Oposição quer explicações de Taniguchi sobre privatização serviços de R$ 3 bilhões no Paraná

Cássio Taniguchi foi guru ideológico dos ex-governadores José Roberto Arruda (DF) e Jaime Lerner, agora "ilumina" a gestão neoliberal de Beto Richa (PSDB).

Cássio Taniguchi foi guru ideológico dos ex-governadores José Roberto Arruda (DF) e Jaime Lerner, agora “ilumina” a gestão neoliberal de Beto Richa (PSDB).

A bancada de Oposição na Assembleia Legislativa do Paraná apresenta na sessão desta segunda-feira (25) um Requerimento para que o Secretário do Planejamento e Coordenação Geral, Cássio Taniguchi, seja convidado a prestar esclarecimentos sobre o programa Tudo Aqui!.

De acordo com os deputados, falta transparência na licitação no valor de R$ 2,9 bilhões, feita na modalidade Parceria Público Privada (PPP), para a concessão administrativa destinada à  implantação, manutenção operação e gestão de nove unidades de atendimento.

A bancada também critica o governo Richa pela falta de diálogo com a sociedade sobre o tema.

à‰ um contrato de 25 anos, de quase R$ 3 bilhões, que está sendo feito sem o debate com a população ou com as prefeituras onde o governo quer implantar o serviço!, criticou o líder da oposição, deputado Tadeu Veneri.

As propostas devem ser apresentadas ao governo estadual até 25 de abril.

De acordo com o governo, unidades de atendimento do Tudo Aqui! serão instaladas em Curitiba, Cascavel, Foz do Iguaçu, Guarapuava, Londrina, Maringá e Ponta Grossa e concentar os serviços públicos de atendimento ao cidadão em um só local, reunindo orgãos municipais e estaduais.

Além de Veneri, assinam o requerimento os deputados do PT Elton Welter, Enio Verri, Luciana Rafagnin, Péricles de Mello, Professor Lemos e Toninho Wandscheer.

TCE

Na sexta-feira, o Tribunal de Contas do Paraná (TEC-PR) negou que o órgao tenha dado aval ao projeto, ao contrário do divulgado pelo Governo do Estado. O Tribunal não foi questionado sobre a iniciativa e não autorizou ninguém a falar em nome da instituição a respeito!, declarou o presidente do TCE, conselheiro Artagão de Mattos Leão.

O superintendente da Primeira Inspetoria de Controle Externo do TCE, conselheiro Nestor Batista, informou que iria solicitar à  Secretaria do Planejamento e Coordenação Geral cópias para análise dos editais relativos ao projeto. Após avaliação dos documentos, ele irá fazerum pronunciamento a respeito do tema.

Shopping do Cidadão

O modelo do Tudo Aqui! já foi implantando em outros estado do país, informou o jornalista Celso Nascimento em coluna publicada no domingo no jornal Gazeta do Povo. Segundo Nascimento, a empresa que elaborou o projeto em todos os estados foi a Shopping Cidadão, que é comandada por Georges Sadala, afilhado de casamento do senador Aécio Neves (PSDB).

Comentários encerrados.