      • É coisa de incompetentes!!!Eles ñ tem projetos vivem pegando carona nos projetos alheios, e dai começam inventar modas…!Éssa do baixa ou acaba, é uma das falacias deles, pensam q os paranaenses sao otarios??!
        Agora estao com a conversa mole, de despolitização dos pedagios…? despolitizaçao dos pedágios??? Pergunto, o q é isso??É de comer??OS caras, estao roubando os paranaenses nacara dura, com projetos onerosos, como é ,ESSE TUDO AKI PARANÁ! Projetado pelo condenado CASSIO TANIGUCHI, e o custo do projeto é de 3.000.000.000 bi.
        E ainda tem gente q se faz de cego, e só lembra do baixa ou acaba do REQUIAO, e ñ lembra dos ladroes, gigolos do dinheiro publico, Q É ESSA CORJA DE TUCANADAS DO DEMO Q ESTAO GOVERNANDO O ESTADO!! SAO ELES, CASSIO TANIGUCHI E CIA…
        Vale lembrar a vcs q o paraná esta no cadin, esta inadimplente junto a receita federal, ou seja o governador do estado é um velhaco!! ñ paga oq deve!!
        hahahahahahahahahahah, cavalo ñ sobe escada…! MAS, PELO VISTO, BURRO SOBE!!VIDE O GOVERNADOR DO ESTADO, Q CHEGA DOI DE BURRO!!
        KUAKUA,RSRSRSRSRSRSRSRSRSRSRSRSRSRSRSR

        • LUIZAO você parece um “DOTÔR”, com sua famigerada “arrogância militantóide” – típica dos fanáticos míopes – chamando os outros de de BURRO. Paradoxal!

          Você, a Dilma, o Lula, a Gleisi, Paulo Bernardo e o Osmar Dias perderam a eleição passada pro Beto Richa?

          Ainda não sabe explicar o porquê? Se sabe, diz aí porque vocês todos juntos tomaram UMA TUNDA DE LAÇO nas eleições pro Governo do Paraná!?!?!

          Então “chora largado”, LUIZAO… Conta as historinhas de 2014, já que em 2010 o resultado das urnas não foram nem um pouco como você achava!